quarta-feira, 30 de novembro de 2016

“Somos e sempre seremos abençoados por Deus”, declara cantor, no Dia do Evangélico, em Santana

Um dos cantores do segmento gospel mais conhecidos da atualidade – estando entre os três mais tocados nas emissoras de rádio em 2016 – o Pastor Lucas esteve ministrando um Seminário na manhã desta quarta-feira (30/11) no Templo da Igreja Evangélica da Assembleia de Deus em Santana, como parte da programação que comemora o Dia do Evangélico. 

Pela 2ª vez no Estado, Lucas contou um pouco da sua infância e pré-adolescência aos participantes do evento (em sua maioria, de jovens que atravessam pela fase que ele considera mais “delicada”). 

“Eu sei como é você atravessar essa fase da adolescência e correr vários riscos que envolvem as amizades, mas também envolve a vontade de querer ser um novo Servo diante do Senhor”, explicou Lucas. 

No caminho da música gospel há mais de cinco anos, Lucas também é compositor da MK Produções – uma das maiores produtoras fonográficas da rede gospel do país, tendo composto inúmeras canções para outros “colegas” de carreira como Regis Danese, Aline Barros, Jonas Vilar, Bruna Karla, entre outros. 

“Um caminho que foi difícil de alcançar, mas com a glória do Senhor fui sendo concebido com essas vitórias e hoje busco passar meus testemunhos e minha trajetória para todos”, reconhece Lucas, que demonstra claramente que seus princípios são frutos agraciados de forma Divina. “Somos e sempre seremos abençoados por Deus, independente das condições que vivemos ou dos desafios que enfrentamos diariamente, por que Ele não abandona os seus escolhidos”. 

Além do Seminário desta manhã, está agendado um show com o Pastor Lucas na noite desta quarta-feira (30), para comemorar a data, com ingressos ainda sendo vendidos ao preço de R$ 10. 

O evento acontecerá na área externa do Templo da Assembleia de Deus de Santana, localizada na Rua Salvador Diniz, no Centro. 

Dia do Evangélico
O Dia do Evangélico foi formalizado através da Lei Estadual nº 827 de 19 de maio de 2004. A deputada estadual Mira Rocha foi a idealizadora do Projeto, que aprovado pela Assembleia Legislativa, recebeu sanção do governador Waldez Góes, e se transformou na Lei Estadual nº 0827. 

Os evangélicos estão crescendo aceleradamente no Estado do Amapá, segundo os dados do IBGE, o que já corresponde a mais de 30% em todo o Estado, somando mais de 190 mil pessoas que tomaram a decisão de seguir a doutrina pentecostal. 

O Censo 2014-2015 informou recentemente o que muitos já sabiam: o crescente número de Evangélicos no Brasil, e tudo indica que até o próximo Censo este número irá se elevar gradativamente. Ainda de acordo com pesquisas do IBGE, os evangélicos representam hoje 22,2% da população brasileira. Esse percentual corresponde a mais de 42,2 milhões de pessoas.

Vereadora eleita pede punição para suplentes que tentam cassar seu registro eleitoral

Os suplentes Mário Brandão e Ronilson Barriga, de provocadores de ação para cassar o registro da candidatura da vereadora eleita, Socorro Nogueira (PT), passam a ter pedido de investigação de suas condutas por tentarem “ludibriar a justiça”, segundo a parlamentar santanense. 

Em sua defesa, Socorro evocou o Art. 25 da LC nº 64/90, que prevê a responsabilização criminal de quem acusa com má-fé, sem provas, sem base e sem fundamento, induzindo a justiça ao erro. 

Neste caso, a ação, proposta pelo MP a pedido dos dois suplentes, acusa Socorro Nogueira de falsificação de assinatura no seu requerimento para desincompatibilização do INSS, órgão em que trabalha há mais de 30 anos, para disputar as eleições municipais de 2016. 

Foi alegado que no pedido de registro, na justiça eleitoral, fora utilizada a assinatura por extenso e, no pedido de afastamento do órgão em que exerce a função laboral, através de rubrica. Os suplentes dizem haver dúvida na rubrica, podendo não ser da lavra de Socorro Nogueira. 

“Tanto a assinatura como a rubrica são minhas. O que ocorreu foi que as duas cópias utilizadas por mim eram originais, tanto a que ficou com o meu chefe imediato quanto a que recebi como comprovante de entrega. Daí, levianamente, me acusarem da rubrica não ter exatamente os mesmos traços. Na minha defesa, já pedimos a punição dos causadores da ação, pois se trata de uma ação, visivelmente, de má-fé, para tentar ludibriar a justiça.”, disse Socorro a nossa reportagem. 

Já o presidente do Partido dos Trabalhadores de Santana, o ex-prefeito Antonio Nogueira, adjetivou como “esdrúxula, uma ação ‘sem pé nem cabeça’", apenas para conturbar o processo eleitoral. 

"A denúncia é leviana, trata de fraude em que uma segunda pessoa teria assinado pela minha irmã. Isso, mesmo que fosse verdade, ensejaria até um processo de falsidade ideológica, mas jamais de cassação de registro de candidatura, uma vez que ela ficou afastada do trabalho dentro do período exigido pela legislação eleitoral", informou o presidente. 

A ação está em andamento e poderá ter decisão monocrática antes do próximo dia 06 de dezembro, quando serão diplomados os vereadores e seus suplentes, além do Prefeito e do vice-prefeito eleitos. 

Informações da Central de Comunicação

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Entre 04 cidades amapaenses, Santana recebe o Selo Unicef por políticas públicas

O esforço e a dedicação do atual Governo do Amapá pelas políticas públicas em prol da melhoria de vida de crianças e adolescentes da região, foram reconhecidos nesta terça-feira, 29/11, pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). No evento, também houve a entrega de certificados de participação dos articuladores do Selo Unicef no Amapá. 

Waldez Góes e Léa Soryana (de Santana)
O reconhecimento da atual gestão em prol da população infantil partiu da coordenadora nacional da área de proteção do Unicef, Casimira Benge, e do coordenador do escritório do Fundo para o Amapá, Fábio Atanásio, que participaram do evento ocorrido no Palácio do Setentrião. 

