Rotary Clube de Santana completa 30 anos

O Roraty Clube de Santana completou neste domingo, 18/12, três décadas de existência na segunda maior cidade do Amapá. Com certeza, em algum momento já tenha ouvido falar em Rotary International, ou Rotary Clube ou simplesmente em Rotary, mas não saiba ao certo o significado social de uma das entidades mais antigas da Modernidade. 

O Rotary Club é uma instituição composta de profissionais, em sua maioria, congregada de líderes das comunidades em que vivem ou atuam, fomentando um elevado padrão de ética ajudando a estabelecer a paz e a boa vontade no mundo, e que prestam serviços voluntários não remunerados em favor da sociedade como um todo ou beneficiando em casos específicos, pessoas necessitadas ou entidades que atuam também em favor de desamparados. 

Em Santana foi fundado no dia 18 de dezembro de 1986, com a presença de 25 pessoas, convidadas pelo Sr.º Walter Cabral, que na época presidia o Rotary Clube de Macapá. O primeiro presidente local foi o Dr.º Edinardo Maria Rodrigues. 

No ano seguinte – mais precisamente no dia 23 de maio de 1987 – receberia sua autonomia institucional, após adquirir sua carta constitutiva, entregue pessoalmente pelo governador do Distrito Rotário 472 do Rotary Internacional. 

Um símbolo Rotário
Para marcar a presença rotariana em Santana, foi construído em dezembro de 1993, um monumento dedicado à classe. Erguido na entrada da cidade – em frente ao Quartel do 4º Batalhão da Polícia Militar de Santana – o monumento é composto de uma pedra de manganês (pesando uma tonelada), contendo uma roda metálica de 24 dentes. 

A pedra manganífera – que foi doada pela ICOMI – é considerada até hoje, por muitos, como uma referência turística da cidade, principalmente por sua boa localização. 

"Dar a sí antes de pensar em sí"
Partindo da premissa de que toda pessoa que, tendo sido um pouco mais bem aquinhoada pela sorte, deve ser solidária com seus irmãos menos favorecidos, os rotarianos, através de sua organização, canalizam seus esforços, para que, num movimento coordenado, possam dar o máximo de rendimento aos recursos que conseguem juntar e aos serviços que prestam em caráter de solidariedade. 

O rotariano acredita que, pelo companheirismo que procura desenvolver entre as pessoas, contribuirá significativamente para criar novas amizades e muito mais boa vontade entre todos para a solução dos problemas que afligem o mundo. 

Seus Objetivos
O objetivo do Rotary é estimular e fomentar o ideal de servir como base de todo o empreendimento digno, promovendo e apoiando: 

1º) O desenvolvimento do companheirismo como elemento capaz de proporcionar oportunidades de servir; 

2º) O reconhecimento do mérito de toda ocupação útil e a difusão das normas de ética profissional;

3º) A melhoria da comunidade pela conduta exemplar de cada um na sua vida pública e privada, e 

4º) A aproximação dos profissionais de todo o Mundo, visando a consolidação das boas relações, da cooperação e da paz entre as nações. 

O rotariano orgulha-se da organização a que pertence e por isso mesmo, ele ostenta em sua lapela o distintivo que o identifica como pertencente a esta magnifica organização de prestação de serviços, via de regra beneficiando a quem sequer conhece, pela simples satisfação de ter contribuído com o seu esforço para que todos tenhamos um mundo melhor. 

Anualmente, cada gestão é simbolizada por um lema do Presidente Mundial, lema este que é sempre acompanhado por um logotipo alusivo, assim como sua eleição distrital, que elege a presidência da entidade todos os anos (período de mandato de um presidente).

Comentários

Postagens mais visitadas