Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia no Amapá

Jesus Pontes (esq.), Eliane Superti (centro) e Professor Walter Lima
Com o crescimento do agronegócio no estado, Universidade Federal do Amapá – UNIFAP, anuncia articulação para a implantação do Instituto Rural do Amapá com os cursos de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia durante reunião que contou com a participação da Associação dos Criadores do Amapá – ACRIAP, ocorrida nesta segunda, 06/02, nas dependências da universidade. 

A proximidade da saída do Amapá de zona de restrições sanitárias pela febre aftosa e o aumento gradativo da escala da produção de grãos, abrem grandes possibilidades de atração de investimentos para a criação de novos negócios e a abertura de postos de trabalho para mão-de-obra qualificada voltada ao setor primário do estado. 

Segundo a Reitora da UNIFAP, Eliane Superti, “ a universidade, além do papel de formar em nível superior, precisa ser uma agência de desenvolvimento, sobretudo em um estado como o Amapá. Neste sentido, o despontar de uma área de potencial para o estado, necessariamente deve ser acompanhada pela profissionalização e produção do conhecimento e tecnologia para que a universidade preencha esta lacuna existente na economia e sociedade”. 

A articulação na busca de aglutinação de forças políticas é de extrema importância para o sucesso da ação que pode se concretizar com a sensibilização e apoio da classe política amapaense e instituições públicas e privadas ligadas ao setor produtivo. Superti disse que “instituições como a ACRIAP e APROSOJA são essenciais em todo o processo de desenvolvimento agropecuário, desde a formulação de um projeto pedagógico que leve em consideração as demandas específicas do estado, na formação de recursos humanos qualificados; na extensão, como o caso do acompanhamento da aftosa; até a formação de pesquisas”. 

Para Jesus Pontes, Presidente da ACRIAP, “o investimento de R$ 72 milhões necessários para a implantação do Instituto Rural do Amapá, que abrigará os cursos de Zootecnia, Agronomia e Medicina Veterinária, será exponencialmente multiplicado em resultados econômicos e sociais para o Amapá por se tratar de um projeto pensado estrategicamente pela Universidade Federal do Amapá o qual ultrapassa a produção acadêmica, mas dará sustentação a um consistente projeto de Estado, onde a produção de riqueza e avanços na qualidade de vida são uma premissa”. 

O próximo passo será a realização da audiência pública que acontecerá na Assembleia Legislativa do Amapá, às 8h desta sexta-feira, 10/02, onde a Reitora Eliana Superti fará exposição destinada a gestores, deputados estaduais, bancada federal e setor produtivo do Amapá. 

Juan Monteiro
Administrador e Jornalista

Comentários

  1. Você sabe me unfomar informar o resultado? Até agora não saiu a pauta no site da assembleia

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas