Com apoio do MP, associação organiza ‘Bazar Solidário’ para estruturar sede comunitária

O projeto Justiça Restaurativa na Comunidade, realizará o 2º JurisBazar nos dias 04, 05 e 06 de setembro, no hall do Fórum da Comarca de Macapá. 

O projeto é desenvolvido pelo Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Santana em parceria com o Núcleo de Práticas Restaurativas da Promotoria de Justiça do Município Santanense e com o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC). 

A comunidade do Ambrósio, região a ser beneficiada, é uma das mais vulneráveis do município de Santana. 

A juíza Carline Negreiros, titular do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Santana, explica que o bazar busca arrecadar fundos para a reforma da sede social da Associação Comunitária da Área Portuária, onde são realizados projetos sociais voltados para a população local. 

“Estamos trabalhando com a comunidade há quase um ano e vimos que uma das grandes dificuldades é a falta de espaço físico para o desenvolvimento dos projetos. Para sanar a inexistência de sede social, conseguimos a cessão de um prédio da Prefeitura para a Associação dos Moradores e agora precisamos angariar fundos para reformar o prédio e adaptá-lo, para que possa servir aos projetos”, explicou a juíza. 

Durante o 1º Bazar Solidário serão vendidos a preços acessíveis: roupas, objetos para casa, sapatos, artigos de decoração, eletrônicos e eletrodomésticos.

Comentários

Postagens mais visitadas