Representantes dos municípios de Macapá, Vitória do Jari, Santana e Calçoene também receberam o Selo Unicef por terem apresentado índices positivos na vida de crianças e adolescentes. 

“Estamos presentes em 190 países e olhamos com particular atenção para o Brasil, especialmente para a Amazônia. Não podemos avançar em qualquer discurso nesta região se não colocarmos no centro do debates a vida das mais de 25 milhões de pessoas que aqui vivem, principalmente as mais de dez milhões de crianças e adolescentes que, em sua maior parte, vivem em situação de pobreza. Parabenizo o Governo do Estado pelo compromisso e investimento nas políticas públicas voltadas a este público”, disse Casimira Benge. 

O Selo Unicef Município é uma certificação internacional que reconhece avanços reais e positivos para a vida de crianças e adolescentes. Foi criado em 1999 no Ceará, pela Agenda Criança Amazônia, que é um pacto para promoção, proteção e direitos de cada criança e adolescente da Amazônia. 

Em 2015, os nove governadores da Amazônia Legal brasileira assinaram o tratado, a Agenda Criança Amazônia, assumindo compromissos. A iniciativa, baseada na mobilização social, tem apoio dos Estados, da ONG Escola de Formação de Governadores do Maranhão, Instituto Peabiru, entre outras instituições. 

Para conquistar o Selo Unicef foram avaliados três eixos: impacto social, gestão de políticas e participação social. O principal item observado nesta edição foi a diminuição da taxa de mortalidade infantil, redução da distorção idade-série, diminuição da desnutrição em crianças menores de dois anos. 

A segunda edição do Selo Unicef foi lançada em 2013 e encerra este ano. Foram 611 municípios inscritos da Amazônia Legal e monitorados até 2016 em treze indicadores, como abandono escolar, cobertura vacinal, gravidez na adolescência, entre outras. 

“Amapá apresenta números de melhorias quanto a responsabilidade com a criança e o adolescente. Aqui não existe desejo apenas de uma pessoa, pelo contrário, é uma ajuda coletiva. O Unicef sabe nos sensibilizar com a causa de política pública voltada a criança e adolescente, e por isso reafirmo nosso compromisso com esses cidadãos”, destacou o governador do Amapá, Waldez Góes. 

Matéria surrupiada do site do Governo do Amapá

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Em 30 dias, 13 mortes em Santana: De quem é a culpa?

Desde o dia 26 de outubro, quando houve a morte do Sargento PM Agenildo (no Hospital de Santana), vítima de arma de fogo – numa ação inesperada ocorrida três dias antes – já se registrou mais de 12 homicídios, somente na área urbana da segunda maior cidade do Estado. 

Depois que o município de Santana alcançou, por duas vezes, a marca de 100 dias sem registrar qualquer ato de homicídio, alcançamos – de maneira desmerecida – um triste recorde, que já contabilizou 13 homicídios em 30 dias. Ainda temos o relato de uma chacina onde quatro (04) jovens foram mortos por indivíduos encapuzados e fortemente armados com armas de uso restrito como pistola calibre .40. 

Outra marca que mancha os resultados positivos de que a cidade de Santana havia mantido se relaciona com os registros de acidentes de trânsito. Ninguém esquece o que aconteceu na manhã daquele dia 26 de outubro, com o SD PM J Cunha (Jefferson Luiz) no cruzamento da Avenida Rui Barbosa com a Rua Adálvaro Cavalcanti, quando este militar seguia em direção à Macapá, para confirmar um tratamento de saúde para sua esposa, quando foi surpreendido por um carro (marca Saveiro), que acabou lhe jogando à alguns metros, vindo a falecer ainda no local. 

Acidente ou ação dolosa? Para alguns familiares do militar, muita coisa não foi bem esclarecida sobre aquele dia, deixando com que aquela ferida de saudade e impunidade se expandisse a cada dia. Que a viúva desse grande “Homem da Lei” me corrija se eu estiver mentindo, já que diariamente ela posta as boas lembranças que viveu (durante os últimos 11 anos) ao lado do militar. 

O descontrole da criminalidade em Santana atravessou uma proporção inimaginável que não encontramos mais segurança, tanto em nossas residências com nossos familiares ao redor, e muito menos nas escolas, onde o preparo do cidadão para um futuro digno e promissor acaba sendo interrompido quando a onda de violência (antes vivida no lado de fora das escolas) invade o espaço daqueles que buscam construir uma Nação voltada para o progresso e para a cidadania de cada ser humano. 

Imagine seu filho sair da sua casa, com o propósito de chegar à escola com aquela contagiante vontade de buscar mais conhecimento e se preparar para aquilo de bom que o futuro lhe presenteará, no entanto, acaba tendo seus sonhos interrompidos pela covardia e ignorância de seres humanos (se é que assim podemos definir com o conceito de Ser Humano) que demonstram sua voraz arrogância anti-social perante essa importante classe que consideramos de suma importância da nossa sociedade (estudantil), deixando aquele lastro de dor inacabável e até mesmo de injustiça para os amigos e parentes daqueles que perdem suas vidas de modo fútil. 

Com isso, perguntas atrás de perguntas vão se formando dentro das classes sociais da nossa cidade, e quase todas sem respostas que possam amenizar a aflição e o pânico que já vem se alarmando pelos quatro cantos do município de Santana. 

O que está acontecendo de fato com o nosso município? De quem é a culpa? Até quando os santanenses continuarão carregando a sensação de medo e dor diante desses tipos de acontecimentos? O que vem sendo feito para garantir o mínimo possível de segurança para a nossa indefesa sociedade? 

Estas são apenas alguns de tantos questionamentos públicos que encontramos vagando nas ruas de Santana e nas redes sociais, aguardando por imediatas respostas. Com a palavra, os órgãos de segurança pública do nosso Estado. 

*Da Editoria do Blog

Após denúncia, PM prende suspeitos portando ilegalmente arma de fogo

Por volta das 02h40min deste domingo, 27 de novembro de 2016, a Central de Operações do 4° BPM recebeu denúncia de que dois homens estariam portando uma arma de fogo e teriam ameaçado uma vendedora ambulante em frente à boate Dimpu's Club, localizada na Rua Ubaldo Figueira, Centro de Santana. 

Imediatamente, uma guarnição da Companhia de Rádio Patrulhamento Motorizado (CERPM) do 4° Batalhão da Polícia Militar de Santana, foi direcionada a fim de atender a ocorrência. Chegando no local, os policiais foram informados pela vítima, Sra Rosângela, que a denúncia era verídica e que os acusados estariam em um veículo táxi às proximidades. A equipe localizou o carro e determinou que todos os ocupantes deixassem o veículo, foi então que um dos acusados efetuou um disparo de arma de fogo dentro do carro. 

Neste momento, foi feita a abordagem e constatado que, além do motorista, haviam duas pessoas, e que uma delas, identificada como sendo o menor I. C. G, de 15 anos, o qual foi apreendido, estaria portando uma arma de fogo, tipo espingarda cal 28 com dois cartuchos, um deles deflagrado, acompanhado de NELISON COSTA GAMA, de 20 anos, que recebeu voz de prisão. 

Após recolher a arma de fogo e as munições, as partes foram conduzidas e apresentadas na 1° Delegacia do município de Santana. 

Informações da DRPI - 4°BPM

sábado, 26 de novembro de 2016

Atingindo por vários tiros, jovem é morto no bairro Nova Brasília

Por volta das 5 horas da tarde deste sábado (26/11) um jovem identificado pelo nome de Robson Henrique Silva Igreja, de 16 anos, foi assassinado com vários tiros, disparados por um homem ainda não identificado. 

O crime ocorreu na frente de uma residência situada na Rua Euclides Rodrigues, no bairro Nova Brasília. Robson Henrique ainda foi levado ao Hospital de Emergências de Santana, mas não havia mais o que fazer e o médico plantonista declarou seu óbito minutos após dar entrada naquela Unidade de Saúde. 

De acordo com testemunhas, a vítima estava na companhia de outras pessoas quando um homem, em uma motocicleta, passou e efetuou vários disparos, que o atingiram fatalmente. 

Robson, que já havia sido enquadrado no Artigo Penal 33 (tráfico de entorpecentes), foi recentemente detido por está envolvido na morte do jovem Thiago Kalleo, ocorrido no último dia 15 de novembro, numa área de ponte localizada entre os bairros Paraíso e Nova Brasília

Henrique: atingido por vários tiros
Segundo a Polícia Militar, ninguém conseguiu informar a placa, modelo ou cor do veículo. As equipes permanecem nas buscas.

Durante tentativa de roubo, homem é imobilizado por funcionários de joalheria em Santana

Por volta das 8h50min deste sábado (26/11), a Central de Operações do 4°Batalhão da Polícia Militar BPM) recebeu denúncia de que estaria ocorrendo um assalto a uma joalheria, localizada na esquina da Avenida Dom Pedro I com Rua Adálvaro Cavalcante, no bairro Central, em Santana. 

Imediatamente uma guarnição da Companhia de Trânsito e Turismo (CPTRAN/TUR) do 4° BPM foi direcionada a fim de atender a ocorrência. Chegando no local, os policiais foram informados pelo proprietário do estabelecimento e por testemunhas que um indivíduo, que se diz chamar Benedito Lobo, de 25 anos, teria tentado, de posse de uma arma de fogo, tipo revólver, e mediante grave ameaça, subtrair jóias e demais objetos de valor daquele local. 

Segundo o proprietário da joalheria, Sr Galeno, eles reagiram e conseguiram imobilizar o suspeito, bem como apreenderam a arma de fogo usada no delito. Em razão de terem travado luta corporal, foi necessário conduzir o Sr Benedito até o Hospital de Emergências de Santana, a fim de que passasse por cuidados médicos. 

Cerca de 20 minutos depois o acusado, vitima, testemunhas e arma de fogo, revólver calibre 38 com 6 munições intactas, foram conduzidos e apresentados na 1° Delegacia do município de Santana. 

Informações do DRPI - 4°BPM

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Acusado de assassinar estudante é apreendido pela Polícia de Santana

Luan Haesley foi morto dentro da escola
A Polícia Militar de Santana conseguiu localizar o menor acusado de assassinar à facadas Luan Haesley Gomes da Silva, de 18 anos, estudante da Escola Estadual Francisco Walcy, localizada no bairro Nova Brasília.  O crime aconteceu na tarde desta sexta-feira (25/11), na área interna da própria escola.

O acusado, de iniciais M.R.J.C. (também conhecido por populares como Mateuzinho), de 13 anos, estava escondido na casa de uma de suas tias, Sra Ângela Maria Jucá Guedes, também localizada no mesmo bairro onde fica a instituição de ensino citada durante o crime, e lá juntamente com a arma branca utilizada no ato infracional, o menor foi apreendido. 

Tendo feito os procedimentos de coleta de provas e demais informações, a equipe conduziu o adolescente e sua genitora para a Delegacia Polícia de Santana, a fim de apresentá-los à autoridade policial.

Delinqüente mata estudante dentro da Escola Francisco Walcy

Estudante morto dentro da escola
Por Paulo Rogério 

A Escola Estadual Francisco Walcy, localizada no bairro Nova Brasília, em Santana, foi palco de uma tragédia na tarde desta sexta-feira (25/11). Um adolescente de 13 anos, matriculado lá, esfaqueou o estudante Luan Haesley Gomes da Silva, de 18 anos, por volta das 14 horas, dentro do colégio. 

A vítima foi socorrida e encaminhada ao Hospital de Emergências da cidade, mas não resistiu e veio à óbito. A facada atingiu o tórax do estudante. 

De acordo com uma professora da escola, Luan tinha acabado de tomar água no bebedouro, quando foi surpreendido pelo infrator que sacou uma pequena faca de mesa e encravou no peito da vítima, que caiu ali mesmo. Mas ninguém sabe dizer o motivo do crime. 

O menor delinquente está sendo procurado pela polícia, pois empreendeu fuga logo depois de ter cometido o ato infracional. 

Luan frequentava o 1° Ano do Ensino Médio. Ele morava com parentes em Santana, no bairro dos Remédios, pois sua mãe reside no distrito de Lourenço, em Calçoene, onde ele nasceu. 

O diretor da escola, professor Luiz Nery, lamentou o ocorrido, destacando que o colégio já foi palco de momentos felizes para a comunidade santanense, contribuindo de forma positiva para o desenvolvimento de várias gerações de alunos que por lá passaram.

Ministério Público recebe novas denúncias de estupro atribuídas ao Guarda Portuário

Quatro novos casos de estupro a meninas com idades entre 09 e 13 anos foram atribuídos ao guarda portuário Samuel George Miranda, de 35 anos, preso no último dia 15 de novembro, em Macapá. 

As denúncias foram feitas ao Ministério Público Estadual (MP-AP), após o suspeito ter sido detido por suposta ameaça e estupro a uma adolescente de 14 anos, quando ela estaria seguindo para a escola, no município de Santana. Miranda permanece preso. 

O advogado Marcelino Freitas, que defende o guarda, disse que o cliente nega qualquer envolvimento sexual com outra menor de idade. Segundo ele, os casos teriam sido associados a ele por causa da grande repercussão da prisão dele. Freitas falou ainda que as outras supostas vítimas de abuso podem ter confundido o rosto do suspeito. 

"Nós, aqui da região Norte, temos uma composição muito parecida, e alguns têm a pele mais escura e é uma mistura de raças muito grande. De tanto a imagem dele ser repetida nesse caso inúmeras vezes, as supostas vítimas viram aquela figura e apontaram ele como suposto autor desses casos, mas isso não deve prosperar pois ele não deve nada", falou o advogado. 

Dos novos registros contra o guarda, dois foram em Santana (meninas de 9 e 12 anos) e outros dois em Macapá (meninas de 10 e 13 anos). De acordo com a investigação, o suspeito é morador da capital e vive frequentemente na cidade pois trabalha na Companhia Docas de Santana. 

As informações sobre os novos casos estão sendo monitoradas pela Promotoria de Justiça Criminal e do Tribunal do Júri de Santana. 

O promotor Anderson Batista de Souza disse que os demais registros são semelhantes ao que motivou a prisão do guarda, onde as vítimas são abordadas pelo carro do suspeito em via pública e são ameaçadas para entrar no veículo. 

"Ele teria se validado do carro dele, um carro branco, e abordava as meninas na rua mesmo. Com ameaça, faca ou gesticulação verbal, fazia com que essas crianças entrassem no carro, e as levava para algum lugar onde pudesse consumar o sexo. Todos os casos relatados foram de estupro, violência, grave ameaça e sem consentimento delas", relatou o promotor. 

O Ministério Público, porém, não confirma que o guarda seja o autor dos quatro crimes, mas acrescenta que em todos os casos as vítimas reconheceram o suspeito e o carro. A investigação aguarda por exames periciais e novos relatos das vítimas, segundo o promotor. 

Prisão em flagrante
Detido um dia após o suposto crime contra a adolescente de 14 anos, o guarda chegou a negar ter tido relação sexual com a menina, mas exame pericial atestou o sexo. Após ser confrontado com as imagens de câmeras de segurança que o mostram deixando a vítima em frente a escola, ele mudou a versão e admitiu que esteve com a jovem, diz a Polícia Civil. 

A prisão preventiva foi decretada pela juíza Michelle Costa Farias. Ele confessou em audiência que esteve com a menina, depois de vê-la e oferecer-lhe carona. Segundo o suspeito disse em depoimento, a jovem teria entrado no carro dele "sem nenhuma resistência" e teria praticado "sexo oral espontaneamente", detalhou a polícia. 

"Não houve nenhuma abordagem violenta, o suposto suspeito e a suposta vítima já se conheciam e tinham um breve relacionamento. Ele ofereceu uma carona e ela aceitou de pronto. Vinham conversando e ela foi quem se insinuou ao meu cliente", defende o advogado. 

A vítima negou as alegações na delegacia e contou que foi abordada durante a manhã pelo suspeito, a caminho da escola, e que somente entrou no carro após ter sido ameaçada com uma faca. A menina disse, ainda no depoimento, que o guarda a teria levado para a área do Distrito Industrial de Santana, onde a teria forçado praticar sexo dentro do carro. O guarda negou que tenha havido penetração, mas admitiu o sexo oral. 

Nota: Originalmente postado no G-1 Amapá

Novos equipamentos médicos: Unidades de Saúde de Santana são beneficiadas com R$ 2 milhões

No decorrer da semana passada, o chefe do Executivo Municipal de Santana esteve recebendo vários materiais e equipamentos destinados à área da saúde municipal, totalizando um investimento aproximado de R$ 2 milhões de reais. 

Sendo assim, o prefeito Robson Rocha buscou conferir in loco, na última sexta-feira (18) todo o aparato de material recebido, visando garantir com que a entrega de tais mobiliários de uso clínico e administrativo seja distribuído nos próximos dias nas unidades de saúde do município. 

Alguns dos equipamentos foram: biombos, macas ginecológicas, eletrocardiogramas, monitores cardíaco, suportes para coleta, cadeiras para coleta de exames, aparelhos de raio X, geladeiras, computadores, armários tipo “arquivos”, armários vitrine, armários de aço com 02 portais, 10 Centrais de Ar (de 12.000 BTU’s e 24.000 BTU’s), impressoras convencionais, impressoras multifuncionais, bebedouros, esteiras elétricas, bicicletas elétricas, aparelhos de PA, estetoscópios, macas com armários embutidos, macas com rodízios, longarinas de 03 / 05, prancha para primeiros socorros, carros de emergências, carros auxiliares de curativos, lixeiras de alumínio de 03/ 05 e 20 litros, bombas a vácuo, cadeiras odontológicas, entre outros. 

Todos esses materiais – tanto de uso clínico, médico-hospitalar e até administrativo – serão entregues: na Policlínica Drº Alberto lima (bairro Daniel), Centro de Diagnóstico da Mulher (bairro portuária), nas UBS Floriano Rego, Antônio Sirieiro, Igarapé da Fortaleza, Ilha de Santana, Iacy Alcântara, no Parque das Laranjeiras, na Piçarreira, Elesbão, Paraíso, Foz do Vila Nova, Anauerapucu, Igarapé do Lago e no Laboratório Municipal (bairro Fonte Nova). 

Também serão entregues oftalmoscopio, dermatoscopio, detector fetal, lanterna clínica, seladora, suporte para soro, leito, oxigênio. 

Além de outros equipamentos como bicicletas e esteiras que irão, para o Centro de Reabilitação Mário Tavares (ao lado do Hospital Estadual de Santana), que será inaugurado, até o final do ano. 

Assessoria de Comunicação/PMS

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

4° Batalhão de Santana encerra ano letivo do PROERD

Aconteceu na manhã desta quinta-feira, 24/11, na quadra do Ginásio Poliesportivo de Santana, a solenidade de encerramento do ano letivo do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (PROERD). 

O programa, que é desenvolvido pela Polícia Militar do Amapá, em parceria com as escolas e as famílias dos alunos, completa 13 anos de implantação, num total de 24.324 alunos atendidos. 

O evento contou com a presença do Comandante Geral da Polícia Militar do Amapá (PMAP), Coronel José Carlos Corrêa de Souza; do Comandante do 4° Batalhão da Polícia Militar em Santana Tenente-Coronel Aldinei, bem como um seleto time de instrutores que integram o PROERD, além de familiares dos formandos e a comunidade em geral. 

Na oportunidade foi feita a entrega das premiações aos alunos vencedores do Concurso de Redação PROERD-2016 (nas 03 primeiras colocações), além de apresentações individuais e peças teatrais. 

O PROERD, implantado no Estado do Amapá em 2002, constitui uma medida preventiva e complementar às ações de repressão ao uso indevido de drogas no Estado, sendo uma forma de atuação da PMAP voltada para a prevenção ao consumo de drogas e a violência. 

Autoridades compondo a Mesa de Premiação do Proerd
Ao longo desses 13 anos de empenho social, já foram mais de 23 mil crianças, adolescentes e pais de alunos, das escolas da rede pública e particular de ensino dos municípios de Macapá, Santana, Mazagão, Porto Grande, Ferreira Gomes, Cutias e Oiapoque. 

O Programa também enfatiza as vantagens de um estilo de vida isento das drogas e violência, mostrando aos alunos estratégias alternativas para a solução de conflitos, valorizando os fatores de proteção e resistência, além de procurar estreitar o relacionamento com os pais e a comunidade em geral.

Vara da Infância de Santana organiza nova blitz contra crimes sexuais às crianças e adolescentes

Nesta sexta-feira (25/11), a Vara da Infância e Juventude da Comarca de Santana realizará mais uma blitz educativa de prevenção e de sensibilização comunitária para a vigilância e combate aos crimes sexuais contra crianças e adolescentes. A ação ocorrerá em frente ao Fórum da Comarca de Santana, a partir das 8 horas. 

Esta será a quarta edição, deste ano, da blitz educativa com o tema “Prevenção ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” com o objetivo de alertar a população do município sobre o grave aumento de casos de crimes sexuais cometidos contra crianças e adolescentes. 

“É preocupante o número de crianças, em sua maioria do sexo feminino, violadas sexualmente todos os dias. E o pior é que os principais abusadores estão, em boa parte das vezes, dentro de casa. São pessoas próximas às crianças e adolescentes, que se aproveitam dessa intimidade para cometer o crime”, explicou a juíza titular da Vara da Infância e Juventude de Santana, Larissa Noronha Antunes. 

A ação é de iniciativa da Vara da Infância de Santana, em cooperação com a equipe do Comissariado da Infância e Juventude, Secretaria Municipal de Ação Social, CREAS, CRAS, Polícia Militar, Conselho Tutelar e Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito. 

Para denunciar crimes e exploração sexuais contra crianças e adolescente em Santana ligue: 0800-285-1581 ou envie mensagem pelo whatsapp: (96) 98414-0423.

Jovem morre atingido por dois tiros

(Por Paulo Rogério) 

Um jovem de 21 anos, identificado pelo nome de Everton Pinheiro de Almeida, conhecido entre os amigos pelo apelido de "Pimpolho", foi assassinado a tiros por volta das 04:30hs da madrugada desta quinta-feira (24/11) na Rua Costa e Silva, Bairro dos Remédios. 

De acordo com populares, pouco antes do assassinato, Everton teria se envolvido em uma confusão quando estava em um bar do bairro Nova Brasília. Depois disso, dois homens e uma mulher teriam saído em sua perseguição. 

Uma das irmãs da vítima relatou que sua mãe teve uma arma apontada para a cabeça e que o trio perguntava pelo paradeiro do jovem. Depois disso, a mulher e os dois homens entraram em um carro e tomaram rumo ignorado. Momentos depois a família recebeu a notícia: Everton estava morto, atingido por um tiro na cabeça e outro no tórax. 

Testemunhas contam que a vítima foi atingida pelos disparos quando descia da garupa de uma motocicleta. 

Até a manhã desta quinta-feira (24) a Polícia Militar de Santana ainda não tinha prendido nenhum dos suspeitos.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Transição do Executivo Municipal busca avaliar condições a serem tomadas a partir de 2017

Prefeito Robson (esq.) e o prefeito eleito Ofirne
Desde a última segunda-feira (21/11) vem acontecendo um intenso trabalho de avaliação da administração municipal em Santana, tudo por conta das equipes de transição do Executivo que estão verificando o andamento de cada pasta (secretaria ou órgão municipal) do setor público. 

Em recente reunião entre presidida por Robson Rocha e Ofirney Sadala – o atual e o prefeito eleito, respectivamente – ficou acertado que a processo de transição seguiria em passos coerentes e legais, conforme determina a legislação. 

“A transição iniciou de forma tranquila e o atual prefeito, junto sua equipe, tem dado atenção necessária à equipe do prefeito eleito para que os trabalhos sigam da melhor forma possível”, disse Maira Carvalho, que faz parte da equipe de transição. 

Membros que integram a equipe de transição do novo prefeito
Segundo Maira, cada membro pertencente à equipe carrega a plena responsabilidade de fazer um minucioso levantamento técnico e administrativo do setor, para que ainda esse ano seja apresentado à população as condições que estão sendo recebidos os setores administrativos do município.  

“Cada membro tem sua própria equipe técnica para discutirem juntos sobre todas e quaisquer informações que são repassadas”, explicou. 

Novo Vice-prefeito Neném comenta sobre a transição
Equipe
A equipe de transição, nomeada pelo prefeito eleito Ofirney Sadala, é composta de treze (13) pessoas altamente qualificadas e de confiança pública do novo gestor, na qual deixou claro que tais indicações se baseiam, principalmente, nos “princípios constitucionais da publicidade, da moralidade e da eficiência”. 

Os profissionais envolvidos na transição do Executivo são: 

1 – Gabinete Municipal: Maira Nascimento de Carvalho
2 – Procuradoria Municipal: Leivo Rodrigues dos Santos
3 – Administração (Semad): Marcelo Victor Miranda
4 – Fazenda (Semfa): Mário Kenndey da Conceição Sadala
5 – Saúde (Semsa): Alberto da Silva Negrão
6 – Educação (Seme): Francinete Cardoso Lobato
7 – Assistência Social (Semasc): Diana Chagas Pinto Castelo
8 – Sanprev: Vania Regina Ferreira de Figueiredo
9 – Semdures: Lindemberg Araújo Mota
10 – Obras (Seminf): Maria Darc Marques
11 – Agricultura: Francisco Rozivaldo Ribeiro de Oliveira
12 – STTrans: Ricardo Pereira dos Santos Júnior
13 – Docas de Santana (CDSA): José Antônio Soares Garcia

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Santana é reconhecida com o “Selo UNICEF Município Aprovado”

O UNICEF divulgou no final da tarde desta segunda-feira (21/11), a lista dos municípios da Amazônia Legal que serão reconhecidos com o “Selo UNICEF Município Aprovado” na Edição 2013-2016. 

O Selo é a contribuição do UNICEF para o cumprimento da “Agenda Criança Amazônia”. Ele parte do princípio de que cada município da Amazônia pode fazer muito pelas crianças e pelos adolescentes. 

“Se cada município transformar os direitos da criança numa prioridade local, certamente a região vai dar um salto importante na conquista de um presente e de um futuro mais digno e sustentável”, explicou seus coordenadores, através de seu site oficial. 

Nesta 2ª edição, mais de 610 municípios de nove Estados Brasileiros se inscreveram, todos localizados no Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. Porém, desse número de inscritos, somente 191 municípios serão reconhecidos com o Selo, pelo fato de terem melhorado seus indicadores de progresso social, onde realizam ações estratégicas que resultam numa qualidade social mais positiva para as crianças e adolescentes residentes nessas regiões. 

Para conquistar o Selo, o gestor municipal deveria aderir a iniciativa, nomear um articulador e desenvolver a metodologia proposta. Na Programação Anual de Metas (PAM), os municípios deveriam pontuar nos três eixos: o Eixo de Impacto Social, eixo de Gestão de Políticas Públicas e o eixo de Participação Social. 

Além disso, também era obrigatório a realização dos 02 Fóruns comunitários, e formar um Comitê Interssetorial Municipal. 

No Estado do Amapá, quatro municípios foram reconhecidos com o Selo UNICEF que são; Macapá, Santana, Calçoene e Vitória do Jarí. 

Mais detalhes sobre o Selo UNICEF
O Selo UNICEF Município Aprovado é uma iniciativa para melhorar as condições de vida das crianças e dos adolescentes no Semiárido e na Amazônia Legal Brasileira, áreas que concentram o maior número de meninos e meninas em situação de vulnerabilidade. 

Parceiros envolvidos no reconhecimento do Selo
A iniciativa vem contribuindo para que o Brasil alcance os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) relacionados à população de até 17 anos, reduza as disparidades regionais e avance na universalização dos direitos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente. 

A metodologia combina capacitação de atores municipais, aprimoramento dos mecanismos de gestão local e mobilização social, com ampla participação comunitária, principalmente dos adolescentes. 

A 1ª experiência do Selo UNICEF ocorreu no Estado do Ceará, em 1999, onde foram realizadas três edições estaduais. Em 2005, o Selo foi ampliado para todo o Semiárido e, em 2009, para a Amazônia Legal Brasileira. 

Em 2013, 1.745 municípios do Semiárido e da Amazônia inscreveram-se na atual edição do Selo UNICEF Município Aprovado Edição, que se encerra em 2016. 

Os municípios que se inscrevem no Selo são agrupados de acordo com sua realidade socioeconômica e assumem o compromisso de elaborar um diagnóstico participativo da situação de suas crianças e seus adolescentes e um Plano Municipal de Ação para enfrentar os principais problemas que afetam meninas e meninos.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Justiça Eleitoral rejeita parcialmente prestação de contas do prefeito eleito Ofirney Sadala e do vice

Prefeito eleito Ofirney Sadala (dir.) e o vice Neném
O juiz da 6ª Zona Eleitoral da Comarca de Santana Normandes de Souza, intimou o prefeito eleito de Santana, Ofirney da Conceição Sadala (PSDC) e o seu vice-prefeito eleito, Francisco Rozivaldo Ribeiro de Oliveira, o “Neném do Frango” (PV), para que no prazo de 72 horas após serem notificados, possam sanar irregularidades e falhas detectadas na prestação de contas referente ao processo nº 569-34.2016.6.03.0006. 

No despacho do juiz eleitoral, publicado no Diário de Justiça Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AP), do último dia 18 de novembro, verificou-se que a Coordenadoria de Controle Interno (CCI) do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AP), detectou diversas irregularidades na prestação de contas de Ofirney Sadala e Neném do Frango. 

Dentre as diversas irregularidades encontradas pela CCI do TRE em relatório, está o aluguel de um ônibus que teria sido cedido por uma apoiadora de Ofirney Sadala. 

“O Contrato de Locação (fl. 46) evidencia que o veículo Ônibus Volkwagen, Placa NEO 2289 foi locado por Ana Cristina Cardoso Campos e cedido para a campanha do candidato, no valor estimável de R$ 4.000,00, conforme recibo eleitoral (fl. 43) e termo de cessão de veículo (fl. 44), a doadora não é proprietária do veículo cedido, contrariando o disposto no inciso II do art. 18 da Resolução TSE nº 23.463/2015,” diz trecho do relatório assinado pelo técnico judiciário Salvador Gomes de Souza. 

