Transporte Urbano: Contrato de concessão da Sião Thur expira nos próximos dias

Sião Thur explora as linhas urbanas de Santana
O contrato firmado entre a empresa de ônibus Viação Policarpos Ltda e a Prefeitura de Santana, para a prestação no serviço de transporte de passageiros na área urbana do município, vai encerrar no próximo dia 15 de abril. 

A empresa – também conhecida pela razão social de “Sião Thur” – assumiu a exploração das linhas de ônibus da cidade em setembro de 2005, quando antes vinha sendo realizado pela empresa “São Judas Tadeu”, que entregou o monopólio do serviço por não ter mais condições operacionais e financeiras para continuar à frente das referidas linhas.

De acordo com o contrato formalizado na época, a Sião assumiria pelo menos 12 linhas urbanas, colocando dez coletivos para cobrirem os itinerários, em sua maioria, para favorecer a classe estudantil, que já ultrapassava a casa dos 10 alunos estaduais e municipais. 

No entanto, do acordo firmado, a empresa veio cumprindo somente30% do estabelecido, com a circulação de três ônibus que atendiam os mais de 100 mil habitantes. 

Pelo contrato, 10 coletivos para atender a cidade
No início de 2017, a empresa foi notificada pela Superintendência de Transportes e Trânsito de Santana (STTrans) para cumprir o que foi determinado em contrato, sendo colocado outros quatros veículos no serviço de transporte coletivo desde o início do mês de janeiro. 

Nova Licitação
Segundo o superintendente da STTrans Josiney Alves, um novo processo licitatório pode ocorrer caso haja o apoio por parte do gabinete do Executivo Municipal. 

“Como não existe uma central de licitação em nosso órgão, encaminhamos um ofício ao gabinete do prefeito Ofirney comunicando o fim do contrato da Sião com o município, para que se faça necessário uma avaliação da situação, e se preciso, um novo processo licitatório”, informou Josiney. 

Para o superintendente, a decisão de manter ou não a mesma empresa de ônibus no serviço urbano de Santana ficará a cargo do Executivo, apesar da empresa está atendendo parcialmente aos anseios sociais. 

“Ela (a empresa de ônibus) tem retomado com várias linhas desde o início do ano, mas infelizmente tem essa questão do encerramento do contrato que temos que respeitar e esperarmos uma decisão direta da prefeitura”, finalizou.

Comentários

Postagens mais visitadas