Sem água há dois dias, pacientes reclamam das condições que atravessam no Hospital de Santana

Pacientes internados na maior Unidade de Saúde pública de Santana alegam estarem atravessam por momentos difíceis, tudo em razão da falta de água no local que, segundo os mesmos, desde a noite da última quarta-feira (22/03) estão providenciando pelo produto através de fornecimento externo. 

“Uma vergonha não ter uma gota de água nesse hospital. Minha mãe precisou comprar mais de dois garrafões custando até R$ 12, o que é obrigação do Estado”, assim desabafou uma paciente através das redes sociais sobre a situação. 

O blog tomou conhecimento de que uma bomba indutora de 6HP – responsável pela sucção da água para o Hospital de Santana – apresentou problema nessa quarta-feira, obrigando a diretoria do Hospital a providenciar outra bomba, porém de potência menor que vem apenas suprindo a demanda emergencial do local. 

“Pela manhã dessa sexta-feira (24) já estaremos corrigindo o retorno da antiga bomba e com certeza normalizar o fornecimento de água para todo o hospital”, garantiu o administrador do hospital.

Comentários

Postagens mais visitadas