A perda inesperada de uma Educadora

Professora foi vítima de infarto fulminante
Faleceu na madrugada desta quinta-feira (21/07), na cidade paraense de Moju – a cerca de 60km de distancia de Belém –, a professora Maria Dinalva Sacramento, que prestava serviços no quadro da educação municipal de Santana. 

Segundo informações de familiares, Dinalva teria sofrido um infarto fulminante na casa de parentes. A educadora estava de licença-prêmio, aproveitando o recesso do período das férias para visitar os familiares no Estado vizinho. A notícia foi repassada nas primeiras horas da manhã de hoje. 

Formada no curso de Mestrado em Ciência da Educação pela Universidade de Assunção (Paraguai), estava com 47 anos, era casada há quase duas décadas com o professor Maurilo Martins. 

Atuou em diversas escolas da rede estadual, como José do Patrocínio (distrito de Fazendinha) e Everaldo da Silva Vasconcelos (bairro Paraíso), prestando atualmente serviços técnico-pedagógicos no Centro de Educação Profissional Maria Salomé (no Distrito Industrial) e na Escola Municipal Padre Fúlvio, em Santana. 

“Ela foi uma pessoa muito amiga e uma excelente profissional da educação, sempre dedicado ao que fazia, deixando um legado de muito trabalho pela educação de Santana”, assim expressou o professor Rai Rosa, colega de Dinalva na Escola Municipal Padre Fúlvio. 

O corpo da professora está sendo velado na cidade de Moju (PA), onde será sepultado, a pedido da família.

Comentários

  1. Tive o privilégio de conhecer de perto essa pessoa tão especial que foi a Dinalva, pois, fizemos juntos algumas disciplinas do curso de graduação em Geografia nos idos de 1990, foi uma boníssima alma que nos deixou, porém encontra-se hoje descansando no pó da terra aguardando o retorno de Nosso salvador Jesus!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas