Marinha do Brasil homenageia autoridades do Judiciário amapaense

Agraciados com título de “Amigo da Marinha”, na manhã desta sexta-feira (16/12), o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Roberto Alvares, e o promotor de Justiça André Luiz Araújo, coordenador do programa MP Comunitário, receberam a medalha e diploma das mãos do comandante da Capitania dos Portos do Amapá, capitão de Fragata e capitão dos Portos Aderson de Oliveira Caldas, e do presidente da Sociedade Amigos da Marinha (Soamar), Glauco Cei, respectivamente. 

A homenagem do 4º Distrito Naval da Marinha do Brasil é em reconhecimento ao trabalho realizado, em 2016, por meio do convênio que possibilitou a execução do programa “Rios de Cidadania” levando, por meio do Navio-Auxiliar Pará, serviços de saúde, Justiça e cidadania às comunidades do arquipélago do Bailique, município de Macapá, e do Mazagão, dos furos do Ariramba e Ajuruxi. 

Na cerimônia, foi lida mensagem do vice-almirante Alípio Jorge Rodrigues da Silva, em um dos trechos destacava a importância do evento: “Aos novos amigos da Marinha apresentamos as nossas boas vindas a este seleto grupo e os votos de continuado êxito e muitas felicidades. Que as senhoras e os senhores, com quem comungamos de importantes valores, ideais e interesses para o futuro do Estado e do Brasil, aceitem a homenagem e o reconhecimento de todos nós pelo profícuo trabalho em favor de nossa instituição e das demais atividades marítimas”. 

André Araújo destacou, antes de tudo, que é uma honra ser um colaborador da Marinha do Brasil que é uma instituição de extremo respeito que defende o país, diariamente. “Espero ser merecedor desta homenagem e poder continuar contribuindo com o trabalho do 4º Distrito Naval junto com o Ministério Público do Amapá. Este ano de 2016 fizemos um belíssimo trabalho por meio do programa Rios de Cidadania e esperamos, em 2017, continuar fazendo com que renda muitos frutos porque fortalece as instituições do Amapá, como o MP-AP e o Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), bem como a Marinha do Brasil, para servir o povo que é nosso objetivo principal”, comentou o promotor de Justiça. 

Glauco Cei falou sobre o trabalho social desenvolvido pelas Forças Armadas do Brasil que é forte, mas que pode ser potencializado com apoio da sociedade como um todo, principalmente pelas instituições públicas que prestam serviço à população. 

“Nós tivemos este ano o exemplo da missão do NA Pará em convênio com o Tribunal de Justiça e o Ministério Público, o qual esperamos que fique perene porque o maior beneficiado de tudo é a população”, ressaltou o presidente da Soamar. 

“A Marinha do Brasil mais uma vez engala-se para receber, em uma de suas organizações militares, destacadas personalidades, as quais, em virtude de suas ímpares contribuições em favor da nossa secular instituição passam a ostentar o título de “Amigo da Marinha”, saudou o comandante Aderson Caldas fazendo a apresentação dos homenageados. 

O PGJ do MP-AP agradeceu o reconhecimento que deve ser compartilhado com todos da instituição que contribuíram para o sucesso das ações realizadas por meio Amigos da marinha do programa Rios de Cidadania. 

“É grande a nossa satisfação em fazer parte deste seleto grupo, e maior ainda por merecer este titulo de tão importante e valorosa instituição como a Marinha do Brasil face à nobre missão de levar um pouco de cidadania para essas populações distantes e desassistidas de serviços públicos”, destacou Roberto Alvares. 

A diretora-geral do MP-AP, promotora de Justiça Ivana Cei, que já possui o título, prestigiou o condecoração com a medalha “Amigo da Marinha”, em 2016, das sete personalidades do Amapá, indicadas e, posteriormente aprovadas pelo comando do 4º Distrito Naval. 

Além dos membros do MP-AP, receberam a homenagem a presidente do Tjap, desembargadora Sueli Pini; o superintendente regional da Polícia Federal no Amapá, Raimundo Soares de Freitas; o juiz de Direito Rogério Funfas; e as instituições: 34º Batalhão de Infantaria e Selva – Batalhão Veiga Cabral e Guarda Municipal de Macapá, representadas na cerimônia pelos seus respectivos comandantes, tem-coronel Robson Matos e o tem-coronel Iranildo Macedo. 

As autoridades homenageadas passam a fazer parte do grupo de 1.605 Amigos da Marinha distribuídos pelos Estados de jurisdição do Comando do 4º Distrito Naval. 

Alunas da rede pública municipal de ensino receberam certificados de participação e premiação pela participação com destaque na Operação Cisne Branco 2016. 

Fonte: Ascom/MP

Comentários

Postagens mais visitadas