Estudante tem parte da orelha arrancada por pit bull em praça de Santana

A estudante Andreza de Souza, 18 anos, foi vítima de um ataque de um cachorro da raça pit bull, na noite de quarta-feira (23/08), em Santana. A jovem teve parte da orelha arrancada pelo animal e sofreu um ferimento que levou 18 pontos. 

Por volta de 19h40, a estudante voltava pra casa, na Área Comercial, depois de uma aula de zumba na Praça do Fórum, quando sofreu o ataque. 

“Eu me abaixei pra amarrar o cadarço do sapato e o cachorro se aproximou. Eu fiz um carinho e tentei afastá-lo de mim, ele reagiu e me atacou”, descreveu. 

O animal mordeu a orelha esquerda de Andreza e, segundo ela, fez movimentos como se quisesse arrancar o membro. Ela ainda teve outros dois ferimentos no rosto provocados pelo cão. 

A jovem disse que o animal estava solto na praça, mas o dono estava próximo. Mesmo assim, ele não teria feito nada para socorrer a estudante. 

“Eu que me virei pra tirar o cachorro de cima de mim. Depois disso, o dono saiu correndo. Algumas pessoas que me ajudara até a chegada do socorro médico”, desabafou. 

Depois do susto, Andreza busca meios de reparar o dano sofrido, punir o dono do cachorro e evitar que outras pessoas sejam atacadas. A praça é muito frequentada por crianças, adolescentes e idosos. 

Mas, segundo a jovem, é comum pessoas com cachorros soltos no local, inclusive da raça pit bull, que sequer usam focinheira. 

Na tarde desta quinta-feira (24), ela foi a uma delegacia de polícia registrar um boletim de ocorrência para que o caso seja investigado. No entanto, não conseguiu fazer o registro porque precisa fornecer informações sobre o dono do animal, que fugiu após o ocorrido.

Informações do Correio de Santana

Comentários

Postagens mais visitadas