sexta-feira, 31 de agosto de 2018

‘Projeto Lucas’ fará ação social em Santana neste sábado

Projeto atenderá pessoas em Santana neste sábado
Neste sábado (1º de setembro), acontece no bairro Fonte Nova, em Santana, mais uma edição do ‘Projeto Lucas’, uma Ação Social promovida pela Igreja do Evangelho Quadrangular. O evento começa as 8h e se estende até as 17h. 

Durante todo o dia, a estrutura do Projeto estará montada ao lado da igreja localizada na Avenida Princesa Izabel, 3460, onde estarão oferecendo gratuitamente para a população serviços como: atendimento médico, odontológico, de enfermagem, serviços de beleza e estética, massagem, atendimentos jurídicos, brincadeiras e distribuição de pipoca para as crianças. 

Integrando a organização, o pastor José Mercúrio explica que o projeto dispõe de completa estrutura, com ônibus equipado com consultórios, responsável pelas visitas anuais nos municípios. 

Projeto esteve em Santana em 2016
Esta ação social, criada pela Secretaria Geral de Missões (SGM) da Igreja do Evangelho Quadrangular (IEQ), viaja e atende regiões carentes em todo Brasil e países vizinhos, contando com profissionais voluntários da área da saúde, que realizam atendimentos gratuitos à população em um ônibus missionário equipado com consultório médico e odontológico. 

Atuando desde 2011, o projeto possui 23 unidades móveis espalhadas pelo país e conforme dados fornecidos pela SGM, já atendeu mais de 190 mil pessoas por onde passou. 

A última vez que o projeto esteve na cidade foi em setembro de 2016, realizando mais de 600 atendimentos no único dia. Todos os atendimentos são gratuitos e qualquer pessoa pode participar.

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Ministério Público cobra entrega de restaurante popular em obras há 11 anos em Santana

Obra de restaurante popular iniciou em 2007
O Ministério Público (MP) de Santana, a 17 quilômetros de Macapá, está cobrando do município a entrega da obra do restaurante popular. A construção chegou a alcançar 75% de conclusão, porém, os serviços foram paralisados há 11 anos. 

A prefeitura alega falta de condições financeiras para retomar o projeto. Enquanto isso, o local serve como ponto de venda e uso de drogas, segundo trabalhadores do entorno. 

A obra do restaurante iniciou em 2007, com a ideia de integrar o espaço ao mercado central e ao shopping popular. Segundo Juscelino Alves, secretário de obras de Santana, o município tentará realizar nova licitação para a conclusão do prédio, mesmo que ele não venha a servir como restaurante popular. 

“Nós vamos fazer um novo levantamento, para nós tentarmos fazer uma nova licitação para que realmente a gente venha entregar esse restaurante a nossa população. Mesmo que não seja o restaurante popular, mas que tenha funcionalidade para outra atividade”, disse o secretário. 

Histórico da obra 
A construção iniciou em 2007, com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e financiamento da Caixa Econômica Federal. No entanto, segundo a Prefeitura Municipal de Santana, a obra foi paralisada por falta de repasses de verbas federais. 

Em 2015, um novo processo licitatório foi realizado. Os trabalhos começaram no dia 27 de abril daquele ano, com recursos do município; porém, voltaram a ser paralisados por falta de recursos.

Informações do G-1 Amapá

ELEIÇÕES: Candidatos no Amapá são alvos de boato e discriminação

Victor e Alandy atingidos por boato e discriminação
Há cerca de duas semanas a campanha eleitoral no âmbito estadual deu sua largada no Amapá e a concorrência entre os candidatos já tem sido bastante acirrada. 

Com mais de 450 candidatos inscritos – concorrendo a vagas de deputados estaduais, federais, senadores e ao Governo Estadual – os mais de 510 mil eleitores amapaenses buscam de modo cauteloso fazerem a escolha certa que não lhes trará futuros arrependimentos. 

Porém, ao contrário do que muitos podem achar que a campanha esteja ocorrendo de forma pacífica e até ‘limpa’, engana-se. 

Pelo menos dois candidatos – um estadual e outra federal – foram os mais recentes alvos de boatos e discriminações. 

Candidato emitiu uma nota desmentindo boato
Idealizador do Projeto ‘Anjos da Saúde’ Drº Victor Amoras, que levanta a bandeira para uma das 24 vagas ao legislativo estadual, foi surpreendido na manhã desta quinta-feira (30) por inúmeras mensagens de apoio de amigos e correligionários que achavam que o médico estava internado numa clínica particular desde ontem, conforme foi falsamente divulgado pelas redes sociais. 

Em nota postada por sua assessoria de campanha, Drº Victor informou que “encontra-se muito bem e segue trabalhando muito em busca de conquistar a vaga pretendida” e não sabe ao certo o que levou a falsa notícia a ser divulgada. 

Discriminação 
Já a candidata a deputada federal no Amapá Alandy Cavalcanti (Solidariedade) denunciou a presidência nacional de seu partido de está discriminando as mulheres que concorrem à vaga no Estado. Segundo a candidata – que é professora e líder da causa que defende os direitos da mulher –, o dirigente nacional do Solidariedade, o deputado Paulinho da Força, havia prometido ajudar o diretório local após o registro das candidaturas. 

Solidariedade: “Não apoia mulheres”
No entanto, através de um interventor do partido no Amapá, a candidata teria sido surpreendido com o aviso de que não terá nenhum centavo de apoio, “pois o partido não tem interesse de eleger mulheres para a Câmara dos Deputados”, tanto que já salientou que só um candidato receberá os recursos, ficando de fora ela e outras quatro (04) candidatas a deputada estadual. 

A decisão tomada pela presidência nacional vem causando revolta no meio político no Amapá, sobretudo as mulheres, que detêm 52% do eleitorado, já que o partido abandonou os candidatos, tendo antes se comprometido a repassar os valores previstos na lei, além de todo material gráfico, despesas com contador pra prestação de contas e advogado para consultoria dos candidatos. 

Segundo informações, o Solidariedade recebeu um montante de 40.127.359,42 do FEFC, Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) e mais recursos do Fundo Partidário, conforme a Resolução TSE nº 23.568/2018

Para Alandy, o presidente da Paulinho da Força, que também está sendo investigado pela Polícia Federal, através da Operação Registro Espúrio, está destinando a maior parte dos recursos do povo, que é público, em benefício da sua própria eleição e dos seus apadrinhados, demonstrando assim que esse financiamento público só elegerá homens e os ricos. 

Ela destacou que as mulheres do Amapá não aceitam o machismo e essa predatória discriminação de gênero, mesmo que o partido, nos bastidores, envide esforços pra só eleger homens. 

Ela destacou que vai ingressar na justiça e pedirá ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a quebra de sigilo bancário de todos os que integram a diretoria do Solidariedade, bem como a suspensão de repasses de recursos e que a própria justiça eleitoral faça essa distribuição.

Santana chega a 120 mil habitantes, aponta IBGE

Cidade eleva em quase 10% a população em um ano
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga nesta quinta-feira (30) as estimativas das populações residentes nos 16 municípios amapaenses, com data de referência em 1º de julho de 2018. 

Estima-se que o Amapá tenha 829.494 habitantes e uma taxa de crescimento populacional de 2,02% entre 2017 e 2018, de acordo com a Projeção da População (Revisão 2018). 

O município de Macapá é o mais populoso do estado, com 493.634 habitantes, seguido por Santana (119.610 habitantes), Laranjal do Jari (49.446 habitantes) e Oiapoque (26.627 habitantes). 

Seis municípios amapaenses têm população inferior a 10 mil pessoas e, juntos, eles somam 38.170 habitantes ou 4,6% da população do Amapá. Pracuúba é o município amapaense de menor população, 4.993 habitantes, seguido de Serra do Navio, com 5.306 habitantes, e Itaubal, com 5.387 habitantes. 

Macapá e Santana somam 613.244 habitantes, cocentrando 73,9% da população do Estado. Praticamente, 3 a cada 4 amapaenses residem nessas duas cidades. 

As estimativas da população residente para os municípios, com data de referência em 1º de julho de 2018, foram calculadas com base na Projeção de População (Revisão 2018) divulgada em 25/07/2018. Essa revisão incorporou os imigrantes venezuelanos no estado de Roraima, dos quais 99% estavam concentrados nos municípios de Boa Vista e Pacaraima. 

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos. Esta divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013. 

Estimativas divulgadas pelo IBGE para 2018
As populações dos municípios foram estimadas por um procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos municípios. 

O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010). As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010. 

A tabela com a população estimada para cada município foi publicada no Diário Oficial da União (D.O.U.) de hoje. 

A nota metodológica e as estimativas das populações para os 5568 municípios, mais Distrito Federal e Distrito Estadual de Fernando de Noronha e para as 27 unidades da federação podem ser consultadas no site do IBGE.

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Com apoio do MP, associação organiza ‘Bazar Solidário’ para estruturar sede comunitária

O projeto Justiça Restaurativa na Comunidade, realizará o 2º JurisBazar nos dias 04, 05 e 06 de setembro, no hall do Fórum da Comarca de Macapá. 

O projeto é desenvolvido pelo Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Santana em parceria com o Núcleo de Práticas Restaurativas da Promotoria de Justiça do Município Santanense e com o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC). 

A comunidade do Ambrósio, região a ser beneficiada, é uma das mais vulneráveis do município de Santana. 

A juíza Carline Negreiros, titular do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Santana, explica que o bazar busca arrecadar fundos para a reforma da sede social da Associação Comunitária da Área Portuária, onde são realizados projetos sociais voltados para a população local. 

“Estamos trabalhando com a comunidade há quase um ano e vimos que uma das grandes dificuldades é a falta de espaço físico para o desenvolvimento dos projetos. Para sanar a inexistência de sede social, conseguimos a cessão de um prédio da Prefeitura para a Associação dos Moradores e agora precisamos angariar fundos para reformar o prédio e adaptá-lo, para que possa servir aos projetos”, explicou a juíza. 

Durante o 1º Bazar Solidário serão vendidos a preços acessíveis: roupas, objetos para casa, sapatos, artigos de decoração, eletrônicos e eletrodomésticos.

Autônomo esfaqueado pelo próprio irmão morre no HE de Santana

Homem estava internada desde o último dia 24
Morreu por volta das 16h da tarde desta terça-feira (28/08), no Hospital de Emergências de Santana, o autônomo Darlisson Lima Peixoto, de 37 anos. 

De acordo com hospital, ele foi vítima de uma facada, cujo crime aconteceu na quinta-feira passada (24/08), quando o mesmo deu entrada naquela unidade de saúde. 

O fato teria ocorrido numa área de pontes situada na Baixada do Ambrósio, área portuária de Santana. Entretanto não se sabe ainda oficialmente quem foi o autor da facada, mas um parente da vítima (que preferiu não se identificar) – que chegou acompanha-lo quando deu entrada no HE – informou que o causador seria um irmão da própria vítima. 

O caso está sob a responsabilidade da 1ª Delegacia de Santana, que investigará com detalhes o crime.

terça-feira, 28 de agosto de 2018

VÍDEO: Após assaltar ponto comercial, suspeito leva tiro na cabeça durante a fuga em Santana

Mercantil está localizado no bairro Paraíso
Um estabelecimento comercial localizado no bairro Paraíso, zona norte da cidade de Santana, foi alvo de um assalto na noite desta terça-feira (28/08). 

De acordo com as primeiras informações repassadas pelas redes sociais, uma dupla teria invadido um conhecido mercantil – situado no cruzamento da Avenida 07 de setembro com a Rua Padre Vitório Galliani – que já estava encerrando seus serviços do dia. 

De modo ligeiro, um dos suspeitos teria adentrado ao estabelecimento, portando uma arma de fogo, onde rendeu o responsável e lhe subtraiu um valor em dinheiro (não informado). 

Suspeito baleado confessa crime
Após a ação, a dupla tentou seguir em fuga pela mesma avenida. No entanto, um dos suspeitos acabou sendo baleado na região da cabeça, vindo a cair em via pública, enquanto que seu comparsa conseguiu fugir.

Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra o suspeito caído no chão, onde se identifica após ser indagado pelos populares, onde também descreve alguns detalhes sobre seu comparsa. 

O suspeito ferido foi levado para o Hospital de Emergências de Santana, onde segue sob intensa observação médica até a última atualização das notícias. 

O outro suspeito ainda não havia sido preso pela polícia de Santana até as 22h desta terça-feira. Abaixo, o vídeo do suspeito ferido na altura da cabeça:

Prevenção contra a doença de chagas em Santana recebe reforço

Batedeiras levantaram suspeitas sobre a doença
Representantes do Estado receberam, na Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a equipe de vigilância sanitária do município de Santana para alinhar ações coordenadas de prevenção e tratamento dos casos de Doença de Chagas registrados nas últimas semanas.

Ficou acordada a intensificação na fiscalização e mapeamento das batedeiras de açaí em todos os bairros de Santana – locais de origem da contaminação – bem como a disponibilização de técnicos da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) no monitoramento e trabalho de diagnóstico laboratorial de possíveis infectados. 

Além disso, os pacientes que necessitam de avaliação cardiológica terão prioridade na marcação ambulatorial do Hospital de Clínicas Alberto Lima (HCAL). 

Surto 
Na semana passada foram diagnosticados no bairro Hospitalidade, em Santana, nove casos de Doença de Chagas. Em Macapá, também há registros da doença, como no Conjunto Habitacional Macapaba, zona norte da cidade. 

Ao todo, são quinze casos até o momento nos dois municípios mais populosos do Amapá. Todos estão relacionados com o consumo de açaí contaminado de batedeiras que não estão adequadas às normas técnicas de higiene e controle de qualidade do produto. 

O diretor de vigilância laboratorial da SVS, Nahon Galeno, informou que os diagnósticos de todos os casos foram realizados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). 

“Os novos casos suspeitos serão encaminhados também para exames no Lacen, que é o laboratório de referência no Estado para diagnóstico”, explicou Galeno. 

Vigilância 
De acordo com o diretor executivo da SVS, Emanuel Bentes, o registro de casos da doença por contaminação no consumo do açaí está dentro do quantitativo dos últimos anos, mas é preciso que os municípios reforcem as ações educativas e de orientação com a população e com quem realiza a comercialização do produto. 

“É sabido e comprovado que a transmissão está se dando por via oral, principalmente pela ingestão do açaí. Uma das medidas preventivas é trabalharmos com as vigilâncias para que intensifiquem as ações de fiscalizações e monitoramento das amassadeiras do produto. Principalmente as que são familiares, que não cumprem as normas técnicas”, disse Bentes. 

Registros 
Em 2017, foram registrados 32 casos da doença no Amapá. Desses, 28 em Macapá e três em Santana. Este ano, são 27 casos até o momento. 

Entre os casos do ano passado, houve 3 óbitos. Um no município de Santana, um em Vitória do Jari e um em Pracuúba. Em 2018, não há nenhum óbito. Os dados são do Sistema Nacional de Agravos de Notificação (Sinan). 

Passo a passo do atendimento 
Pessoas com suspeita de ter contraído doença de chagas devem realizar o seguinte procedimento: 

1) O atendimento inicia em uma das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) dos municípios. O médico irá solicitar um exame específico, que deve ser realizado conforme orientação. 

