Como parte de novo plano urbanístico, faixas de concreto da Adálvaro Cavalcanti são retirados

O Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Santana vão transformar a Rua Adálvaro Cavalcante, que corta vários bairros da área central da cidade, em uma verdadeira via modelo. 

Os serviços – iniciados na última segunda-feira (17/07) – fazem parte do projeto de mobilidade urbana de Santana, que contempla 23,2km de ruas e avenidas, com a construção de sistema de drenagem de águas pluviais, pavimentação, calçamento, meio fio, sinalização horizontal e vertical e, em algumas artérias, a delimitação de ciclovias. 

Alguns trechos da Adálvaro Cavalcante já sofreram intervenções da parceria Prefeitura/Governo, sendo necessária a retirada dos verdadeiros blocos de concreto que delimitam a ciclovia, cuja implantação se deu no governo do PT, o que gerou muitas críticas por parte dos moradores e comerciantes da artéria. 

De acordo com o secretário de Obras Públicas e Serviços Urbanos da Prefeitura de Santana (Semop), Juscelino Alves, a Adálvaro Cavalcante terá calçada no centro e, nas laterais, ciclovias de 1,5 metros delimitadas por tachões luminosos, separando-os das pistas de rolamento e pintadas de vermelho. 

O projeto prevê, ainda, a delimitação de espaço para estacionamento nas laterais da artéria, alem do calçamento e drenagem. 

“Ficará parecida com a Rua Ubaldo Figueira, para que, realmente, sejam cumpridas com todas as especificações técnicas exigidas em projetos de mobilidade urbana”, acrescentou o secretário da Semop. 

Por outro lado, Juscelino Alves lembrou que a Adálvaro Cavalcante sofreu intervenção da Prefeitura nos meses de maio e junho. 

Foi para fazer correções no sistema de drenagem de águas pluviais, cujas chamadas bocas de lobo e espinhas, que possibilitam o escoamento das águas pluviais foram maquiadas pela gestão que realizou a obra. 

“Só para se ter uma ideia, nós detectamos que várias bocas de lobo não foram construídas e que existiam somente as tampas, fazendo com que água da chuva ficasse empossada nas esquinas das vias, porque não tinha para onde correr”, ressaltou Juscelino Alves. 

Após a conclusão da obra na Adálvaro Cavalcante os moradores certamente vão voltar a sentir orgulho em residir na artéria, destacou o secretário, adiantando que já faz parte da rotina da Semop e do próprio prefeito Ofirney Sadala a fiscalização constante das obras de mobilidade urbana, que estão sendo executadas em Santana.

Ascom/PMS

Comentários

Postagens mais visitadas