Morre uma das vítimas de explosão em barco

Foi sepultado na manhã da última quinta-feira (24), o corpo do adolescente Fabiano dos Santos Machado, 17 anos, que morreu no dia anterior (23), na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital de Emergências de Macapá, onde ele estava internado desde o dia 18 passado. Fabiano era uma das cinco vítimas da explosão ocorrida a bordo do barco Anjo Gabriel, que estava ancorado em um porto na comunidade do Delta do Matapí, em Santana. 

A vítima teve queimaduras de 3º grau em cerca de 85% do corpo. Fabiano estava em coma induzido e respirava com a ajuda de aparelhos (ventilação mecânica). O menor recebia alimentação através de sondas. Ele teve o aparelho respiratório comprometido pelas profundas lesões causadas pelas queimaduras. Dos cinco feridos, dois receberam alta médica e outros dois seguem internados. 

O caso
O incêndio a bordo do barco Anjo Gabriel iniciou por volta de 13h. Segundo as primeiras informações, um curto-circuito no cabeamento de energia ligada de terra para o barco provocou a explosão. A embarcação estava carregada com vários tanques de combustível. 

As chamas se alastraram rapidamente atingindo o barco que estava amarrado ao lado. Explosões sucessivas foram ouvidas aumentando as chamas. Dois carros-pipa do Corpo de Bombeiros chegaram ao local para dar início ao combate às chamas. As embarcações foram soltas do trapiche. O segundo barco em chamas atingiu uma terceira embarcação que também estava carregada com combustível. 

“Foram várias explosões. As causas desse acidente ainda serão apuradas, mas pelo que já verificamos existe uma série de irregula-ridades”, disse o tenente PM Edilson do Batalhão Ambiental. 

Os feridos foram levados para o Hospital de Emergências de Macapá onde uma junta médica já aguardava para receber as vítimas.

Comentários

Postagens mais visitadas