Antiga rota de ônibus, a avenida que hoje é uma das piores vias de Santana

Avenida 15 de Novembro: trecho intrafegável
Quem trafega pela Avenida 15 de novembro, entre as Ruas Everaldo Vasconcellos e João Leite Coutinho, no bairro Fonte Nova, nem imagina que esse trecho já esteve no mapa de itinerários dos ônibus urbanos e até intermunicipais da cidade de Santana. 

Além da quantidade incalculável de buracos no trecho – que se somam com o extenso lamaçal das laterais da via – existem os entulhos e lixos acumulados em algumas calçadas de imóveis, o que muitas vezes o condutor (esteja ele de moto ou de carro) a realizar as mais cautelosas e arriscadas manobras em seus veículos para não sofrerem danos materiais. 

Na via, buraqueira se entende por mais de 300m
“A gente tenta atravessar o trecho no maior cuidado, para não bater o carro em um desses buracos, mas acaba acontecendo”, relata o representante comercial Josias Monteiro, que trafega toda semana do referido trecho, indo deixar mercadorias de sua empresa em dois pontos comerciais que ficam nas proximidades da via. 

Além do vendedor comercial, pessoas que residem no trecho são os que mais sofrem com essa situação, pelo fato de usarem diariamente a via, sofrendo mais ainda com a chegada do período do inverno. 

“Com o início dessas chuvas, temos que dar um jeito de atravessar pela rua para chegar mais rápido na parada de ônibus, se não, a gente perde a viagem por causa dessas condições que ela se encontra, o que nos obriga a ‘cortar’ caminho”, disse a universitária Luanna Ferreira, que mora na descida da citada avenida. 

A acadêmica ainda relatou que no horário da noite a precariedade é notória na área, onde a mesma já testemunhou vários acidentes de motos e bicicletas, onde seus condutores foram surpreendidos pela existência inesperada da buraqueira no local. 

“Como a maioria vem dirigindo pela (Rua) Everaldo Vasconcelos, eles dobram no trecho sem saberem que ela tá cheia de buracos e intrafegável, daí vem aquela surpresa deles caírem em um desses buracos. É vergonhoso demais chegar a esse ponto”, lamentou.

“Pior rua da cidade”
Para amenizar a situação, moradores colocaram armações de madeira em alguns buracos da via, como forma de sinalizar para os riscos visíveis que a avenida oferece, porém, esperam que o Poder Público – tanto o Municipal ou o Estadual – tome providências sobre a situação, já que nas imediações houve a realização de uma obra pública (um calçamento) que integra um Plano de Mobilidade Urbana que vem sendo desenvolvido pelo Governo do Estado desde 2015. 

“Já vieram uns técnicos fazer vários levantamentos das condições desse trecho. Já tiraram fotos e até filmaram, dizendo que iriam voltar para ajeitar a rua, mas até agora nada. Devem existir outras ruas que também precisam de reparos, mas certeza acredito que essa deva ser a pior rua de Santana”, afirmou o autônomo Benedito Fernandes, que reside no bairro há mais de duas décadas. 

Na manhã desta sexta-feira (17), o blog entrou em contato com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano de Santana (Semdures) que recebeu informações de uma funcionária daquela pasta – que preferiu não se identificar – de que as obras e serviços de limpeza e terraplanagem direcionados aos bairros Fonte Nova e Fé em Deus estarão sendo executados ainda nesse semestre, mas não definiu uma data para iniciar tais trabalhos.

Comentários

Postagens mais visitadas