2) De posse do resultado, o usuário retornará ao médico na UBS e, caso positivo, será encaminhado para o Centro de Referência de Doenças Tropicais (CRDT) para dar início ao tratamento e acompanhamento com especialista. 

3) Os pacientes diagnosticados com a Doença de Chagas que necessitam de avaliação cardiológica terão prioridade junto a marcação ambulatorial do Hospital de Clínicas Alberto Lima (Hcal) e devem apresentar o encaminhamento do médico infectologista, com a carteira de identidade e o cartão do SUS. 

4) Caso o paciente precise de avaliação de urgência, será referenciado ao Hospital de Emergência (HE) para o devido atendimento. Os pacientes de Santana poderão agendar a consulta com o cardiologista no próprio município, na Policlínica Alberto Lima. 

A doença 
A Doença de Chagas é transmitida ao homem pelo protozoário Trypanosoma Cruzi. Entre os sintomas estão inchaços e febre, que podem ser leves ou durar muito tempo. 

Caso não seja tratada logo, pode haver insuficiência cardíaca congestiva. O tratamento se concentra no uso de medicamentos que matam o parasita e no controle dos sintomas.

Na decisão do Supermaster, ‘Canário’ perde para o São José nos pênaltis

O São José é o novo Campeão Amapaense de Futebol Supermaster este ano de 2018. O Santana Esporte Clube, que vinha de um tricampeonato invicto consecutivo, nos anos de 2015, 2016 e 2017, empatou em 1 x 1 com o adversário, mas acabou perdendo nos pênaltis por 3 x 2. 

O jogo foi considerado pelos torcedores presentes como “sensacional, dramático”, onde contou com a presença de vários ex-craques do futebol tucuju, que deram um show no gramado do Estádio Olímpico Zerão, na noite do último sábado (25/08). 

A Excrete, entidade que administra o Supermaster, premiou como melhor goleiro do Campeonato o nosso Betão, do Santana; o artilheiro do Campeonato foi Jorginho Macapá, também do Santana, com 12 gols. 

O capitão da equipe do Santana Edson Canuto, recebeu o troféu de Vice Campeão, enquanto que zagueiro do São José Tonga recebeu o troféu de Campeão Amapaense de Futebol Supermaster 2018. 

O craques que fizeram história no futebol amapaense Alceu Ramos(S.José) e Palito(Santana) estiveram presentes no evento e receberam justa homenagem da Excrete.

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Cobrando melhorias, moradores bloqueiam trânsito de rodovia em Santana: ‘Isso é só um alerta’

Um protesto deixou o trânsito bastante lento, no final da tarde desta segunda-feira (27), entre o bairro Monte das Oliveiras Bacabeira e a entrada do distrito do Igarapé da Fortaleza, em Santana. 

Os moradores do distrito portuário reivindicavam melhorias na infraestrutura da região. Com faixas nas mãos, eles utilizaram de restos pneus usados e pedaços de madeira para bloquear o tráfego de veículos no local. 

No ano passado, eles já haviam feito uma manifestação para reivindicar as melhorias no distrito, mas, como a situação continuou a mesma, eles resolveram protestar hoje para chamar atenção para o problema. 

Segundo o morador Jonas Alves, a comunidade local já fez vários ofícios direcionados às autoridades municipais e estaduais, mas nenhuma reivindicação teve retorno. 

“As autoridades estão nos enrolando há seis anos. Eles prometem asfalto, limpeza das ruas, e depois não cumprem nada”, criticou. 

Outro problema, de acordo com os moradores, é a falta de sinalização nas pistas duplicadas da rodovia, além da falta de asfalto nas vias do bairro, a falta de água nas torneiras e as constantes quedas de energia que vem causando prejuízos a população. 

“Na semana passada teve um acidente aqui de novo. Falta sinalização na rodovia. Estamos reivindicando coisas que são básicas”, enfatizou. 

De acordo com os organizadores, mais de 200 moradores foram às ruas, que teve um lado da rodovia bloqueado até o início da noite. 

“Com esses protestos, a prefeitura vem e manda arrumar as ruas, mas isso não resolve. A poeira é insuportável”, contou um dos moradores, pelas redes sociais, que ainda adiantou: “Isso é só um alerta!!! Muita coisa ainda vai acontecer se não tomarem vergonha na cara e ajudarem o Igarapé da Fortaleza”. 

Segundo informações do Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual, a rodovia conseguiu ser parcialmente liberada depois das 20h.

Escola Biraghi: Pais e alunos invadem prefeitura cobrando retorno das aulas

“Isso já é uma falta de vergonha, ninguém fala nada, não dar previsão e somos nós que estamos penando com esse problema”. Assim gritava em tom de revolta o pedreiro Antônio Dias. 

O pedreiro esteve acompanhado de outros pais de alunos, todos da Escola Municipal Ângelo Biraghi, onde foram ao prédio da prefeitura de Santana, com o propósito de cobrarem uma explicação do executivo em relação ao retorno das aulas no educandário.

De acordo com os pais, a Secretaria Municipal de Educação da cidade teria informado que as aulas retornariam nesta segunda-feira (27), o que não ocorreu, deixando dezenas de alunos apreensivos. 

“Não é de hoje que vemos essa bagunça, nos deram previsão no início do mês e não voltou as aulas, agora vem mais essa nova data, isso atrapalha nossos filhos e nossos afazeres”, reclamou a doméstica Marlene Barros, que tem uma filha que estuda na referida escola. 

Revoltados com o novo aviso colocado na entrada da escola, na manhã desta segunda-feira, inúmeros pais – levando seus filhos uniformizados – seguiram para o prédio da prefeitura de Santana, onde fizeram várias tentativas de serem atendidos por representantes do gabinete do prefeito Ofirney Sadala. 

Sem terem qualquer resposta do executivo, os pais acabaram por ‘invadir’ a sala reservada para reuniões internas, onde ali ficaram aguardando por uma posição do executivo. 

Pelas redes sociais, a Secretaria da cidade informou que ainda essa semana as aulas serão retomadas.

Escola em Santana cria sistema de reutilização de água da chuva e de centrais de ar

O aprendizado na Escola Estadual Joanira Del Castillo vai além das disciplinas de português, matemática, geografia e as demais. Localizada no município de Santana, a 17 quilômetros de Macapá, a instituição dá aulas também de sustentabilidade e conscientização ambiental. 

Alunos e professores desenvolveram um sistema de reutilização da água da chuva e das centrais de ar para regar as plantas e manter o aquário e até um chafariz, que fica em uma área de lazer dos estudantes. Tudo é feito a partir de materiais reciclados. 

O filtro, onde a água fica captada, e a bomba, são de uma máquina de lavar roupas. Os canos também foram reaproveitados. Mas, o trabalho de sustentabilidade da escola não para por aí. 

Um caramanchão foi construído com madeiras apreendidas pelo Batalhão Ambiental. Os vasos de plantas foram confeccionados com a reutilização de calças jeans, bicicleta encontrada na rua e de ferro velho. Nas paredes dos muros, paletes de feiras. 

De acordo com a diretora Cristiane Gondin, o trabalho faz parte do projeto “Preservação e Conservação do Patrimônio Público”, idealizada por professores e executado com apoio dos alunos. O objetivo, segundo ela, é manter o desperdício zero. 

“A gente tem um problema muito grande que é a falta da calha, no nosso telhado. Com a chegada das novas centrais foi necessário que a gente pensasse em algo para que a água não escorresse. Então juntamos o útil ao agradável”, explicou.

Informações postadas no G-1 Amapá

domingo, 26 de agosto de 2018

Exclusivo: Vídeo mostra assalto cometido por dupla armada em Santana

Ação criminosa aconteceu neste domingo (26)
O blog Santana do Amapá mostra, com exclusividade, o vídeo do assalto a um estabelecimento comercial, localizado na Rua Adálvaro Cavalcanti, no bairro Provedor I, área noroeste de Santana. 

A ousadia dos assaltantes chama a atenção. Mesmo com movimento de clientes no local, eles entram, anunciam o assalto e pegam o dinheiro do caixa. 

Após efetuar o crime, os criminosos saem do estabelecimento comercial, a pé, segurando uma sacola com dinheiro. 

O caso 
O estabelecimento foi assaltado neste domingo (26/08). Esta é a segunda vez que o estabelecimento é alvo de criminosos apenas este ano. A ação criminosa durou menos de um minuto.

De acordo com testemunhas, às 13h, duas pessoas (aparentemente adolescentes) armados entraram no local, anunciaram o assalto e obrigaram um dos funcionários a seguir para a área de fundo do estabelecimento, sendo que outro agia rapidamente no caixa do local. 

Uma equipe do 4º Batalhão da Polícia Militar de Santana foi acionada e esteve no local, realizando buscas na região, mas até o fechamento desta matéria não conseguiram localizar os criminosos. 

As câmeras do estabelecimento podem ajudar na identificação dos suspeitos. Este é o segundo assalto registrado ao estabelecimento comercial apenas este ano; o primeiro aconteceu em fevereiro

O dono do estabelecimento, que preferiu não ter o nome divulgado, disse que já instalou as câmeras para coibir a ação dos bandidos, mas afirmou que precisará investir mais em segurança. Abaixo o vídeo: 

sábado, 25 de agosto de 2018

No Anauerapucu, adolescente desaparecido é achado morto e sem uma das mãos

Corpo foi encontrado em distrito de Santana
Uma equipe do 4º Batalhão da Polícia Militar (4º BPM) de Santana encontrou no fim da tarde de sexta-feira (24/08) o corpo de um adolescente de 17 anos que estava desaparecido desde o dia anterior na comunidade rural de Anauerapucu, localizada às margens da Rodovia AP-010, entre as cidades de Santana e Mazagão. 

O corpo da vítima foi encontrado com uma série de perfurações por arma branca e sem uma das mãos, informou a PM. A vítima foi encontrada numa área conhecida como "Ramal da Totoia". Nenhuma informação sobre os responsáveis pelo crime foi descoberta pela polícia. 

A Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica (Politec) foram acionadas até o local da ocorrência, para remoção do corpo e início das investigações.

Informações postadas no G-1 Amapá

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Em menos de 24 horas, outra praça de Santana é palco de vários tiros; ASSISTA

Como se não bastasse o saldo divulgado sobre a ação positiva das autoridades policiais do Amapá, que descobriram o autor dos vários disparos de arma que feitos na noite quinta-feira (23/08) contra dois jovens numa praça situada na área noroeste de Santana, outro tiroteio em logradouro público também foi registrado na cidade. 

De acordo com inúmeros vídeos postados nas redes sociais, o local dessa vez a histórica Praça Cívica de Santana, onde um jovem de cerca de 20 anos foi alvo de pelo menos três tiros disparados contra sua pessoa. 

Identificado pelo nome de Paulo Victor, o mesmo estaria acompanhado de alguns amigos, quando foi abordado por um desconhecido que lhe disparou vários tiros em plena via. 

Dois tiros chegaram a atingir a região da perna da vítima, que conseguiu um apoio de terceiros (um veículo) para encaminha-lo até o Hospital de Emergências de santana. 

No vídeo abaixo, é possivel observar que a vítima é colocada na carroceria de um carro, para assim seguido até a principal unidade de saúde da cidade. A polícia de Santana não chegou a prender ninguém até o final dessa matéria. 

Veja o vídeo: 

Homem tenta exterminar ninho de vespas e acaba incendiando duas casas em Santana

Sinistro aconteceu nesta sexta-feira
Uma tentativa desastrosa para exterminar um ninho de vespas resultou num incêndio que destruiu completamente uma casa e deixou outra parcialmente queimada, em Santana, município a 17 quilômetros de Macapá. 

Foi por volta das 14h desta sexta-feira (24), na Avenida Santana. Ninguém ficou ferido. As duas residências eram em madeira. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar da cidade, um homem estava prestando serviço em uma das moradias e, ao avistar o ninho, tentou acabar com o mesmo ateando fogo, mas o procedimento foi feito de forma incorreta. 

“Como o quintal não estava limpo adequadamente, o fogo acabou alcançando o mato, se alastrou e atingiu duas residências. O fogo foi controlado e foram somente danos materiais”, informou, em nota, o Corpo de Bombeiros. 

Ainda conforme a corporação, o homem inalou muita fumaça e foi levado para o Hospital de Emergências de Santana.

Informações do G-1 Amapá

Lixeira a céu aberto em frente de escola de educação infantil em Santana prejudica ensino

Lixo toma conta de frente de escola municipal
Uma lixeira a céu aberto tomou conta da entrada da Escola Municipal Fernando Rodrigues do Carmo, localizada no município de Santana, a 17 quilômetros de Macapá. A situação, segundo relato de uma internauta, vem prejudicando o ensino dos estudantes. 

Em nota, a Secretaria de Obras Públicas e Serviços Urbanos de Santana (Semop), informou ter ciência da situação e garantiu que ia enviar uma equipe para realizar a limpeza do local nesta quinta-feira (22). 

A moradora Sheila Furtado usou o aplicativo Tô Na Rede (do G-1 Amapá) para relatar o fato. Além do forte odor que toma conta do local, ela diz que também é normal ver bichos peçonhentos, como ratos, insetos e baratas, passeando pelas áreas da escola. 

Próprios moradores despejam lixo no local
Sheila, que tem duas sobrinhas que estudam na instituição, diz que a situação preocupa pais e responsáveis por causa do risco de contaminação e doenças. 

“As minhas sobrinhas já me disseram que presenciaram ratos andando pela escola durante o horário de educação física. Eu fico preocupada porque sei as doenças que esses bichos podem transmitir. As crianças podem estar brincando sem saber que o local tem risco de contaminação” falou. 

Sheila acrescenta que os próprios moradores são responsáveis pelo despejo do lixo no local. 

“Tudo quanto é porcaria os moradores jogam aqui. Desde resto de móveis, até animais mortos eles jogam. Isso vai prejudicando a escola. É uma escola de educação infantil, então tem muitas crianças”, disse a moradora, que convive com a situação há um ano na rua da casa dela.

Informações postadas no G-1 Amapá

Acusado de distribuir tiros na Praça do Fórum é morto em confronto com a PM

Suspeito morto pela PM
O 4° Batalhão da Polícia Militar foi acionado, por volta das 10 horas da noite desta quinta-feira (23/08), para atender chamado dando conta de que duas pessoas haviam sido alvejadas por tiros na Praça do Fórum de Santana. 

Uma guarnição se deslocou até lá, onde os policiais foram informados de que João Gabriel Tavares da Silva, de 20 anos, e Jhonata de Souza Brandão, de 30 anos, tinham sido vítimas de disparos de arma de fogo, mas que já haviam sido encaminhados ao Hospital de Emergências de Santana. 

Testemunhas contaram que o autor do crime teria sido Wesley Ferreira dos Santos, de 18 anos. De posse de algumas informações, os policiais conseguiram localizar o acusado no bairro Remédios II. Ao perceber a aproximação dos policiais, Wesley disparou contra a equipe, que revidou e alvejou o infrator. Ele ainda foi socorrido, mas não resistiu e morreu quando era deslocado para o HE de Santana. João Gabriel foi operado por uma equipe médica de Santana. Jhonata foi encaminhado ao HE de Macapá, para a extração de um projétil que estaria alojado em um dos joelhos. A Polícia Civil informou que Wesley já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas.

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

VÍDEO mostra jovem após ser baleado em praça de Santana

Pessoas próximas do jovem baleado em Santana
Um jovem de 24 anos foi gravemente ferido no início da noite desta quinta-feira (23) em Santana. 

De acordo com as primeiras informações – espalhadas em vários grupos virtuais de notícias – o jovem estaria na companhia de outras pessoas quando transitava pela conhecida Praça do Fórum, localizada em frente à Vila Amazonas. 

De modo inesperado, o jovem (que não teve o nome revelado pelas autoridades até o presente momento) acabou sendo atingido por vários tiros disparados or um desconhecido que se evadiu da praça emcima de uma motocicleta. 

“Foram muitos tiros que não sabíamos de onde vinha e pra onde ia”, conta a estudante Andréia Lopes, que estava em uma lanchonete próxima do local dos tiros.

Policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar de Santana foi acionados e estiveram fazendo diligências, mas ninguém foi detido ou preso até o fechamento dessa matéria. 

Abaixo, um vídeo foi registrado na ocasião e circula nas redes, mostrando o momento que o jovem aguarda por ajuda médica após ser baleado, onde seu corpo se mantem no chão, porém, demonstrando sinais vitais. 

Usuários de biblioteca no AP quitam débitos de empréstimo de livros doando alimentos

Os cerca de 800 alunos e professores da Universidade Federal do Amapá (Unifap), do Campus Marco Zero do Equador, em Macapá, que estão inadimplentes com a Biblioteca Central da instituição, podem quitar suas suspensões de um jeito solidário: pagando com alimentos não perecíveis. 

A proposta surgiu com o projeto “Suspensão Solidária”. A campanha, que teve início quarta-feira (15/08), funciona da seguinte maneira: 

• Usuários com 15 dias de suspensão podem quitar débitos doando 1 quilo de alimento; 
• De 16 a 30 dias devem doar 2 quilos; 
• De 31 a 45 dias devem doar 3 quilos; 
• Acima de 45 dias é preciso doar 4 quilos. 
• A arrecadação encerra dia 5 de setembro, com chance de prorrogação, dependendo da demanda dos usuários, informou a instituição. 

Thalita Ferreira, uma das responsáveis pelo projeto, diz que a campanha acontece no início do semestre por ser o período de maior procura dos usuários para devolução de livros.

Além disso, ela destaca a importância da campanha para beneficiar o acadêmico a voltar a fazer empréstimos. 

“Eles estão vindo todos dias praticamente para retirar as suspensões. E está sendo um sucesso, porque eles necessitam muito de emprestar livro. O nosso sistema gera uma suspensão um pouco grande quando eles devolvem livros com atrasos. Então, isso é uma campanha que tem beneficiado muito e nós temos tido um retorno muito bom”, afirmou Ferreira.

Informações postadas no G-1 Amapá

Magistrada e servidora da Comarca de Santana palestram em curso em Laranjal do Jari

A juíza Larissa Noronha, titular da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Macapá, e a servidora do Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania, Neide Santos, participaram de um curso sobre Justiça Restaurativa no município de Laranjal do Jari. 

O curso foi realizado pelo Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas do Ministério Público de Santana, no período de 13 a 17 de agosto. 

Destinado aos servidores da educação, rede de assistência social, conselho tutelar, lideranças religiosas e comunitárias, servidores do Fórum e do Ministério Público do Laranjal do Jari, o curso teve carga horária de 40 horas e foi realizado nos turnos da manhã e da tarde. 

Na oportunidade, também foi ministrada pela magistrada Larissa Noronha e pela servidora Neide Santos uma Formação para Instrutores da Oficina da Parentalidade, com carga horária de 12 horas, no turno da noite. Ao todo, 70 pessoas participaram da jornada de aprendizado. 

Sobre a participação no curso, a juíza Larissa Noronha ressaltou a importância da parceria firmada entre o Tribunal de Justiça e o Ministério Público, por intermédio da promotora Silvia Canela, destacando que a cooperação tem proporcionado resultados significativos para o sistema de Justiça no Amapá. 

“Durante o curso percebemos pessoas muito capacitadas e interessadas em colocar em prática a metodologia dos processos circulares. A receptividade que sentimos em Laranjal do Jari me fez pensar que temos tudo para começar este movimento de transformação na população e nas Instituições do Vale do Jari”, ressaltou a magistrada. 

Essa foi a primeira vez que o município de Laranjal do Jari, localizado no extremo sul do estado, há 320 quilômetros da capital, recebeu um curso de Justiça Restaurativa e Formação de Instrutores.

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Durante ação criminosa, suspeito é morto a tiros no bairro Nova Brasília

Um suspeito foi morto ainda no local
Correria que deixou inúmeras pessoas assustadas e sem reação, foi o que aconteceu na tarde desta quarta-feira (22/08) no bairro Nova Brasília, em Santana. 

Segundo moradores que residem no cruzamento da Avenida Coelho Neto com a Rua Euclides Rodrigues, dezenas de tiros chegaram a ser dados por uma pessoa – até o momento identificada como sendo policial militar – que teria desferido em um meliante. 

O fato teria ocorrido numa lavagem de carros situada na Avenida Coelho Neto. De acordo com testemunhas – e relatos espalhados nas redes sociais – um policial militar estaria à paisana, aguardando que seu veículo fosse lavado, quando teria sido alvo de uma ação criminosa. 

O PM constatou se tratar de uma tentativa de homicídio contra sua vida e teria agido rapidamente, vindo a reagir e alvejar o principal suspeito da ação, enquanto que um comparsa, que estaria montado em uma motocicleta, conseguiu fugir do local. 

Um dos suspeitos – que teve o nome descrito como Luan Marques Soares, de 20 anos – veio a óbito ainda no local do fato. 

Várias diligências estão sendo feitas por agentes do 4º Batalhão da Polícia Militar de Santana, em busca do outro suspeita que participou da ação, mas até o fechamento dessa matéria, ainda não havia maiores detalhes.

Nove casos de doença de Chagas são registrados em um mês em Santana

Suspeita da doença estaria no açaí contaminado
Somente no mês de agosto, nove casos de doença de Chagas foram registrados no município de Santana, a 17 quilômetros de Macapá. Cinco desses pacientes fazem parte de uma mesma família. 

A maioria dos casos surgiu no bairro Hospitalidade. Duas pessoas doentes vieram do Afuá, interior do Pará. 

A suspeita da secretaria de saúde do município é que a doença tenha sido transmitida através do consumo do açaí contaminado pelas fezes do inseto barbeiro. 

Para o titular da pasta, Rosivano Albuquerque, a distribuição demasiada do produto no período de alta safra pode ter influenciado em irregularidades na manipulação do fruto.

Samara e o filho Pedro, de 8 anos, que está doente
“Estamos entrando nesse conceito de que houve a questão da alta safra, inclusive, soubemos que estavam dando açaí. Começamos a suspeitar que havia algumas empresas que trabalham na manipulação sem passar por todos os procedimentos técnicos necessários”, alertou o gestor. 

Cerca de vinte batedeiras de açaí foram notificadas pela Vigilância Sanitária por diversas irregularidades. Numa delas foi identificado que não se filtrava a água e que o açaí ficava próximo de animais. 

Os lugares fiscalizados, segundo a Vigilância, não atendiam ao mínimo da exigência de cuidados com a higiene. As empresas receberam um prazo para se regularizarem, caso isso não ocorra, ficaram sujeitas a aplicação de multa ou até mesmo a interdição. 

A santanense Samara Jardim conta que o filho Pedro, de 8 anos, foi o primeiro da família a sentir os sintomas da doença, como febre e dor de cabeça e nas articulações, além de tontura. O caso chegou a ser confundido com outras doenças, mas o resultado deu positivo para Chagas. 

Cerca de 20 batedeiras de açaí foram notificadas
“É muito desesperador, muito difícil. Até porque a gente sabe o que a doença pode trazer pra ele e o acompanhamento é para o resto da vida. É preciso controlar para a doença não avançar”, disse. 

Duas tias e os avôs de Pedro também foram diagnosticados com a doença, que pode causar insuficiência cardíaca congestiva. 

Núbia de Freitas, tia do garoto, teve lesões no coração devido a falta de tratamento ao pensar que estava sofrendo de outra doença. 

“A gente fez cardio e bateu eletro também. E aí, a médica disse que afetou um pouco o coração, porque ficou bem machucado devido os vários dias que passamos com a doença, sem saber o que era”, relatou Núbia. 

Informações postadas no G-1 Amapá

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Três cidades do Amapá sentem efeitos de terremoto de magnitude 7,3 registrado na Venezuela

Prédios são evacuados após tremor de terra
Um terremoto de magnitude 7,3 que atingiu a costa norte da Venezuela no final da tarde desta terça-feira (21/08), segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), também foi sentido na região Norte do Brasil, inclusive, em municípios como Laranjal do Jari, Santana e Macapá. 

De acordo com o coronel Janary Picanço, da Defesa Civil do Amapá, o Ciodes recebeu oficialmente três chamados de moradores de prédios nos bairros Santa Rita, Laguinho e Pacoval. 

Estudantes da faculdade Fabran, no Laguinho, evacuaram o prédio assim que o tremor foi sentido dentro das salas de aula. 

“Começou a balançar e entramos em desespero. Pensávamos que o prédio iria desabar. Foi um desespero total”, disse o estudante Alexandro Veiga, de 21 anos. 

Em Laranjal do Jari, o prédio onde funciona uma faculdade particular sofreu rachadura nas paredes. 

O coronel Janary também declarou já ter solicitado informações dos laboratórios nacionais responsáveis pelo acompanhamento desses fenômenos, além de já ter mantido contato com o USGS dos Estados Unidos, que registrou o terremoto que teve o epicentro na cidade de Guiria, sacudindo edifícios em Caracas, capital da Venezuela. 

“Estamos aguardando os relatórios para poder descrever os efeitos do terremoto aqui no Amapá”, concluiu o coronel da Defesa Civil.

Informações postadas no Diário do Amapá

Sem tendas, população aguarda atendimento bancário sob sol escaldante em Santana

População aguarda debaixo de sol escaldante Desde a semana passada que centenas de pessoas enfrentam duas grandes batalhas ao procurar...