sábado, 18 de abril de 2015

“Falta energia todo santo dia”

"Apagões" ocorrem diariamente em Santana
A reclamação – feita de maneira irônica, mas revoltante – partiu da doméstica Cleudirene Moraes de Souza, que reside no bairro Paraíso (em Santana), e que já perdeu a quantidade de vezes que sofreu pelas interrupções de falta de energia somente esta semana que passou. 

“Quando não é pela manhã, é no horário da noite, quando temos que sofrer também com os mosquitos e carapanãs. Não teve um dia nessa semana (de 13 a 17 de abril) que não tenha deixado de faltar energia. Isso já se tornou uma grande falta de respeito com a gente”, disse dona Cleudirene, indignada. 

Assim como a doméstica, os moradores de outros bairros adjacentes, como Fonte Nova, Fé em Deus, Parque das Laranjeiras e Jardim de Deus também estão amargando pelos inúmeros “apagões” que passaram a sofrer constantemente. 

Ruas ficam "às escuras" com a falta de energia
“Já não basta o que aconteceu no início do ano, quando houve aquele problema na Eletronorte e chegamos a ficar vários dias sem água e energia? Como pode uma empresa dessas (a CEA) ser capaz de deixar que os problemas somente se alastrassem?”, questionou o ambulante Raimundo Fernandes, que comercializa lanches e comidas típicas numa praça do bairro Paraíso, na qual também sofre com tais interrupções. 

O ambulante, que armazena seus produtos primários em aparelhos eletrodomésticos para posteriormente usa-los no preparo final dos alimentos que comercializa, já passou vários dias sem trabalhar em virtude das constantes faltas de energia no bairro. 

“Com esse vai-e-vem da energia, não dá tempo de congelar um sorvete ou picolé em casa. E o pior que nem procuro conservar outros produtos com medo de estragar”, lamentou o ambulante. 

Perdas irreparáveis
Além de suportarem os “apagões” momentâneos, vêm as consequências que o fato acaba causando que são os danos alimentícios e materiais, como os alimentos condicionados (em geladeira ou freezers) e a queima de lâmpadas ou aparelhos eletrodomésticos. 

Moradores reclamam das perdas que estão tendo
Um desses moradores que já foi gravemente prejudicado com a perda de materiais foi o comerciante Ednelson Carvalho que reside no cruzamento dos bairros Fonte Nova e Laranjeiras. Segundo o comerciante, somente na manhã deste sábado (18/04) ocorreram cinco (05) interrupções no fornecimento de energia elétrica que atende sua residência, culminando na queima de várias lâmpadas incandescentes e na perda irreparável de um freezer. 

“A gente trabalha tanto pra ter nossas coisas e abrir nosso próprio negócio, mas aí vem uma empresa dessas que não procura ajudar as pessoas, somente trazer prejuízos. Já imaginou perder oito (08) lâmpadas caras somente numa manhã, e ainda arcar com um freezer que foi queimado com esses ‘pisca-piscas’ de energia?”, argumentou o comerciante, revoltado em ter somado um prejuízo calculado em mais de R$ 100 (somente de lâmpadas incandescentes apropriadas). 

O blog STN/AP procurou na tarde desse sábado (18/04) a agência da CEA em Santana, com intuito de buscar maiores esclarecimentos sobre as reclamações pautadas, onde apenas recebemos a informação do vigilante do local que o órgão não funciona nos finais de semana, nos orientando a procurar novamente a agencia somente na próxima segunda-feira (20). 

Foi mantido contato com a Central de reclamações da CEA (08000960196) como forma de encontrar qualquer resposta, mas os atendentes do Call Center da estatal informaram estarem apenas autorizados a registrar os pedidos de ocorrências, e não de emitir respostas que competem à ordem superior.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Polícia de Santana prende menor que tentou matar outra

Menor foi presa pela PM/STN
Assim como ocorreu na capital – onde uma estudante do ensino médio fora esfaqueada por outra estudante da mesma instituição de ensino – um fato parecido aconteceu esta manhã de sexta-feira (17/04) no município de Santana. 

A menor de iniciais S.D.L.F. de 17 anos foi detida por agentes do 4º Batalhão da Polícia Militar de Santana após receberem a denúncia de que a mesma havia tentado contra vida (tentativa de homicídio) de outra menor, de iniciais L.C.S. de 14 anos, fato este ocorrido em frente à Escola Estadual Elizabeth Esteves, no bairro Hospitalidade. Ambas são alunas da referida escola. 

Segundo informações de outros estudantes que presenciaram o ato pela manhã, contaram que tal agressão já é reciproca, onde a vítima já havia cometido o mesmo ato contra a acusada anteriormente. “Ela (a acusada) já tinha uma dívida pendente com a vítima, daí que vem o motivo dessa agressão”, contou um dos populares que presenciou a agressão. 

Arma usada no ato foi apreendida pela polícia
Após a apreensão da acusada, que ainda tentou se esconder após a agressão no interior de uma outra residência, também foi localizada a “arma branca” (faca) utilizada no ato. 

Vale ressaltar que a Escola Estadual Elizabeth Esteves, em Santana, já foi palco recente de outro crime que chocou a população santanense. No último dia 27 de março, o menor Bento Leite Neto, de 17 anos, foi perseguido por dois elementos (ainda não-identificados) que o encurralaram dentro da instituição de ensino e dispararam um tiro em seu peito, vindo a falecer na hora.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

“Ladrão” fica desacordado ao tentar furtar Panificadora em Santana

Ladrão (detalhe) caiu na calçada ao tentar fugir
A Companhia de Rádio Patrulha do 4º Batalhão da Polícia Militar de Santana, comandada pelo Tenente O. Batista foi acionada nas primeiras horas dessa quinta-feira (16/04) pelo policiamento noturno que atende ao Fórum da Comarca de Santana, que denunciou uma pessoa com atitude suspeita, estando o mesmo tomando ações ilegais, tentando adentrar em um estabelecimento de panificação (Panificadora), localizada na Rua Cláudio Lúcio Monteiro. 

Com a imediata chegada da viatura da Polícia Militar ao local descrito pela denúncia, os policiais efetuaram a prisão do nacional Alrimar Rodrigues Vilhena, de 46 anos, que, ao perceber que foi cercado pelas autoridades, ainda tentou apreender fuga, pulando do térreo do estabelecimento, vindo a cair bruscamente numa calçada de concreto, vindo posteriormente a ficar desacordado. 

Embora ter ficado em estado ilúcido, o acusado foi conduzido pela guarnição militar ao Hospital de Emergências de Santana, onde recebeu os cuidados médicos, seguindo depois para a Central de Flagrantes do município de Santana, onde foram tomadas as medidas legais de registro de ocorrência de tentativa de roubo ao patrimônio. 

Fonte: 4º BPM/STN

Encontro Municipal debaterá Educação Infantil

Evento ocorrerá nos dias 17 e 18 de abril, no GPC
Visando proporcionar reflexões acerca da criança e de suas particularidades, que a Prefeitura de Santana, através da Secretaria Municipal de Educação de Santana (SEME), estará realizando nos próximos dias 17 e 18 de abril, o III Encontro de Educadores Infantil, trazendo este ano o tema “O Olhar da Criança: O que Sabemos de Infância?”

Em sua 3ª edição, o encontro terá como público os profissionais que desenvolvem suas atividades na área da educação infantil no município (do Maternal ao 2º Período), buscando debater assuntos e métodos disciplinares relacionados à faixa etária, com a promoção de palestras ligadas ao desenvolvimento da criança, distribuição de materiais informativos, e abertura de sugestões de como abordar a educação ambiental no âmbito da classe infantil, assim como também a socialização das atividades exitosas (trabalhos que tiveram êxito no âmbito pedagógico e educacional na rede de ensino municipal), atualmente aplicadas pelas escolas públicas em prol do desenvolvimento integral da criança entre as idades de 03 a 05 anos. 

Edição de 2014 contou com mais 150 educadores
De acordo com a Lei Federal nº 12.796, de 04 de abril de 2013, que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional em seu Artigo 029, dispõe que a Educação Infantil, na sua 1ª Etapa da Educação Básica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança até 05 (cinco) anos, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade civil organizada. 

O evento municipal, que está sendo organizado pela Coordenadoria de Assuntos Educacionais (CAED), em parceria com o Departamento de Apoio Técnico e Pedagógico (DEATEP) – setores vinculados à Seme/STN – acontecerá no auditório do GPC (Grupo Perspectivas Construtivas), uma entidade educacional localizada na Rua Adálvaro Cavalcanti, esquina com Avenida das Nações, bairro Central da cidade. 

Programação 

Dia 17/04/2015 (sexta-feira) – Manhã
08:00hs às 08:30hs – Credenciamento.
08:30hs às 09:30hs – Abertura do Encontro (Palavra das autoridades presentes)
09:30hs às 10:00 – Intervalo p/ lanche.
10:00hs às 11:30hs – Fundamentação teórica sobre o tema: “O Olhar da Criança: O que sabemos de Infância?”
11:30hs às 12:00hs – Encerramento. 

Dia 17/04/2015 (sexta-feira) – Tarde
14:00hs às 15:30hs – Apresentação do Núcleo de Educação Ambiental (NEA)/ Dinâmica “Os Elementos da Natureza”/ Dinâmica e Debate: Antropolixo.
15:30hs às 15:45hs – Intervalo para lanche
15:45hs às 16:40hs – Apreciação dos artesanatos e debates, e a seleção de 30 professores para participarem da capacitação do NEA.
16:40hs às 17:30hs – Momento deleite com Teatralização e releitura de contos.
17:30hs às 18:00hs – Encerramento. 

Dia 18/04/2015 (sábado) – Manhã
08:00hs às 08:20hs – Recepção dos participantes
08:20hs às 09:45hs – Exposição das experiências exitosas das escolas.
09:45hs às 10:00hs – Intervalo para lanche.
10:00hs às 11:30hs – Exposição das experiências exitosas das escolas.
11:30hs às 12:00hs – Encerramento do Encontro.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Vara da Infância de Santana notifica estabelecimentos noturnos por descumprimento de normas do ECA

Comissariado da Infância manterá as fiscalizações
A Equipe do Comissariado da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Santana, que tem como titular a juíza Larissa Noronha, realizou uma intensa operação de fiscalização, em atenção às denúncias nº 17, 18, 20 e 21/2015, ambas recebidas na Central Disque-Denúncia do Portal TJAP, fazendo-se referência a comportamento inadequado, ingestão de bebida alcoólica, exploração sexual e uso de substâncias entorpecentes, nos bairros Elesbão, Vila Amazonas, Hospitalidade e Centro. 

As atividades da Equipe do Comissariado da Vara da Infância e Juventude de Santana foram feitas em parceira com o Gabinete Militar do TJAP, 4º BPM, 3º BPM Ambiental e Conselho Tutelar. Juntos realizaram fiscalizações em casas de shows, boates, bares, motéis, hotéis, casas de jogos eletrônicos, praças públicas, área de lazer e similares, conforme a Ordem de Operação nº 08/2015. 

Equipe do Comissariado que fiscaliza os locais
Segundo o Coordenador do Comissariado de Santana, Lauro Paula da Luz, houve 12 notificações em desfavor dos bares, boates, ambulantes, embarcações e danceterias, por descumprimento dos art. 252, 258 A 258 C do ECA e art. 7º e 8º da Portaria VIJS- 053/2014, que estabelece o dever dos donos e proprietários dos estabelecimentos, de sua responsabilidade fixar, em local visível e de fácil acesso, informação destacada sobre a natureza do evento, diversão ou espetáculo e a faixa etária para ingresso e permanência de criança ou do adolescente. 

