Mais de R$ 1 milhão são destinados para obras no bairro Fonte Nova

Numa assembleia realizada nas dependências da Paróquia São Pio de Pietrelcina, no bairro Fonte Nova, representantes da Associação de Moradores do bairro trataram de diversos assuntos relacionados ao âmbito social do bairro. 

Entre as pautas discutidas e apresentadas, houve uma Emenda Participativa de 2015, envolvendo recursos a serem aplicados em serviços e obras para esse bairro. 

Com a presença da Deputada Federal Marcivânia Flexa (PCdoB), foi debatido com os moradores o local para a construção do Centro Comunitário do bairro, onde já estão reservados cerca de R$ 400 mil – provenientes de emendas da deputada santanense – que serão aplicados em pelo duas importantes obras para o bairro. 

“Na verdade são duas emendas que somadas passam de R$ 1 milhão de reais, destinadas ao Centro Comunitário e na reformas de passarelas existentes no bairro”, explicou a deputada, que deixou claro que tais valores estavam destinados para uso de melhoramento no bairro Fé em Deus, porém, devido razões consideradas burocráticas, passou para o uso de obras situadas no bairro Fonte Nova. 

Centro Comunitário
Na ocasião, foi decidido o local exato para a construção do Centro Comunitário do bairro – a ser erguido no cruzamento da Avenida das Nações com a Rua Walter Barbosa, onde no mesmo local já vinha sendo erguido uma estrutura de prédio há mais de 15 anos, mas acabou sendo paralisada por questões desconhecidas. 

“Ainda não há uma previsão do início das obras desse Centro, mas já sabemos que o dinheiro será usado somente para esses fins”, ressaltou Felipe Santos, presidente da Associação de Moradores do Bairro Fonte Nova. 

Segundo Felipe, a área destinada para a construção do Centro possui a extensão de dois terrenos, não sendo nenhum legalmente titulado, mas que terão uma atenção mais coerente por parte do Executivo Municipal de Santana. 

“O prefeito (Ofirney Sadala) se prontificou de analisar a situação desses dois terrenos, onde irá fazer a doação de um deles para o Governo do Estado que irá usa-lo para a construção do Centro”, ressaltou Felipe. 

Passarelas
Outra Emenda que também foi discutida se refere à reformas das passarelas situadas no final da Avenida 15 de novembro, que cruzam com as Travessas L-6 e L-7, que passarão por uma nova readaptação física e material. 

Essa Emenda – no valor de quase R$ 1 milhão será usado na reconstrução das pontes localizadas no final da Avenida (15 de novembro) que agora passarão a ser de concreto. 

“O Governo do Estado já providenciou o processo licitatório dessa obra, que possivelmente deve começar no final do mês de março, com possível previsão de entrega para o segundo semestre desse ano”, disse Felipe.

Comentários

Postagens mais visitadas