Diretor de UBS desmente boatos veiculados nas redes sociais

Diretor da UBS Portuária Amauri Barros.
O novo diretor da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Área Portuária de Santana Amauri Barros desmentiu nesta quarta-feira (18) o boato de que estaria envolvido na retirada indevida de materiais e equipamentos médicos, segundo informações veiculadas nas redes sociais durante todo o dia de ontem (17). 

Segundo Amauri, o episódio se refere durante a mudança da estrutura administrativa do antigo prédio onde funcionava a UBS na Área Portuária (sito à Avenida Amapá) para a nova UBS construída na Rua Cláudio Lúcio Monteiro, ao lado do antigo Centro de Diagnóstico da Mulher. 

“Como o (antigo) prédio não vem mais oferecendo condições físicas para atender a população, seguimos todo o procedimento e nos mudamos para um lugar mais adequado para continuar a atender a comunidade”, explicou Amauri, que ainda apontou o fato do antigo prédio ter ficado sem qualquer vigilância por menos de 24hs, culminando na invasão e saqueamento do local por vândalos. 

“Tomamos conhecimento de que o local foi todo depredado por vândalos e até as estruturas internas (divisórias e portas) chegaram a ser quebradas”, continuou Amauri, que providenciou a imediata retirada do restante de materiais que haviam ficado no local. 

De acordo com o diretor, a retirada de todo o material – pertencente ao patrimônio do município – contou com a presença dos responsáveis pelo Setor Patrimonial da Prefeitura de Santana, demonstrando a preocupação em zelar com os bens utilizados pelo Poder Público Municipal. 

Antigo prédio não oferecia mais condições físicas
para atender a população adjacente.
“Eu não estava presente durante a mudança, mas a equipe do (setor) patrimônio acompanhou toda a mudança e nada foi feito de maneira ilegal, como chegaram a divulgar que eu levei todo o material para minha casa. Isso não tem qualquer fundamento”, contestou Amauri, que tomou conhecimento da informação através de amigos. “Como podem insinuar algo que eu fiz se nem estive presente no local?” 

À frente da direção da UBS da Área Portuária há poucas semanas, Amauri já registrou um boletim de ocorrências sobre as acusações consideradas improcedentes, onde medidas legais serão tomadas sobre os responsáveis que divulgaram o boato. 

“Já conversei com meu advogado que tomará providências sobre a situação e descobri o motivo de estarem envolvendo a minha imagem dentro dessas mentiras”, adiantou. 

Reputação
Ex-conselheiro tutelar de Santana, Amauri Barros tem um currículo público conhecido na cidade, por acompanhar a justiça amapaense em ações comunitárias. 

A conta virtual que divulgou o envolvimento do diretor da UBS na retirada de materiais do patrimônio público foi tirada do ar ainda nesta quarta-feira (18) por seu administrador, sem qualquer explicação.

Comentários

  1. O q foi comentado nos jornais locais foi o abandono d medicações, objetos pefuro-cortantes(seringas) q trazem um risco imenso pra população q por ali trafegam e o principal documentações importantes dos pacientes, agora acredito sim q depois q fizeram a mudança pra outro prédio os vândalos acabaram com o restante q ali ficou, mas acredito q não foi eles q abandoram essas medicações no local e nem esses documentos, acho sim q faltou a mudança ser concluída, e outra coisa q fico revoltada é o estrago d medicamentos quantas pessoas será não morreram qd precisou desses medicamentos q ali foram encontrados abandonados e vencidos?? Mts vezes o povo chega com receita pra ver o remédio e mts dizem q não tem e agora presenciamos a quantidad com prazo vencido, fico revoltada com tudo isso.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas