sexta-feira, 29 de abril de 2016

Bastante procurado, prazo para regularização e pendências eleitorais termina dia 04 de maio

Dezenas de pessoas que já estão aptos a votar nas eleições municipais de 2016 terão até o próximo dia 04 de maio (quarta-feira) para cadastrar, retirar ou transferir o título de eleitor.A refrida data já foi alertada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), baseado no artigo 91 da Lei nº 9.504/1997, que diz “nenhum requerimento de inscrição eleitoral ou de transferência será recebido dentro dos 150 dias anteriores à data da eleição”. Para esse ano eleitoral, o 1º turno das eleições municipais será realizado no dia 02 de outubro. 

Até o prazo dado pelo TSE, o eleitor poderá requerer o título ou a transferência de domicílio, além de pedir alteração de zona e seção dentro de um mesmo município. Eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida podem também pedir transferência para seções eleitorais especiais. 

No Cartório da 6ª Zona Eleitoral do município de Santana, localizado na Vila Amazonas, a procura têm se intensificado desde o início da semana, com uma demanda de atendimento diário que já ultrapassa os dias convencionais. 

“Nos dias comuns, fazemos algo em torno de 40 a 50 atendimentos diários. Com a aproximação do prazo final para regularizar as pendências do período eleitoral, já chegamos a fazer 400 atendimentos somente em um dia”, detalhou o chefe do Cartório eleitoral santanense Givanildo Ribeiro. 

Segundo Givanildo, as pessoas interessadas que buscam retirar o 1º título de eleitor são os mais solicitados pelo Cartório, seguindo de pedido de transferência de Zona Eleitoral. 

Muitos jovens passaram a ver esse direito de votar como um sentido importante como cidadão, tanto que esse número (de novos eleitores) já vem crescendo a cada ano”, destacou. 

Serviços
Além da retirada e transferência de título de eleitor, também está a solicitação de justificativa de votação das últimas eleições que pode ser realizado pelo Cartório Eleitoral. 

Com 71. 547 eleitores já aptos para votarem nas próximas eleições em Santana, existem 234 seções eleitorais espalhadas, tanto na área urbana como rural do município. 

Para atender a demanda na última semana do prazo de regularização eleitoral, o Tribunal Eleitoral do Amapá (TRE/AP) estenderá o tempo de atendimento nas zonas eleitorais no período de 02 a 04 de maio, que será das 08hs às 17hs. 

De acordo com o diretor geral do TRE, Dr. Veridiano Colares, o prolongamento do tempo de atendimento tem o objetivo de oportunizar o cidadão que precisa fazer alistamento, transferência, revisão ou tirar a 2ª Via do Título Eleitoral, nesses últimos dias. 

Aos interessados, deverão procurar o Cartório Eleitoral de Santana, situado na Rua D-13, na Vila Amazonas, munidos de documentos de identificação contendo fotos.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Iniciada a ação “MP mais Saúde” para seu público interno

Atendimentos de saúde, em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI), foram disponibilizados aos membros, servidores e colaboradores do Ministério Público do Amapá (MP-AP), nesta quinta-feira (28/04), na Promotoria de Justiça de Santana. É a ação “MP mais Saúde”, que faz parte do Programa Melhor Qualidade de Vida voltada àqueles que trabalham pela instituição. 

Esta é a primeira de uma série de ações sociais e cursos profissionalizantes que serão realizados por meio do Acordo de Cooperação Científica, Técnica e Operacional firmado pelo MP-AP com o SESI e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) do Amapá, em 2015. 

As atividades previstas para este ano visam aprimorar e aperfeiçoar o desempenho dos profissionais que atuam na instituição, com adequação aos novos perfis de servidores que atuam em instituições públicas, além de promover melhor qualidade de vida. 

A coordenadora da Promotoria de Santana, promotora de Justiça Silvia Canela, falou dos benefícios que a ação proporciona. 

“O Ministério Público está cuidando das pessoas que dispendem sua força de trabalho e sua energia para o bom funcionamento da instituição. Este olhar para o ser humano, da preocupação com a sua saúde, reflete em um ambiente de trabalho melhor e garante retorno positivo na prestação dos serviços à comunidade”, comentou Silvia Canela. 

A programação continua, nesta sexta-feira (29), na Procuradoria-geral de Justiça, com os mesmos serviços disponibilizados em Santana, como consultas e orientações médicas, vacinação, aferição de pressão arterial, teste de glicemia, serviços odontológicos, massoterapia e corte de cabelos, dentre outros. 

O Programa Melhor Qualidade de Vida do MP-AP existe desde 2011, e foi criado para valorizar a qualidade de vida de membros e servidores da instituição, desde cuidados com o físico, mental e até espiritual.

Apresentando índices positivos, CREAS ganha novas instalações

Considerada uma das importantes entidades que trabalha em prol do bem-estar moral e social de inúmeros jovens em risco de vulnerabilidade, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do município de Santana vem demonstrando uma importante participação à frente de casos que envolvem o caráter dos menos favorecidos. 

Responsável por atuar no atendimento prioritário de crianças e adolescentes vitimadas por ações fisicamente criminosas (como abuso, violência e exploração sexual), o CREAS/STN assume o papel de trabalhar com medidas socioeducativas com tais jovens em sua maioria na faixa etária entre 11 e 17 anos – que são encaminhados por órgãos sociais e jurídicos ligados ao interesse protetor dessa classe, buscando enfaticamente recupera-los dos riscos que lhes são colocados. 

Secretária Socorro Sandim
“Recebemos diversos casos que são toda semana encaminhados pela justiça ou pelo Conselho Tutelar, descrevendo algum tipo de crime contra o menor, é nessa hora que o Creas se prontifica de atuar na situação”, descreveu Socorro Sandin, titular da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania de Santana, durante cerimônia ocorrida nesta quarta-feira (27/04), onde foi entregue as novas instalações do Creas, agora localizado na Vila Amazonas. 

Segundo Socorro, o Centro vinha funcionando anteriormente em locais inapropriados, que já não suportavam mais a demanda de cursos e serviços oferecidos pelo referido órgão. 

“Quando assumimos o Centro em 2013, houve vários questionamentos dos funcionários sobre o local onde estavam lotados. Providenciamos um novo lugar (que foi no Centro Açucena), mas que não oferecia muita segurança”, relembra a secretária, que ainda chegou a alugar outro local para manter o Centro em funcionamento, mas que não supriu com a eficiência acumulada de serviços e atendimentos ofertados pelo Centro. 

“Independente do espaço que usávamos, não deixávamos de atender qualquer situação. Mas a partir de hoje nos acentuaremos com mais vontade de mostrar disposição nesse novo local”, festejou Maria José, diretora do Creas/STN, que também reconheceu a preocupação da atual gestão municipal em melhorar as condições públicas em relação ao Centro. “Se antes os funcionários já trabalhavam com vontade, agora se sentem mais valorizados estando em novo local”. 

Novas instalações do Creas fica na Vila Amazonas.
Localizado na Rua D-6, na Vila Amazonas (atrás do Centro de Ensino “Balão Mágico”), as novas instalações do Creas vem mantendo os serviços de assistente social, atendimento psicológico, atendimento psicopedagogo, além das reuniões periódicas entre os órgãos ligados à assistência da família e da criança/adolescente, juntamente com a comunidade em geral. 

“Dedicamos além dos nossos limites, que é onde vemos os bons resultados que nossa ajuda se transforma”, destacou a diretora do Creas. 

Projetos Sociais
Entre os variados projetos sociais desenvolvidos no Creas, está o “Círculos Restaurativos”, diretamente focado para as famílias imersas em situações de conflitos. 

No projeto – que conta com o apoio direto do Poder Judiciário, Ministério Público Estadual, Prefeitura de Santana (através da Semasc) e instituições da Rede de Atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica – se busca formas de implementar moralmente o convívio desses membros, direcionando o jovem (ou adolescente) para tomar caminhos mais proveitosos visivelmente satisfatórios dentro da sociedade. 

“Muitos jovens que já passaram pelos nossos atendimentos estão hoje no quadro público do Estado, da Polícia Militar, do Exército, e até participam de outros projetos sociais para repassarem aos jovens o que aprenderam conosco”, pontuou Socorro. 

Outros órgãos que também integram o grupo de parceiros inclui o Conselho Tutelar, delegacias, varas e juizados especializados, e conselhos de direitos da criança e do adolescente, considerado pela legislação como entidades voltadas para o amparo e a proteção a esses jovens e suas famílias. 

Assessoria de Comunicação/Prefeitura de Santana

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Diretoria do Fórum de Santana se reformula e estipula metas para 2016

A Diretoria do Fórum da Comarca da Santana tem a meta de alcançar a excelência no trabalho alí desenvolvido. Para isso, vem reformulando totalmente a parte administrativa com dois objetivos principais para 2016: atender as demandas em até 48 horas e atingir 100% de digitalização dos processos e documentos. 

Com o slogan “Para 2016, tudo realizado em até 48 horas”, a diretoria quer acelerar as respostas às solicitações que chegam ao setor administrativo. A ideia é realizar um trabalho eficiente em que toda e qualquer demanda que dependa diretamente das atividades do gabinete sejam realizadas no máximo em dois dias. 

Para alcançar esta meta, a Diretoria do Fórum da Comarca de Santana está fazendo um levantamento para identificar o perfil de cada servidor que compõe a equipe, do gabinete aos outros setores: como contadoria, central de mandados, distribuição, serviço de protocolo e o setor de processos arquivados. 

O processo envolverá estagiários, bolsistas e servidores efetivos e cedidos. Após esse apanhado, os colaboradores do judiciário santanense serão redistribuídos de acordo com seu perfil e qualificação. 

“Iremos lotar os servidores em locais correspondentes ao perfil de cada um, verificar se sua demanda é adequada às suas afinidades e habilidades para poder aumentar a efetividade de cada um. Assim alcançaremos a reestruturação administrativa”, explica o chefe da Diretoria, Mauro de Jesus Gonçalves. 

Outra meta é a digitalização de 100% de todos os documentos e processos. “O objetivo é não utilizar mais a impressão, salvo em situações que algum documento precise ir para um órgão externo que não disponha de um dispositivo de digitalização. Mas quando voltar para a Diretoria será digitalizado”, salienta Mauro. 

Essa medida começou há quatro anos e atualmente 90% dos documentos são digitalizados, agilizando as respostas às demandas. 

Segundo Mauro, um ciclo de reuniões bimestrais acontece para que os demais setores do Fórum de Santana tenham conhecimento dos trabalhos e metas estipulados, bem como exponham as dificuldades e as sugestões que as Varas têm em relação às atividades da Diretoria e melhor atuação do Fórum de Santana. 

“Nós fazemos um ciclo de reuniões de administração cooperada que tínhamos iniciado ainda em 2014. Serve para que avaliemos as demandas reivindicadas e comecemos a desenvolver a atividade da maneira mais eficiente e econômica. Queremos nos tornar um modelo, uma referência”, concluiu.

“Vivemos uma crise que deve piorar”, prevê funcionária de farmácia que fechou esta semana

Farmácia (que ficava no bairro Paraíso) encerrou
suas atividades em meio à crise nacional.
Diante de um quadro social que vem diariamente preocupando o país, os índices relacionados ao desemprego vem demonstrando um crescimento constante, tanto no Estado do Amapá, como no restante do Brasil. 

Dados mais recentes – divulgados pelo IBGE e órgãos estaduais ligados ao comércio amapaense (como a Fecomércio) – apontaram que mais de 500 demissões foram registradas no Estado. Ainda de acordo com os dados, a maioria dessas demissões foram citadas no ramo do comércio lojista, havendo menos de 30% envolvendo empresas de outras áreas sociais, como a Construção Civil. 

“Até os mais simples serviços de construção como rebocar uma parede ou levantar um muro está sendo pouco procurado, é como se tivesse paralisado tudo que é obra sem previsão de normalizar”, explicou o servente Raimundo Baía, que já sente essa baixa procura em sua área de trabalho desde o final do ano passado. “Às vezes tem serviço para ser feito, mas quando pensam no valor a ser paga na diária do pedreiro, desistem de fazer qualquer reforma, e olhe que tem pedreiro que já pediu até R$ 40 numa diária”. 

Rede farmacêutica
Um dos setores que pouco vinha sendo atingido pela denominada “crise nacional” é do ramo do comércio farmacêutico, oque pode-se dizer o contrário do que foi visto no início dessa semana na cidade de Santana. 

Aviso na porta da farmácia informa (em detalhes)
sobre sua transferência comercial.
Uma conceituada rede de estabelecimentos farmacêuticos – com mais de 10 filiais espalhadas entre as cidades de Macapá e Santana – encerrou suas atividades em um de seus postos no bairro Paraíso, consequência visível da atual situação econômica em nosso país. 

“Ele (o dono) ainda não conversou com as funcionárias deste ponto, mas possivelmente haverá demissão no final”, prevê uma funcionária que atende ao blog, na tarde desta terça-feira (26), quando questionada sobre os motivos de está deixando de prestar serviços numa área carente desse ramo. 

“Muitos cliente já vieram nos perguntar o motivo dela está fechando, mas apenas cumprimos ordens e nosso trabalho foi bem reconhecido nesse bairro”, continuou a funcionária, que já estima um futuro nada positivo para os próximos meses. “Vivemos uma fase difícil com essa crise, e se não melhorar logo, com certeza deve piorar”. 

O blog tentou contato com o dono da referida franquia farmacêutica, que reside em Macapá, para buscar melhores esclarecimentos sobre o encerramento comercial dessa filial (que agora manterá apenas uma farmácia da rede em Santana), mas não obtivemos êxito.

terça-feira, 26 de abril de 2016

1ª Vara Cível de Santana alcança taxa zero de congestionamento

A exemplo do trabalho desenvolvido em 2015, à frente da 4ª Vara de Família, Órfãos e Sucessões da Comarca de Macapá, o Juiz substituto Fábio Gurgel, em dois meses de atuação na 1ª Vara Cível do Fórum da Comarca de Santana, alcançou novamente a taxa zero de congestionamento. 

Ao assumir a Unidade, o magistrado encontrou mais de 300 processos com tramitação atrasada. 

Segundo o juiz, alguns possuíam mais de 1 ano de delonga. Dentre esses processos, os casos mais comuns eram de execução fiscal, ainda resquícios da União, e processos patrimoniais. 

“O juiz titular está em licença médica há quase um ano e a ausência de um magistrado exclusivo pode ter sido um dos fatores que resultaram neste acúmulo de processos. Fui muito bem recebido pelos serventuários e colegas. Todos estavam cientes do atraso e todos, sem exceção, foram muito dedicados a junto comigo fazer um trabalho concentrado em sanear a Vara e deixar tudo em dia”, conta o magistrado. 

O próximo passo é manter o equilíbrio entre secretaria e o gabinete, pois para o juiz e a equipe da 1ª Vara Cível, zerar a taxa de congestionamento é um desafio e mantê-la em dia é um trabalho que deve ser travado diariamente. 

“Os funcionários são muito dedicados, por isso estamos rigorosamente em dia no que diz respeito aos prazos estipulados pelo novo CPC. Este é um trabalho diário, em conjunto com todos”, finaliza o juiz substituto Fábio Gurgel.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Polícia prende trio acusado de tráfico de drogas

Agentes do  Batalhão da Polícia Militar do município de Santana prenderam um trio (um homem e duas mulheres) sob ato infracional. Mateus Farias Morais de 24 anos, Silvinha Moraes, 21 e Aihummy Sabrina Mendes de Freitas, 25, foram presos no início da noite deste domingo (24), acusados por tráfico de drogas. 

Mateus foi preso no momento da abordagem policial quando dirigia uma moto CG 150 de cor preto na Avenida Maria colares próximo a Rua Cláudio Lúcio Monteiro, nas proximidades da fábrica da Amcel, no bairro Remédios I. 

De acordo com a policia, foi encontrado com o acusado uma embalagem com aproximadamente 1Kg de substância supostamente entorpecente, após a diligência Mateus resolveu dizer onde estava o resto da droga. 

Os policiais foram levados por Mateus a uma residência na travessa 6, bairro Remédios II, também em Santana, no local a polícia encontrou três embalagens com aproximadamente 1 Kg, e mais seis porções de 25 gramas cada. 

Na casa estava Silvinha Moraes e Aihummy Sabrina, que foram presas e apresentadas na delegacia por serem responsável pela droga que estava na residência. Foram apreendidos 03 aparelhos celulares, 03 câmeras digitais e uma balança de precisão. 

Tanto as pessoas acusadas, como os objetos, a droga e a motocicleta foram apresentados na Delegacia da Polícia Federal por ser uma operação conjunta. 

Informações do blog do Iran Fróes.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Revitalização de faixas garante segurança de pedestres em Santana

A cidade de Santana recebeu na última sexta feira (15/04), o serviço de revitalização de diversas faixas horizontais de pedestres. A solicitação partiu da Superintendência de Transportes e Trânsito daquele município (STTrans), junto ao Departamento de Trânsito do Amapá (Detran/AP), que não mediu esforços em atender, tal pedido. 

Porém, ressaltando que todo o apoio para a execução do trabalho, a STTrans realizou e prestou durante todo o dia, toda a assistência necessária, a equipe de engenharia do Detran/AP. Para os órgãos envolvidos, a finalidade da operação é garantir um trânsito mais seguro aos munícipes santanenses. 

No total, foram priorizadas a colocação e revitalização de faixas localizadas nas imediações de duas escolas públicas estaduais e uma particular. 

Na Rua Cláudio Lúcio Monteiro (bairro Novo Horizonte), foi recuperada a faixa que atravessa o canteiro e fio-meio da via, com o propósito de garantir o acesso e a segurança – principalmente dos estudantes – das escolas Catarina Tibúrcio e Padre Simão Corridori. 

“Tem horas que fica quase impossível de atravessar a via de tanto carro ou ônibus que passa no local”, questionou o comerciante Jonas Amaral, que reside nas proximidades da Escola Estadual Catarina Tibúrcio. 

Outro trecho beneficiado foi o cruzamento da Rua Adálvaro Cavalcanti com a Avenida das Nações, no bairro Central. 

O local – que também mantem uma ciclovia - é diariamente utilizado por estudantes de uma escola particular (GPC), em especial no denominado “horário de pico”. 

No horário do meio-dia fica difícil atravessar a rua com o número excessivo de carro que passam”, disse um morador próximo do local, que já presenciou vários acidentes, na maioria causados pela ausência uma sinalização mais visível

“Essa faixa pode não solucionar o problema de tráfego, mas ameniza bastante essa questão”, reconheceu o funcionário público Armando Soares, que trafega diariamente no local, indo deixar um de seus filhos na referida instituição de ensino privado. “O que compete ao poder público é feito, agora também é certo das pessoas saberem dos seus deveres de usarem ela (a faixa) e não ficarem atravessando pelo meio da rua”, recomendou Armando.

domingo, 17 de abril de 2016

“Nunca vi tanta hipocrisia junta por metro quadrado”, diz deputada que saiu do PT há um mês e votou contra impeachment

Em meio aos discursos inflamados durante a votação do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, ocorrido neste domingo (17/04) na Câmara Federal (Brasília-DF), a deputada federal Professora Marcivânia, do PCdoB do Amapá, utilizou o tempo de pouco mais de dez segundos destinado a cada parlamentar para provocar os colegas da Casa. 

“Eu acho que nunca vi tanta hipocrisia junta por metro quadrado. Dizer que vai votar contra a corrupção colocando Michel Temer e Eduardo Cunha como presidente e vice, é de uma hipocrisia que não tem tamanho, e o povo sabe e vai enxergar isso. Então, pela democracia, contra o golpe de Estado e Institucional que está sendo feito por esta Casa, eu voto tranquilamente e com a minha consciência, não”, sentenciou. 

Desfiliação do PT é recente
Há exatos um mês (pedido de saída registrado no último dia 17 de março), a deputada se desfiliou do PT por conflito de identidades, segundo ela, que disse que o partido não se ajusta à postura atual do PT em Santana e no estado do Amapá. 

“Após muitas reflexões, hesitações e sofrimento, esse é um dos momentos mais difíceis da minha vida. Acredito não haver outra maneira de minha permanência por mais tempo em suas fileiras, desta forma dirijo-me respeitosamente ao conjunto do Partido dos Trabalhadores (PT), e ao povo amapaense, para tornar pública a minha decisão de desfiliação partidária”, disse a parlamentar.

Informações foram surrupiadas do site do jornal Extra.

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Suposta pesquisa de opinião pública em Santana com indícios de fraude

Na foto, pesquisador (camisa branca) entrevista
pessoas que trafegam casualmente pelas ruas
da cidade de Santana.
Desde o início da semana, circulam pelos bairros do município de Santana um grupo de pessoas que se identificam por estarem efetuando um serviço de coleta de opinião pública na cidade, onde estariam recolhendo informações relacionadas às próximas eleições municipais. 

Mesmo atendendo alguns requisitos ligados ao período de pesquisa de opinião pública em ano eleitoral, o que vem causando estranheza para as pessoas entrevistadas são as formas com que vem sendo guiada essa pesquisa, que, segundo alguns entrevistados, apresenta indícios de favorecimento de candidatos ao cargo de prefeito de Santana. 

Na manhã desta sexta-feira (15/04) dois técnicos, identificados como funcionários do Instituto GPP, estiveram recolhendo opiniões de pessoas que transitavam casualmente por vias do bairro Fonte Nova, onde buscavam informações sobre as intenções de votos para os candidatos aos cargos de vereadores e prefeito da cidade. 

Um desses entrevistados foi o torneiro-mecânico Valdecir Oliveira, que estava aguardando a chegada de um transporte coletivo em um ponto de ônibus, quando foi abordado por desses pesquisadores, que lhe fez diversas indagações. 