Outra irregularidade detectada pela Justiça Eleitoral está na cessão de bens do apoiador Romário Costa Correa ao candidato Ofirney Sadala, cujo valor estimável chega a R$ 7.500, segundo relatório do CCI do TRE-AP. 

Não foram apresentados os documentos que comprovam que os bens cedidos para a campanha do candidato por Romário Costa Correa, no valor estimável de R$ 7.500,00, conforme recibo eleitoral fl. 69 e termo de cessão fl. 70, pertencem ao doador, contrariando o disposto no inciso II do art. 18 da Resolução TSE nº 23.463/2015. 

Os técnicos do TRE também encontraram irregularidades na locação de um imóvel pertencente a apoiadora Benedita Cardoso da Rocha, que foi utilizado por Ofirney Sadala durante o período eleitoral, conforme se verifica relatório do CCI do TRE-AP. 

“Não foi apresentado o documento (recibo de compra e venda ou escritura pública) que comprove que o imóvel cedido para a campanha do candidato por Benedita Cardoso da Rocha, no valor estimável de R$ 800,00, conforme recibo eleitoral fl. 77 e termo de cessão fl. 78, pertence a doadora, contrariando o disposto no inciso II do art. 18 da Resolução TSE nº 23.463/2015,” diz trecho do relatório do CCI do TRE. 

Além disso, diz o relatório que “o batimento realizado pelo do sistema SPCE-WEB evidenciou que houve realização de despesas após a concessão do CNPJ de campanha, ocorrida em 15/08/2016, mas antes da abertura da conta bancária específica de campanha, ocorrida em 18/08/2016, contrariando o disposto no art. 30 da Resolução TSE nº 23.463/2015. 

Na manhã desta segunda-feira (21/11), durante uma entrevista por telefone ao programa Santana em Debate, da rádio 105.9 FM, o prefeito eleito Ofirney Sadala, declarou que todas as falhas e irregularidades são sanáveis e que serão resolvidas, mas que ainda não tinha conhecimento total do despacho do juiz eleitoral e que ainda não tinha sido notificado dos fatos. 

Informações surrupiadas do blog do Heverson Castro

Reformado, novo prédio da Promotoria de Santana possui adaptações com acessibilidade

Dando continuidade a um amplo projeto de modernização dos prédios do Ministério Público do Amapá (MP-AP), o procurador-geral de Justiça, Roberto Alvares, fez a entrega oficial, na manhã desta sexta-feira (18/11), da reforma geral e ampliação da Promotoria de Justiça de Santana, na sede do segundo maior município do Estado. 

Na entrada do prédio foi construída uma passarela com cobertura e acessibilidade aos espaços internos que foram todos reorganizados, como as salas das Promotorias de Justiça Cíveis, Criminal e Eleitoral. 

O Gabinete Militar com sala de monitoramento, auditório com cabine de som, protocolo com arquivo, depósito, área de serviço com banheiros e vestiários fazem parte da nova estrutura que contou ainda com revisão nas instalações elétricas, hidrossanitárias, rede lógica, circuito fechado de televisão, dentre outras melhorias como revisão da cobertura e pintura geral. 

A diretora-geral e presidente da Comissão de Obras do MP-AP, promotora de Justiça Ivana Cei, agradeceu e parabenizou a equipe responsável pela reforma e adequações da estrutura física que visa proporcionar melhores condições de trabalho aos membros e servidores, bem como um atendimento mais adequado à população. 

“Esta obra é mais uma grande realização da administração do Ministério Público que visa dar mais comodidade e prazer a todos aqueles que trabalham na instituição, e também Promotora de Justiça Gisa Chaves é a melhor forma de receber as pessoas, o que é muito importante, porque o MP-AP se torna forte a partir do momento em que a população passa a entrar em contato diretamente com a instituição. Agradeço à equipe da Comissão de Obras e à Dra. Gisa Veiga pela colaboração para finalização do Complexo de Santana”, destacou Ivana Cei. 

“Hoje estamos fechando um ciclo aqui na Promotoria de Santana na administração do PGJ Roberto Alvares com a entrega do prédio principal do Complexo Cidadão. Uma estrutura ampla que trouxe mais conforto com gabinetes e secretarias maiores, e que trouxe o atendimento de algumas demandas nossas, como a Promotoria Eleitoral e o espaço reservado para o Núcleo de Práticas Restaurativas, que é um projeto coordenado pela Dra. Silvia Canela que atende todo o Estado. Acima de tudo, esse é um prédio com acessibilidade a todos os cidadãos”, manifestou a promotora de Justiça Gisa Veiga, coordenadora da Promotoria de Santana. 

Representando o governador Waldez Góes, o subprocurador-geral do Estado, Juliano Cesar Avelar, parabenizou o Ministério Público por disponibilizar mais um espaço estruturado para atendimento ao cidadão amapaense. 

“Ainda que despretensiosamente, a obra de cada um está sendo realizada. Esta obra é de nós todos. É um esforço coletivo econcentrado (...). É um dever e obrigação de qualquer procurador-geral oferecer melhores condições de trabalho aos membros e servidores, e a melhor recepção à coletividade”, disse o PGJ, manifestando também a sua felicidade pelo trabalho realizado e finalizou agradecendo a todos. 

Foram convidados para o descerramento da placa e desenlace da fita inaugural o subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Administrativos e Institucionais, Márcio Augusto Alves; a subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, Estela Sá; o chefe de gabinete da PGJ, João Paulo Furlan; o presidente da Associação dos Membros do Ministério Público do Amapá (AMPAP), José Cantuária Barreto; a diretora do Fórum de Santana, juíza Michele Farias; o representante da Capitania dos Portos do Amapá, capitão de corveta Agnaldo Franco; o comandante do Batalhão Ambiental da PM, tenente-coronel Protásio Caldas; e os promotores de Justiça de Santana: Miguel Angel Ferreira, Silvia Canela, Adilson Garcia, Anderson Souza Ricardo Ferreira e Horácio Coutinho. 

O evento encerrou com a apresentação do Coral do MP-AP, no auditório, e visitas às novas instalações da Promotoria de Santana.

Mulher mata jovem que se negou a dar bebida para ela

Um jovem de 17 anos, identificado como Ecleidson Souza da Silva, foi assassinado com uma facada no coração por uma mulher de 28 anos. 

Segundo a Polícia Militar, por volta de 01:30hs da madrugada desta segunda-feira (21/11) o jovem estava se divertindo com amigos em uma residência localizada na Rua do Canal, próximo à Avenida Coelho Neto, no bairro Paraíso, quando foi abordado pela acusada Elen Catarina dos Santos, que chegou pedindo bebida. 

O rapaz se negou a dar o copo para ela, gerando uma discussão entre eles. Elen puxou uma faca e cravou no corpo da vítima, atingindo seu coração. Ele morreu na hora. 

O 4º Batalhão da Polícia Militar foi acionado por populares e uma equipe conseguiu prender a mulher que foi encaminhada para a 1ª Delegacia de Polícia de Santana, onde foi flagranciada. 

Reportagem de Paulo Rogério

domingo, 20 de novembro de 2016

Em trecho sinalizado, motoqueiro morre em acidente de trânsito

Agentes do 4º Batalhão da Polícia Militar foram acionados na manhã deste domingo (20/11) para atenderem uma ocorrência de acidente de trânsito na Rua Cláudio Lúcio Monteiro, nas proximidades da antiga entrada de carretas da fábrica da Amcel. 

Ao chegarem no local, onde já havia uma viatura policial isolando a área, foi logo confirmado que a vítima já tinha ido à óbito. 

Identificada pelo nome de Andrevany Lopes Albuquerque, de 32 anos, este conduzia em sua moto Honda, seguindo no sentido Vila Amazonas- Centro, quando acabou sendo atingido por um veículo da marca Ford Courrier, no cruzamento da Avenida Maria Colares com a Rua Cláudio Lúcio Monteiro. 

De acordo com informações, o motorista da Courrier evadiu-se do local logo após o acidente fatal, sem prestar o socorro necessário. 

Através de consulta feita pela Polícia, foi constatado que o veículo pertence a uma empresa instalada na área portuária de Santana e estando com a documentação (veículo) em atraso. 

Apesar do trecho em questão ser bastante sinalizado, a Courrier não teria parado no local estabelecido, vindo a atingir a moto conduzida por Andrevany, que ficou preso entre o carro e sua motocicleta, vindo a falecer instantaneamente. 

Parentes da vítima chegaram no local do acidente, e informaram que o mesmo estava prestando serviço como segurança de eventos e naquele retornava para sua casa quando foi pego de surpresa no fatídico. Os dois veículos (motocicleta e carro) foram recolhidos para o pátio do Detran.

sábado, 19 de novembro de 2016

Estelionatários prometiam ingressar jovens em Academias Militares

Agentes que integram a Companhia Especializada em Rádio Patrulhamento Motorizado (CERPM) do 4° Batalhão da Polícia Militar, efetuaram na manhã deste sábado (19/11), a prisão dos nacionais Rodrigo Barbosa Bastos, de 25 anos, e Railson Ferreira Valente, de 34 anos. 

Os citados estão sendo acusados de terem recebido dinheiro de algumas pessoas sob a promessa de auxiliar estas no ingresso em Academias Militares, ou seja, instituições de ensino militar cujo processo seletivo se dá através de concurso público, no qual não se admite mecanismos de entrada através de agenciadores ou recrutadores. 

Desconfiados, alguns pais de alunos, que passaram por esta suposta seleção, entraram em contato com a Central de operações do 4° BPM e informaram que os mesmos estariam na manhã de hoje realizando novas seleções na escola estadual Augusto Antunes, por volta das 09h00min. 

Chegando no local, a equipe de policiais fez contato com algumas vítimas e deu voz de prisão a dupla e, em seguida conduziu estes até a 1° delegacia de Polícia Civil de Santana, a fim de serem apresentados ao delegado plantonista. 

Segundo a mãe de um aluno: “Eles prometiam que quem pagasse a quantia de 80 reais teria oportunidade de ingressar em uma escola militar de sua preferência, mas no final não foi isso que aconteceu”. 

Já os acusados, alegam total licitude nos procedimentos que realizaram, porém, não apresentaram nenhum documento que os vincule a quaisquer instituições de ensino militar do país. 

Informações do DRPI (4° BPM)

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Vereador reeleito em Santana é cassado pela Justiça Eleitoral

Ver. Anderson Almeida (DEM): cassado por 08 anos
O vereador santanense Anderson Almeida (DEM), reeleito ao cargo do legislativo local nas últimas eleições, com mais de 1.200 votos válidos – teve o seu registro de candidatura cassado pela Justiça Eleitoral do Amapá. 

A sentença foi expedida na última quarta-feira (16/11) pelo Juiz Normandes Antônio de Souza, da 6ª Zona Eleitoral do município de Santana, mas somente divulgada na tarde desta sexta-feira (18). 

De acordo com a sentença, o juiz eleitoral não cassou o registro do candidato por crime de captação ilícita de sufrágio, mas sim, pelo uso abusivo do poder econômico. 

A denúncia havia sido recebida pelo Ministério Público Estadual no último dia 27 de setembro, apontando a participação material e financeira no edil na construção de um galpão de estrutura metálica na região da Área Portuária de Santana (no local também denominado “Porto do Açaí”), em meados do mês abril e maio deste ano. 

O referido galpão serviria para proteger as pessoas do sol e da chuva. Os serviços e a estrutura metálica custaram R$ 18 mil, pagos pelo vereador. 

O juiz Normandes ficou entendido que a construção do novo galpão – praticamente coordenado pelo vereador em questão – desequilibrou as eleições 2016 em termos de votação, decidindo pela cassação do registro da candidatura do edil e pela inelegibilidade pelos próximos 08 anos. 

A assessoria jurídica do vereador já adiantou que providências legais serão tomadas ainda na próxima para garantir a integridade política do edil. 

Caso a cassação se mantenha de maneira definitiva pela justiça eleitoral, a vaga será assumida pelo suplente Adelson Rocha, que obteve quase 1.000 votos. Anderson foi o 7º vereador mais votado nas eleições de 2016, contendo 1.208 votos.

Sem tendas, população aguarda atendimento bancário sob sol escaldante em Santana

População aguarda debaixo de sol escaldante Desde a semana passada que centenas de pessoas enfrentam duas grandes batalhas ao procurar...