Reunião define melhorias no sistema de transporte coletivo de Santana

O superintendente de Transporte e Trânsito de Santana, Josiney Alves, participou na manhã desta quinta-feira, 23/02, de uma reunião na Câmara de Vereadores, para tratar sobre o sistema de transporte coletivo do município de Santana. 

Também estiveram presentes na reunião o líder do governo municipal na Câmara, vereador Genival Oliveira, o proprietário da empresa Sião Thur, Décio Santos, e o diretor de Transportes da Secretaria de Transportes do Estado, Andrey Rego. 

De acordo com o superintendente da Sttrans, tão logo assumiu o cargo, em primeiro de janeiro deste ano, detectou que a empresa não vinha cumprindo o contrato de concessão assinado em 2007, que prevê o atendimento em oito linhas integrando praticamente todos os bairros de Santana, através de dez veículos. 

Segundo o superintendente, apenas dois veículos estavam operando nessas oito linhas, significando que o passageiro tinha que esperar por mais de uma hora nas paradas, para poder utilizar o sistema. 

Ao ser notificada no dia 06 de janeiro pela Sttrans, a empresa colocou mais dois veículos em circulação e, a partir do dia 1º de março, quando começam as aulas na rede municipal de ensino, mais dois ônibus estarão operando nas oito linhas, e assim, gradativamente até que Santana possa contar com 10 coletivos, como reza o contrato de concessão. 

Além dos bairros que já estão sendo atendidos pelo sistema, uma das linhas vai beneficiar, a partir do dia 1º de março, os moradores dos bairros Elesbão, Matapi Mirirm, Vale das Bênçãos e Piçarreira, integrando, pela primeira vez, essas localidades ao centro de Santana. 

Passe escolar
Quanto ao passe escolar, o proprietário revelou que a dívida com o município, relativa aos últimos quinze meses, chega a quase R$ 1 milhão. Mas, ele garantiu que os estudantes santanenses não ficarão prejudicados, ainda mais diante da possibilidade de receber o que lhe é devido, mesmo que de forma parcelada. 

Outro assunto tratado na reunião diz respeito ao transporte clandestino de passageiros, feito por motos e veículos de passeio. 

Segundo o superintendente, a forma mais eficaz de coibir a ação dos clandestinos é intensificar a fiscalização através de blitz envolvendo os agentes de trânsito de Santana, do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE) e da Setrap. Josiney Alves também anunciou, para o mês de março, a implantação de onze novos abrigos, para atender aos usuários do transporte coletivo. 

Já o líder do governo municipal na Câmara de Vereadores disse que está elaborando o projeto “Adote um ponto”, que vai possibilitar a parceria entre a prefeitura e as empresas de Santana na reforma, construção e manutenção dos abrigos. 

Com o projeto, a empresa poderá usar os abrigos para divulgar a sua marca e os seus produtos.

Comentários

Postagens mais visitadas