Durante recesso, Câmara de Santana anuncia nova eleição da Mesa Diretora e deixa vereadores indignados

Edital de eleição foi lançado no recesso
Nem sequer começou os trabalhos do legislativo santanense nesse segundo semestre de 2017 e mais um fato envolvendo a atual presidência daquela Casa de Leis já está dando o que falar. 

Dessa vez a polêmica estaria sobre o anúncio e a realização de uma nova eleição para a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Santana referente ao biênio 2019/2020.

Segundo informações que circulam nos “bastidores” do legislativo local, com apenas sete meses à frente da presidência da Casa, a vereadora Helena Lima (PRP) consentiu espontaneamente pela realização dessa nova eleição interna. 

Edital em recesso 
Apesar de respeitar o que determina um dos artigos existentes no Regimento Interno da Câmara de Vereadores de Santana, que concede o livre árbitro de solicitar a realização de uma nova eleição interna – mesmo estando há pouco tempo na gestão – o que chamou a atenção de alguns edis foi a data da publicação do Edital. 

Uma chapa se inscreveu
Segundo consta no documento (que pode ser publicamente lido no mural de entrada da Câmara santanense), o Edital para a realização da eleição da Mesa Diretora foi oficialmente expedido na tarde da última quinta-feira (27 de julho), ou seja, durante o período de recesso em que o legislativo se mantem afastado de suas atividades parlamentares. 

“Sem ninguém saber ao certo, ela (a presidente da Câmara) publicou o Edital e montou uma chapa para concorrer ao pleito. Tudo bem que queira uma nova eleição, mas agir durante o recesso, não está favorecendo outras chapas de se candidatarem a tempo”, disse um vereador de Santana, que preferiu não se identificar. 

Conforme segue no Edital, o prazo para que novas chapas de inscrevam encerra no prazo de sete dias a partir da data de lançamento da eleição. Ou seja, como o Edital foi lançado no último dia 27 de julho, o prazo para que novas chapas participem do certame se encerra no próximo dia 03 de agosto (quinta-feira). 

“As chances de haverem outras chapas para concorrerem são mínimas, com certeza muita gente não sabe do concurso”, disse o vereador. 

Indignados 
O lançamento desse novo Edital no legislativo santanense pegou de surpresa diversos vereadores que integram a base de apoio do prefeito de Santana Ofirney Sadala, que se viram indignados com uma atitude considerada até mesmo “indecorosa”. 

Atual presidente Helena Lima
O fato chega a ser tão surpreendente que, de acordo com informações, a única chapa inscrita para eleição da Mesa Diretora já teria garantido o apoio de cerca de 70% dos edis – ou de pelo menos 10 vereadores que se mostraram favorável com a aprovação da atitude da atual presidência da Casa – não dando tempo suficiente para que uma 2ª chapa viesse a ser formada. 

“A antecipação de uma nova eleição na Câmara, com apenas sete meses de mandato, não está sendo apenas precoce, mas também muito imoral para a sociedade que ainda não viu bons resultados das ações dessa legislatura”, declarou. 

A atual presidência da Câmara de Vereadores de Santana foi procurada nesta segunda-feira (31/07) pelo blog para tratar dessa nova eleição, mas fomos informados que a direção da Casa ainda cumpria o período de recesso.

Comentários

Postagens mais visitadas