O Coordenador informou ainda que a próxima operação já está marcada conforme o cronograma 2015. “A próxima fiscalização será no dia 26 de abril como forma de coibir as práticas infracionais e, sobretudo, como instrumento de prevenção”. 

O Comissariado da Vara da Infância e Juventude de Santana tem o trabalho preventivo com a distribuição de cartazes informativos sobre advertência e prevenção quanto ao acesso de crianças e adolescentes em locais de diversão e espetáculos públicos, bem como, sobre a proibição de venda de bebida alcoólica, ou produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica e sobre o art. 243 do ECA.

STTRANS debate sobre ações educativas a serem realizadas este ano

O departamento de educação para o trânsito da STTRANS/PMS, visando o cumprimento do artigo 74 do Código de Trânsito Brasileiro, que dispõe: “a educação para o trânsito é direito de todos e constitui dever prioritário para os componentes do Sistema Nacional de Trânsito”. 

Nesta terça feira, 14/04, reuniram-se o Superintendente do STTRANS e técnicos para pontuarem projetos e ações educativas para o ano de 2015, que deverá ser realizado nas Instituições de Ensino, cujo objetivo é educar os alunos das redes municipal e estadual do município de Santana. 

Um dos projetos debatidos foi o Transitando na Escola e tem o intuito de educar as crianças para a promoção de um trânsito mais seguro e humano, através de atividades lúdicas para os alunos da Educação Infantil e fundamental nas escolas públicas e privadas. 

As atividades desenvolvidas serão questões do dia a dia do trânsito, como a importância de respeitar a faixa de pedestres, as sinalizações de trânsito, os riscos de unir bebida e direção, uso indevido do celular ao volante, entre outras. 

Toda a abordagem será feita de forma lúdica, com linguagem adaptada para cada faixa etária. Esta atividade visa formar cidadãos que compreendam que o trânsito é um espaço de todos e que respeitar as suas leis é respeitar a vida. 

A superintendência de transporte e trânsito deverá se reunir nos próximos dias com a Secretária municipal de educação e CPTRAN-4ºBPM para debater e realizar o plano de trabalho para a execução dos projetos nas escolas.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Homicídio no Igarapé da Fortaleza

André não resistiu aos ferimentos e faleceu
No final da tarde desta terça-feira (14/04), mais um crime com vítima fatal chamou a atenção da população santanense. Dessa vez o fato ocorreu no distrito portuário do Igarapé da Fortaleza, bem em frente à Escola Estadual que leva o nome do distrito. 

De acordo com as informações já repassadas para uma equipe de Rádio Patrulha (RP) da Polícia Militar de Santana (que foi acionada por populares e logo chegou ao local do ocorrido), a vítima foi identificada por André Marques Pereira, de 20 anos, que foi lesionado por diversos golpes de faca por individuo conhecido no distrito apenas pelo apelido de “Babú”, na qual se evadiu do local após cometer as agressões. 

Vítimas levou vários golpes de "arma branca"
“Só ouvimos os gritos de ajuda que ele (a vítima) fazia. Ainda chegaram a ver o rapaz que cometeu as facadas, mas ele fugiu correndo quando viu o tumultuo das pessoas”, relatou a doméstica Maria do Socorro Fernandes, que reside nas proximidades da escola. 

A vítima chegou a ser socorrida por alguns populares que se encontravam no local, sendo logo encaminhado ao Hospital Estadual (HE) do município de Santana, porém, em virtude das gravidades dos ferimentos cometidos, André Marques faleceu ainda a caminho daquela unidade hospitalar. 

Duas equipes da RP do 4º Batalhão da Polícia Militar de Santana já encontra-se em campo, na busca pelo acusado que está foragido.