“Ele me perguntou minha opinião sobre os serviços que vem sendo realizado pela prefeitura e se eu tinha alguma reclamação desses serviços. Achei estranho que isso faça parte de uma pesquisa eleitoral”, disse Valdecir, que passou quase 5 minutos respondendo vários questionamentos do pesquisador, todos ligados à atual gestão. “Queriam se a coleta de lixo estava em dias, se havia muitos buracos na minha rua, ou se eu já havia precisado do posto de saúde nos últimos meses. Perguntas que considero meio sem lógica para esse tipo de pesquisa”. 

No entanto, segundo o torneiro-mecânico, o que mais lhe surpreendeu foi quando veio as perguntas de caráter político e eleitoral, onde observou distraidamente que faltava o nome de dois candidatos ao cargo de prefeito de Santana, sendo que esses dois nomes estão sendo bastante veiculados na mídia nos últimos tempos. 

“Observei uma ficha de preenchimento na mão dele (do pesquisador) que constava o nome de apenas quatro candidatos, e não vi o nome do atual prefeito (Robson Rocha) e da irmã do ex-prefeito (Isabel Nogueira)”, revelou Valdecir, que ainda questionou a possível veracidade dessa pesquisa de opinião com aquele pesquisador, que preferiu restringir a resposta. “Ele apenas me disse que não podia dar muitas informações, e que seu dever era apenas pesquisar o que estava na ficha”. 

O blog ainda localizou um desses pesquisadores do Instituto GPP cumprindo serviços de coleta de informações em uma das vias do bairro Fonte Nova, mas ao ser abordado, se reservou a dar qualquer informação, e apenas orientou a entrar em contato com o Instituto, localizado no Rio de Janeiro (RJ). 

Instituto GPP
Criado em 1991, o Grupo de Planejamento e Pesquisa (GPP) foi idealizado por um grupo de profissionais oriundos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e concretizado por diferentes outros, de formação multidisciplinar, provenientes de distintos centros brasileiros de referência, tais como: Escola Nacional de Ciências Estatísticas do IBGE; UFF (Universidade Federal Fluminense) e UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). 

Possui uma equipe Executiva e Operacional considerada multidisciplinar, todos pertencentes às áreas de Estatística, Economia, Engenharia, Publicidade, Marketing, Ciências Sociais, Psicologia e Análise do Discurso, que interagem de frente ao desenvolvimento de cada projeto. 

Com sede no distrito de Niterói (RJ), o blog tentou contato com a empresa via telefone existente em seu site, para buscar informações que confirmassem a presença de uma equipe do instituto no Amapá e os métodos que estão sendo utilizados nessa suposta pesquisa, mas não houve retorno das ligações.

Em Seminário, debate sobre melhorias e capacitações no Ensino Municipal

Seminário voltados para os educadores do
município de Santana.
A Prefeitura Municipal de Santana, através da Secretaria Municipal de Educação (SEME/STN) realiza no período de 14 a 16 de abril, na sede do SESI, na Vila Amazonas, a partir das 08hs da manhã, o Seminário “Semeando Saberes 2016”, que este ano vem estampando o tema “Currículo Escolar: Uma (Re)construção Permanente e Necessária”. 

Com o projeto, a SEME visa implementar sua política de valorização do profissional da educação, promovendo a capacitação do Corpo Docente, técnico e administrativo da rede municipal de ensino e criar subsídios para as ações pedagógicas que serão desenvolvidas durante o ano de 2016. 

O seminário – que chega em sua 11ª edição anual – ocorre desde 2006, e também objetiva elevar a qualidade da educação municipal através da formação continuada dos envolvidos no processo pedagógico para garantir acesso e permanência com sucesso na rede municipal de ensino. 

Secretária Municipal de Educação Antônia Guedes.
O tema desse ano tem como objetivo dar continuidade ao Projeto de Norteamento das Políticas Públicas Municipal aos Profissionais da Educação, de forma articulada com o Plano Municipal de Educação (PDE) 2015 a 2024, proporcionando, assim, momentos de estudos e reflexões que possam fundamentar o ensino técnico-profissional de todos os servidores da SEME. 

“Um desses objetivos específicos é trazer para o centro de debate as problemáticas existentes dentro do ensino publico e buscarmos soluções pedagógicas que possam garantir bons resultados”, explicou a secretária de Educação de Santana Antônia Guedes. 

De acordo com a secretária, a atual gestão têm se preocupado intensamente sobre a questão da educação municipal, buscando debater e resolver as pendências da área através de Planos e eventos pedagógicos, onde são expostos as situações, seguindo de discussões e apresentadas as possíveis alternativas. 

“Quando se trata de melhorar a educação, é preciso superar qualquer obstáculo para se mostrar um grande compromisso diante dos desafios para o ensino”, enfatizou Antônia. 

Na abertura do seminário, ocorrido nesta quinta-feira (14), estiveram presentes o prefeito de Santana Robson Rocha, assim como também representantes da classe sindical da educação do município (José Conceição), dos servidores (Cátia Cilene), e do Conselho Municipal de Educação (Lecy Cardoso), onde diversos assuntos relacionados ao ensino regular no município estarão sendo debatidos. 

“A educação municipal tem sofrido constantes mudanças, tanto na área de ensino como nos planos administrativos, onde novos profissionais da área começam a aparecer, e isso tem sido bastante discutidos pelas classes, e claro que o município de Santana também vem acompanhando esse progresso educacional”, declarou o prefeito Robson Rocha, durante a cerimonia de Abertura do seminário. 

Capacitação
Na ocasião, Robson Rocha comentou sobre os pontos positivos que vem sendo visto os profissionais voltados para a educação no município, onde parceria institucionais estão sendo formalizadas com o Poder Municipal, objetivando capacitar inúmeros educadores e gestores escolares de Santana. 

“Sabemos o quanto é importante o papel do educador para a nossa sociedade, e com isso nos preocupamos em valoriza-lo através de cursos e capacitações, o que o faz mais otimista diante dos desafios que atravessa”, ressaltou o prefeito santanense. 

Recentemente, a Prefeitura de Santana fechou um convênio com o Sebrae/AP onde dois cursos voltados para as áreas da educação e de relações públicas foram oferecidos para os servidores do município, que compareceram maciçamente nos cursos. 

Aproveitando a abertura do evento, o prefeito fez a entrega simbólica de três (03) certificados para os servidores municipais que participaram desses cursos, sendo que o restantes dos certificados estarão sendo entregues no decorrer da semana do seminário que, além de palestras, apresentará oficinas e apresentações culturais, contendo avaliação processual com seus participantes. 

“Não se trata apenas de um seminário, mas sim, de um encontro de ideias que tornamos produtivas”, finalizou Antônia. 

Ascom/Prefeitura de Santana

TRE-AP implanta novo sistema de segurança em sua sede e nas Zonas Eleitorais do Estado

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) instalou nesta semana um novo sistema de segurança em seu edifício sede, Casa da Cidadania e demais Cartórios Eleitorais do interior. 

Com a aquisição dos aparelhos, que são câmeras de vigilância eletrônica e alarmes, o monitoramento será através de equipamentos mais modernos e com um número significativamente superior ao atual. A medida também gerou economia para a Justiça Eleitoral, que diminuiu custos com vigilantes contratados. 

De acordo com o diretor geral do TRE, Dr. Veridiano Colares, a medida visa reforçar a segurança dos juízes, servidores, colaboradores, advogados e demais pessoas que utilizam as dependências dos prédios da Justiça Eleitoral. Conforme o gestor, a medida proporcionará melhorias no serviço na capital e no interior. 

Cada kit custa o valor de R$ 1.913 reais mensal. Com o 25 kits instalados o TRE investe 47.825 mil por mês na segurança dos seus servidores e no patrimônio da instituição. 

Segundo o Dr. Veridiano Colares, a deliberação, além de gerar economia nas despesas do Tribunal, garantirá uma renovação do Sistema e a melhor proteção do patrimônio da Justiça Eleitoral. 

A empresa vencedora do pregão eletrônico Nº 33/2015 foi New Line. O monitoramento é feito por kits de segurança, com os equipamentos necessários para a vigilância dos prédios, incluindo 16 câmeras e o serviço completo de fiscalização e monitoramento noturno, finais de semana e feriados. 

Na maioria dos cartórios eleitorais do interior foram instalados apenas um Kit, com exceção dos municípios de Laranjal do Jari, Santana e Amapá, onde foram colocados dois em cada. A sede do TRE Amapá, anexos e Casa da Cidadania juntos receberam 10 deles.

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Lançado edital para seleção de Comissários Voluntários

A Justiça do Amapá, por meio da Coordenadoria Estadual da Infância e da Juventude, divulgou edital para abertura de processo seletivo para preenchimento de 80 vagas para a função de Comissário Voluntário da Infância e Juventude, sendo 50 vagas para Macapá e 30 para Santana. (Clique aqui e acesse o Edital) 

De acordo com a coordenadora estadual da infância e juventude, desembargadora Stella Ramos, o processo seletivo tem o objetivo, além de atender a necessidade de ampliação do quadro de comissários da Justiça, de suprir o atendimento das demandas existentes no Juizado da Infância e da Juventude das Comarcas de Macapá e Santana. 

O edital foi lançado após a coordenadoria da infância constatar que houve um aumento no número de ocorrências envolvendo crianças e adolescentes em situação de risco social; as práticas de atos infracionais e as infrações cometidas contra as normas de proteção à infância e juventude cresceram consideravelmente nos últimos anos, havendo por outro lado uma defasagem histórica no quadro de comissários voluntários. 

As inscrições ocorrerão no período de 18/04/16 a 02/05/16. O edital já está disponível no endereço eletrônico: www.tjap.jus.br. Mais informações nos telefones: (96) 3312-4560 (Comissariado Macapá) e (96) 3281-8139 (Comissariado Santana).

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Bolsistas do Fórum de Santana participam de roda dinâmica de incentivo à leitura

De maneira agradável, descontraída e interativa, os bolsistas do Fórum da Comarca de Santana participaram de uma prática em que puderam ter um momento de interação com temas relacionados a obras literárias e o entendimento de cada texto. 

Na ocasião, Mauro Gonçalves, da Diretoria do Fórum da Comarca de Santana, mencionou como a leitura teve um papel fundamental na sua formação, e compartilhou algumas de suas experiências. 

“Quanto mais lemos, mais refletimos sobre a nossa vida. A leitura é convidativa para um mundo de informações e tem que ser inserida no cotidiano da juventude. Vejo em momentos como esse a oportunidade que está sendo dada para esses jovens de serem agentes transformadores e participantes ativos e produtivos da sociedade”, ressaltou Mauro. 

A programação foi conduzida por Ângela Carvalho, colaboradora do programa “Jovens Construindo o Futuro: do Direito ao Deleite de Ler e Escrever”, idealizado pelo Judiciário. 

