Caixa: Comissão de Vereadores pretende investigar atendimentos bancários

Quem passa diariamente pela Rua Salvador Diniz, quase de esquina com a Rua Dom Pedro (Centro de Santana), já deve ter observado uma extensa fila de pessoas que transcorre ao lado de uma agência bancária da Caixa Econômica Federal (CEF) ainda nas primeiras horas do dia. 

São inúmeras pessoas que buscam informações e atendimento na única agência bancária da CEF no segundo maior município do Estado. Em sua maioria, os saques de FGTS e recebimento de benefícios sociais são os principais assuntos procurados. 

“Cheguei aqui não era nem 7h da manhã e já tinha mais de 30 pessoas aguardando na fila, já imagino quantas pessoas ainda vão ter que chegar”, disse o carpinteiro Raimundo Carvalho, que compareceu na manhã da última quarta-feira (05) na agência da CEF para sacar seu beneficio previdenciário. 

Para a surpresa do carpinteiro – que recebe um aposento devido prestação de 35 anos numa empresa paraense que o concedeu o benefício em 2010 – seria preciso atualizar suas informações cadastrais na agência para que pudesse continuar recebendo a aposentadoria. 

“Sabe Deus que horas eu vou sair daqui”, disse pensativo. 

Comissão Legislativa
Situações como essas que atravessou o carpinteiro que já se prevê a criação de uma comissão na Câmara de Vereadores de Santana para acompanhar e investigar o processo de atendimento oferecido pela CEF na cidade. 

“Já está em andamento na Câmara de vereadores a criação de uma comissão Especial para apurar eventuais irregularidades nos atendimentos ao público e requerer da Supervisão Geral das Agências dados sobre a quantidade de clientes que estão sendo atendidos e verificar a necessidade de novas agências, terminais, caixas eletrônicos de atendimento ao público”, explicou o vereador Drº Fabiano. 

Como presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) daquela Casa de Leis, o vereador já vinha observando há tempos as inúmeras filas que são vistas do lado de fora da agência, que diariamente recebe centenas de pessoas que buscam um atendimento exclusivo daquele órgão bancário. 

“Constatamos diariamente as enormes filas e o déficit de atendimento dessa agência aqui em Santana, agora vamos ver a forma que esses atendimentos estão sendo tratados”, descreveu. 

A formalização dos membros que vão integrar essa comissão legislativa deverá ser discutida nas próximas sessões da Câmara de Vereadores de Santana, para que de imediato seja agilizado os trabalhos em campo.

Comentários

Postagens mais visitadas