Iluminação Pública: Iniciado o projeto “Santana às Claras”

A Prefeitura de Santana, através da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Serviços Urbanos (Semop), deu início na última quarta-feira (21/06) à primeira fase do projeto Santana às Claras, que consiste na realização de melhorias no sistema de iluminação pública da cidade. 

A substituição de luminárias e lâmpadas das ruas, avenidas e demais logradouros públicos começou a ser feita na Avenida Santana e se estenderá pela Rua Cláudio Lúcio Monteiro, até o Igarapé da Fortaleza, além das ruas Adálvaro Cavalcante, Ubaldo Figueira e Salvador Diniz. 

A ação está sendo realizada graças à uma parceria entre a Prefeitura e a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), que está disponibilizando para o município cerca de R$ 300 mil em material, e uma equipe de profissionais, com engenheiro e técnicos para realizarem o serviço. 

O secretário de Obras Públicas e Serviços Urbanos, Juscelino Alves, assegurou que a Prefeitura cumprirá o cronograma e, nesta primeira fase, vai iluminar as principais vias do município no prazo de até 90 dias. 

Entre os materiais que a CEA está disponibilizando para a Prefeitura estão cerca de 1300 lâmpadas, 900 luminárias e 900 braços. 

O secretário adiantou que a PMS já está providenciando a licitação para as empresas que tiverem interesse em participar no certame. É a empresa vencedora que vai ser efetivamente a responsável pelos trabalhos de iluminação da cidade. 

Por enquanto, essa equipe da CEA e da PMS irá apenas substituir as luminárias, os reatores e os braços danificados. 

“Começamos os serviços pela Avenida Santana, por ser uma via bastante frequentada pela população, que no período noturno costuma utilizá-la para a prática de esportes, caminhadas, academias, entre outros”, justificou o secretário. 

A meta da Prefeitura é repor as lâmpadas apagadas no mais curto espaço de tempo, contribuindo com a estética, a paisagem e, principalmente, com a segurança da população.

“Uma cidade iluminada movimenta o comércio, favorece o lazer e diminui a violência”, concluiu Juscelino. 

Vale lembrar que o Plano de Ação para iluminar Santana abrange todas áreas da cidade, incluindo os bairros periféricos. A Prefeitura prevê que os serviços devam ser concluídos por um período de pelo menos 1 ano.

Comentários

Postagens mais visitadas