No evento, formaram-se trios e alguns textos como: Amar se aprende amando de Christine Fontelles e Eco dos bosques de Socorro Acioli foram distribuídos para a leitura. 

Em seguida, cada um teve a oportunidade de expor seu entendimento do texto, o que mais lhe chamou a atenção e mais lhe tocou na obra lida. 

“A ideia é que tenhamos esses momentos de estudo para motivá-los cada vez mais a desenvolverem o hábito de ler”, frisou Ângela. 

Para incentivar os jovens bolsistas, encontros como esses acontecerão periodicamente ao longo de 2016.

Incomodado, morador precisou “eliminar” situação de bueiro barulhento

Morador improvisou na sinalização do local.
Cansado de ser diariamente incomodado pelo barulho da tampa de um bueiro, um morador do bairro Central de Santana precisou eliminar o referido objeto de uso público que, segundo informou ao blog, já estava causando até transtornos no local. “Além da tampa está totalmente desalinhada (torta), ela causava constantes acidentes para as pessoas que trafegam no local”, explicou Ernandes Ferreira, residente no cruzamento da Rua Adálvaro Cavalcanti com a Avenida 15 de Novembro. 

Segundo Ernandes – que reside e possui um estabelecimento comercial neste cruzamento – há cerca de 20 dias, o mesmo precisou retirar a tampa de um bueiro de tubulação, localizado nas imediações de sua residência, após se sentir incomodado com o barulho causado pela tampa. 

“Não tinha outra alternativa. O barulho já estava demais e meus vizinhos já reclamavam quando tentavam dormir a noite. Foi preciso retirar de lá pra ver se dava um alívio para os moradores”, contou Ernandes. 

Barulho da tampa desalinhada (torta) incomodava
o sono dos moradores das imediações.
Para evitar que houvesse questionamentos sobre o material (a tampa), por se tratar de patrimônio público, Ernandes deixou a tampa sob o calçamento público, para que assim os órgãos competentes tomem as providências necessárias. 

“Fui na Caesa e me disseram que iriam tomar providências no outro dia, e até agora nada. Se acontecer algo de ruim nesse trecho, já não é culpa da população”, adiantou. 

Acidentes
Para evitar que o local ficasse complicado durante o tráfego de qualquer veículo, Ernandes precisou improvisar no mesmo trecho onde ficava a tampa do bueiro. 

Com auxílio de pedaços de pau e um cone (usado), montou um tipo de sinalização para servir de apoio e evitar que acidentes aconteçam no local. 

“Na semana passada uma senhora quase cai no buraco aberto (sem tampa) devido ser noite. Não tinha outro jeito de colocar uma sinalização provisória no local, até que providenciem uma nova tampa para o bueiro”, finalizou o morador. 

O blog entrou em contato com a gerência regional da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) em Santana para buscar esclarecimentos sobre a situação do bueiro, e fomos informados que a estatal encontra-se com seu quadro de funcionários em greve, e não poderiam dar qualquer previsão de averiguar a situação daquele bueiro.

terça-feira, 12 de abril de 2016

STTRANS autoriza o serviço de “Táxi lotação” em Santana

Primeiro veículo de "táxi-lotação" vistoriado pelo
STTRANS que vai circular em Santana.
A superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STTRANS) autoriza os taxistas permissionários e cadastrados na autarquia, a prática do serviço de táxi-lotação nos trechos conforme determina lei municipal Lei municipal nº 803/2008-PMS. A medida foi adotada por causa da situação atual em que se encontra o serviço de transporte coletivo. 

O serviço poderá ser realizado próximo aos pontos de ônibus, na área central, nas vias, próximo ao Terminal Urbano e nos locais onde houver disponibilidade de vagas para embarque e desembarque. 

O primeiro táxi lotação foi vistoriado nesta segunda-feira (11/04), no pátio da Superintendência de Transporte e Trânsito (STTrans), e começa a circular em Santana ainda este mês com capacidade para quatro (04) passageiros. 

Os taxis lotação terão tabela especifica, os passageiros poderão solicitar ao motorista a tabela e ver os valores conforme cada ponto e zona de embarque e desembarque, não poderá ser cobrado do usuário valor superior ao da tarifa praticada por trecho de origem e destino. 

Todos os permissionários de táxi que desejarem trocar seus carros para o táxi lotação poderão fazê-lo, mais primeiro deverão passar por vistoria na STTRANS, a fim de avaliar as condições de segurança e receber identificação específica. 

O principal objetivo da STTRANS é trazer mais conforto e segurança aos usuários deste transporte. O órgão municipal ainda ressaltou que a modalidade de táxi lotação já existe em outros municípios do Brasil. 

Para o taxista Milton, a medida beneficia tanto os passageiros como os motoristas. “É uma boa opção para nós taxistas, que agora poderemos transportar mais passageiros em cada corrida e para o usuário que esperará menos tempo”.

MP-AP promove curso para capacitação e formação de conciliadores e mediadores

Coordenadores do curso de capacitação.
“A mediação tem sido uma ferramenta muito eficaz na abordagem dos conflitos familiares”, declarou a coordenadora do Núcleo de Mediação Conciliação e Práticas Restaurativas, promotora de Justiça Silvia Canela, na abertura do Curso de Capacitação em Conciliação e Mediação Transformativa ocorrida na manhã desta segunda-feira (11/04), no auditório do Sebrae, em Santana. 

O curso é uma realização do Ministério Público do Estado do Amapá (MP-AP), em parceria com Instituto Open de Mediação, Negociação e Treinamento Especializado, voltado para os parceiros que atuam e aos que pretendem atuar na área. 

Silvia Canela manifestou seu sentimento de gratidão ao procurador-geral de Justiça, Roberto Alvares, que permitiu a realização do curso que, ao participar em outra ocasião, passou a considerar como um divisor de águas na sua vida e acredita que será na vida dos participantes. 

“Nós temos que ser a mudança que a gente quer no mundo. Eu creio que essa semana será maravilhosa porque já tive oportunidade de fazer cursos de carga horária alta como este, mas eles nos edificam, fortalecem, transformam e nos fazem vislumbrar uma outra forma de ver o mundo”, finalizou a coordenadora agradecendo aos parceiros, como o Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (IAPEN) e voluntários participantes da capacitação. 

Participantes do curso.
Helena Mandelbaum, sócia fundadora do Instituto Open de Mediação, Negociação e Treinamento Especializado, será ministrante do curso junto com Juliana Polloni. 

“A paz vem do nosso comportamento, de cada um de nós e é isso que nós vamos ver no curso[...]. Se nós queremos que a paz, realmente, esteja presente em nosso meio, temos que começar por nós. Com atitudes pacíficas, pacificadoras”, afirmou Mandelbaum. 

“Digo aos senhores e às senhoras da minha felicidade de estar aqui vivenciando este instante de magia trazido pela doutora Silvia, nos idos de 2012, quando ela abraçou uma causa[...], que faz a instituição Ministério Público avançar. Parabéns, doutora. Vossa iniciativa, conjugada com a doutora Michelle Farias, traz pra nós um conforto d’alma”, saudou o PGJ. 

O curso ficará sendo realizado no período de 11 a 19, com carga horária de 60 horas.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Reconhecimento público à uma valiosa pioneira de Santana

Centenas de pessoas estiveram presentes na manhã desta segunda-feira (11/04) para assistirem à solenidade de reinauguração da Escola Municipal de Ensino Básico “Gentila Anselmo Nobre”, localizada no bairro Fonte Nova, em Santana. 

O educandário não passava por uma ampla reforma há mais de uma década, recebendo agora novas adaptações físicas para acomodar os mais de 450 alunos ali matriculados. 

“Tivemos que seguir todos os procedimentos exigidos pelos órgãos fiscalizadores, justamente para acomodar o número correto de alunos e professores”, explicou Alfredo Botelho, secretário municipal de Infraestrutura de Santana. 

Orçada em mais de R$ 220 mil, a obra foi realizada com recursos da Prefeitura de Santana, com apoio do Governo Federal, através de emendas apresentadas pelo senador Davi Alcolumbre. 

“Vários recursos federais foram liberados para os municípios, mais bem poucos estão nos comunicando sobre essa aplicação. No caso de Santana, todas as emendas estão sendo vistas pela população”, reconheceu o senador Davi, durante o evento. 

Originalmente construída no final do século passado, a Escola havia passado apenas por pequenos reparos em suas instalações no decorrer deste período, sendo que somente na atual gestão municipal houve uma atenção mais valiosa em efetuar uma reforma geral na instituição. 

“Fizemos aqui uma obra que poderia ter sido feita em gestões anteriores, um serviço de anos que ficou pronta em poucos meses, e para durar muitos e muitos anos”, pontuou o prefeito de Santana Robson Rocha. 

Seguindo todos os critérios atuais que determinam as normas técnicas em vigência na construção civil, e com o propósito de atender as necessidades físicas e morais de seus alunos, a obra passou por sérias adaptações em suas 16 salas, havendo estrutura adaptada com modos de acessibilidades para facilitar o deslocamento de alunos com dificuldades de locomoção, além de receber novos materiais mobiliários que servirão para o uso da rede escolar. 

“O município se preocupou com a questão dessas acomodações em cada sala (de aula) e providenciou que todas fossem climatizadas”, disse a diretora da escola Regiane Garcia, que ainda comentou sobre a aquisição da nova aparelhagem escolar. “Além das novas carteiras que já serão utilizadas, toda a cozinha recebeu novos eletrodomésticos”. 

Reconhecimentos
Juntamente com a sociedade que demonstrou satisfação com a obra, outra pessoa que explanou sua alegria com os serviços feitos foi a professora Gentil Nobre, a patrona da escola, que participou do evento. 

Em seu discurso, Gentila elogiou o trabalho realizado pela Prefeitura de Santana em reformar sua “segunda casa”, e enalteceu sobre os valores morais que são repassados pelos educadores em sala de aula. 

“O dom de educar não tem pode vim por opção, mas somado com muito amor. Isso ajuda na formação de qualquer ser humano”, declarou Gentila, em discurso, emocionada. 

Outro reconhecimento feito à esta pioneira da educação em Santana foi anunciada pelo próprio prefeito Robson Rocha, que prometeu batizar a nova escola que vem sendo construída na Vila Amazonas, com o nome de Redimilson Nobre, homenageando um de seus filhos que faleceu em agosto de 2013. 

“Redimilson deixou marcas de companheirismo e respeito dentro da nossa sociedade e merece todo nosso reconhecimento”, justificou Robson.


Vacinação
Na mesma ocasião, foi realizada uma ação comunitária na nova escola municipal, onde ofereceram os diversos serviços odontológicos, de pediatria, ginecologia, vacinas e testes rápidos. 

Foram contabilizados mais de 400 atendimentos médicos, e o lançamento da Campanha de vacinação H1N1.

‘Novo Amapá’: Peça teatral lembra 39 anos do naufrágio com poesia e homenagens

Os 39 anos do maior naufrágio do estado serão lembrados com poesia e homenagens no espetáculo "Novo Amapá", que acontece no sá...