Santana registrou três homicídios em menos de 18 horas

José e Sanderlei trabalhavam como mototaxistas
Desde o início da tarde de ontem (17) que a segunda maior cidade do Amapá vem sentindo o ar de insegurança e medo. Foram três crimes de grande repercussão que já abalaram a opinião pública da cidade com pouco mais de 110 mil habitantes. 

O primeiro crime aconteceu no início da tarde desta quinta-feira (17), quando o mototaxista Sanderlei Duarte, de 31 anos, foi morto com vários tiros feitos por um elemento que o seguia numa outra motocicleta. O fato ocorreu numa travessa localizada no bairro Provedor II. 

Os dois suspeitos que conduziam a moto usada no crime foram identificados pelas autoridades, que segue com as investigações em sigilo. 

No segundo homicídio, o palco escolhido foi a esquina da Praça Cívica de Santana, um dos pontos mais conhecidos e movimentados da cidade, e o ato teria se consumado por arma branca. 

O homicídio aconteceu no bairro Hospitalidade
Por volta das 21h dessa quinta-feira (17/08), um rapaz identificado pelo nome de José Reinaldo Assis, de apenas 17 anos, teria se envolvido numa discussão quando recebeu pelo menos duas facadas de um elemento que não teve o nome divulgado pelas autoridades. 

José estaria prestando serviço de mototaxista, e estava aguardando no cruzamento da Avenida José de Anchieta com a Rua Ubaldo Figueira quando teria se envolvido numa discussão causado por uma possível brincadeira. 

José foi atingido com uma facada na altura do peito, vindo a óbito momentos depois. O autor do crime se evadiu do local momentos antes da chegada da Polícia Militar. 

Já o terceiro homicídio aconteceu na manhã dessa sexta-feira (18) no bairro Hospitalidade onde três pessoas teriam se desentendido durante uma bebedeira, resultando na morte de um homem (nome de Getúlio Freitas) e deixando outros dois feridos, tudo sob o uso de arma de fogo.

Comentários

Postagens mais visitadas