Com apoio do Ministério Público, Escola Piauí é agraciada com nova Sala de Leitura

Uma das pioneiras nas utilizações das Práticas Restaurativas no ambiente escolar, a Escola Municipal Piaui, localizada no distrito do Igarapé da Fortaleza, em Santana, inaugurou na manhã desta sexta-feira (12), uma sala de leitura que tem como fim estimular a leitura em um ambiente aconchegante e confortável para os alunos. 

A Escola, que vem introduzindo a metodologia das práticas Restaurativas em sua rotina diária, após ter sido qualificada pelo Projeto Escola Restaurativa, coordenado pelo Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas do Ministério Público do Amapá (MP-AP), no ano passado, vem vivenciando o empoderamento e a união que essa metodologia gerou no corpo docente e discente. 

A coordenadora do Núcleo, promotora de Justiça Sílvia Canela, esteve na cerimônia de inauguração e se mostrou satisfeita com os resultados que o Núcleo vem proliferando.

“Essa Escola começou o ano construindo toda sua organização, ensino e metodologia com utilizações de valores e princípios da Justiça Restaurativa. É muito gratificante acompanharmos os resultados desse educandário, que se apresenta, hoje, como pioneiro desses resultados. Percebemos com isso, duas realidades muito importantes para o ambiente escolar, que é a humanização e empoderamento auxiliando o ambiente na união e fortalecimento dos laços, tanto dos professores, quanto dos alunos”, ressaltou Silvia Canela. 

A Diretora da Escola Erica Patrícia Dias Gomes agradeceu ao MP-AP pelo suporte e apoio dado ao estabelecimento de ensino. 

“Hoje nós estamos realizando essa inauguração que é um sonho de muitas Escolas. Agradecemos o apoio de todos os envolvidos, e o curso disponibilizado pelo MP aos nossos gestores e alunos. Convidamos neste dia, os amigos e instituições para celebrarem conosco este momento”, agradeceu.

Comentários

Postagens mais visitadas