“Chapolin”: Dupla que usava aparelho para inibir disparo de alarmes de carros é presa em Santana

Duas pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (09) na cidade de Santana, por suspeita de furto de objetos em veículos. 

A investigação apurou que a dupla usava aparelhos conhecidos como “chapolin”, quem inibem o acionamento de travas e alarmes dos carros. 

O homem e a mulher presos estavam em um veículo que tinha no porta-malas vários objetos levados de vítimas, como celulares, bolsas, tablets, entre outros objetos. Com o golpe, a dupla também teria furtado cinco revólveres de carros de policiais. 

video
A investigação, de acordo com o delegado Leonardo Brito, identificou 12 vítimas, mas ele acredita que a quantidade de lesados seja muito maior. A apuração do caso foi feita pela 6ª Delegacia de Polícia juntamente com a Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Decipe).

“Têm oito aparelhos (chapolin) aqui. Eles faziam levantamento do veículo, seguiam a pessoa, e quando ela saía para fazer as compras e travava o veículo, eles usavam o bloqueador", detalha o delegado Leonardo Brito, que gravou um vídeo explicando como funciona o dispositivo, semelhante ao controle usado em portões eletrônicos. 

Ao ser acionado próximo a um veículo, o aparelho bloqueia o sinal do alarme e impede que as portas sejam trancadas pelo controle remoto da chave. 

Extraído do site G-1 Amapá

Comentários

Postagens mais visitadas