Embarcação naufraga e deixa pelo menos 12 mortos

Foto da embarcação "Reis I" que naufragou no Amapá.
Imagem tirada horas antes do ocorrido.
Uma embarcação, denominada "Reis I", que acompanhava a procissão conhecida como Círio Fluvial, que conduz a imagem de Nossa Senhora de Nazaré pelas águas do Rio Amazonas, naufragou, neste sábado (12/10), na orla de Macapá nas proximidades do Igarapé de Pedrinhas. Doze pessoas que estavam no barco Reis Primeiros morreram após o naufrágio, de acordo com o Corpo de Bombeiros. Segundo informações do Carlos Rodrigo Neves de Oliveira, comandante da Capitania do Portos de Macapá, a embarcação conduzia 40 passageiros. O comandante do barco foi encontrado morto preso no maquinário da embarcação. 

O acidente ocorreu quando a embarcação retornava de Macapá para Santana após o fim da procissão. De acordo com a Capitania dos Portos, o órgão vai abrir um inquérito para investigar as causas do acidente. O laudo técnico, que vai mostrar as prováveis causas do acidente, deve ficar pronto em 90 dias. "O tempo estava bom. É uma embarcação nova, de 2010, que foi vistoriada recentemente. Nós fizemos a fiscalização na saída de Santana e não havia nenhuma irregularidade. Contamos 40 passageiros, que é a capacidade da embarcação. Eles tinham colete salva-vidas. Foi um infortuno", afirma Carlos Rodrigo. Apesar de o comandante descartar a possibilidade de superlotação do barco, bombeiros estimaram no local do acidente que 60 pessoas estavam a bordo. 

Como o acidente aconteceu enquanto a embarcação retornava a Santana junto com outros barcos que participaram do evento, a Capitania dos Portos vai tentar ouvir as testemunhas das outras embarcações e também os sobreviventes. "Ele (o barco) passou por uma região rasa. Não faço ideia o que pode ter acontecido. Temos que ouvir as testemunhas para saber o que realmente aconteceu. Pode ter sido um problema de navegação", explica. 

O comandante revelou que os primeiros passageiros a serem retirados da água receberam ajuda das pessoas das outras embarcações. "Como haviam muitos barcos ao redor, as pessoas que caíram na água foram socorridas pelos passageiros de outras embarcações", conta o comandante. 

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, divulgou nota em que lamenta o acidente e se solidariza com as famílias das vítimas. Ele decretou luto oficial de três dias no estado. 

A procissão O Círio Fluvival de Macapá começou por volta das 7h30 conduzindo a imagem de Nossa Senhora de Nazaré do município de Santana até Macapá. O percurso foi realizado em cerca de 2h30.

Comentários

Postagens mais visitadas