Três cidades do Amapá sentem efeitos de terremoto de magnitude 7,3 registrado na Venezuela

Prédios são evacuados após tremor de terra
Um terremoto de magnitude 7,3 que atingiu a costa norte da Venezuela no final da tarde desta terça-feira (21/08), segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), também foi sentido na região Norte do Brasil, inclusive, em municípios como Laranjal do Jari, Santana e Macapá. 

De acordo com o coronel Janary Picanço, da Defesa Civil do Amapá, o Ciodes recebeu oficialmente três chamados de moradores de prédios nos bairros Santa Rita, Laguinho e Pacoval. 

Estudantes da faculdade Fabran, no Laguinho, evacuaram o prédio assim que o tremor foi sentido dentro das salas de aula. 

“Começou a balançar e entramos em desespero. Pensávamos que o prédio iria desabar. Foi um desespero total”, disse o estudante Alexandro Veiga, de 21 anos. 

Em Laranjal do Jari, o prédio onde funciona uma faculdade particular sofreu rachadura nas paredes. 

O coronel Janary também declarou já ter solicitado informações dos laboratórios nacionais responsáveis pelo acompanhamento desses fenômenos, além de já ter mantido contato com o USGS dos Estados Unidos, que registrou o terremoto que teve o epicentro na cidade de Guiria, sacudindo edifícios em Caracas, capital da Venezuela. 

“Estamos aguardando os relatórios para poder descrever os efeitos do terremoto aqui no Amapá”, concluiu o coronel da Defesa Civil.

Informações postadas no Diário do Amapá

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas