Natural de Santana, professor tem três projetos aprovados e reconhecidos por entidades federais

Francisco teve projetos aprovados nacionalmente
Mais um amapaense se destaca no cenário nacional: Francisco Santos Borges, um respeitado professor nas disciplinas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Literatura e Redação, escreveu seu nome por conhecidas entidades de ensino do Estado do Amapá.

Entre as escolas estaduais estão: Pedro Caldas Batista (Munguba), Professor Antônio Gomes Moreira Júnior (Vila do Planalto) e Mineko Hayashida (todas elas na região rural do município de Laranjal do Jarí), de onde partiria dali o seu reconhecimento em âmbito nacional ao colocar em desenvolvimento três (03) projetos na área de Educação. 

Projetos que em meados de setembro de 2017 acabaram sendo apresentados e posteriormente aprovados pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), além de outro projeto que também foi aprovado pela Universidade Tecnológica Intercontinental. 

Durante Simposio em Santana
Por conta da aprovação desses trabalhos, o ilustre – nascido e criado na segunda maior cidade do Amapá – seria escolhido para representar o seu Estado Brasileiro para o segundo ano consecutivo no III Encontro Amazonense de professores de Línguas e Literatura (III ENPROLL), que ocorreu no período de 25 a 28 de setembro de 2017. 

O evento acontece desde 2015, tendo como um de seus propósitos a atualização e a constante valorização do professor, bem como a necessidade de busca pela melhoria na qualidade da Educação Básica e do Ensino Superior na Amazônia brasileira. 

Outro objetivo do evento é também dar oportunidade aos professores de Língua Portuguesa, Libras e Língua Estrangeira Moderna que atuam no ensino básico de compartilharem idéias e vivenciarem a formação continuada, por meio do aprofundamento no conhecimento do processo metodológico de sala de aula. 

Recentemente, o professor esteve participando do I Simpósio Internacional de Educação em Santana, ocorrido em sua cidade natal, onde foi escolhido como melhor apresentador de Artigo.

Comentários

  1. Admirável atitude dos responsáveis pelo blog em compartilhar esta notícia de cunho educacional. Os projetos acima mencionados são executados com alunos das escolas Pedro Caldas Batista na Vila Munguba, São Miguel na comunidade de São Miguel e Mineko Hayashida em Laranjal do Jari. Percebo que ao desenvolver as etapas este alunado se transforma e evolui no que se trata de aprendizado, adquirindo mais conhecimento.
    Agradeço aos que se interessam e somam com estes ideais, em especial minhas diretoras, Marilene, Osiane e Valmery Rêgo.
    Deus abençoe-os!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas