Vereador reeleito em Santana é cassado pela Justiça Eleitoral

Ver. Anderson Almeida (DEM): cassado por 08 anos
O vereador santanense Anderson Almeida (DEM), reeleito ao cargo do legislativo local nas últimas eleições, com mais de 1.200 votos válidos – teve o seu registro de candidatura cassado pela Justiça Eleitoral do Amapá. 

A sentença foi expedida na última quarta-feira (16/11) pelo Juiz Normandes Antônio de Souza, da 6ª Zona Eleitoral do município de Santana, mas somente divulgada na tarde desta sexta-feira (18). 

De acordo com a sentença, o juiz eleitoral não cassou o registro do candidato por crime de captação ilícita de sufrágio, mas sim, pelo uso abusivo do poder econômico. 

A denúncia havia sido recebida pelo Ministério Público Estadual no último dia 27 de setembro, apontando a participação material e financeira no edil na construção de um galpão de estrutura metálica na região da Área Portuária de Santana (no local também denominado “Porto do Açaí”), em meados do mês abril e maio deste ano. 

O referido galpão serviria para proteger as pessoas do sol e da chuva. Os serviços e a estrutura metálica custaram R$ 18 mil, pagos pelo vereador. 

O juiz Normandes ficou entendido que a construção do novo galpão – praticamente coordenado pelo vereador em questão – desequilibrou as eleições 2016 em termos de votação, decidindo pela cassação do registro da candidatura do edil e pela inelegibilidade pelos próximos 08 anos. 

A assessoria jurídica do vereador já adiantou que providências legais serão tomadas ainda na próxima para garantir a integridade política do edil. 

Caso a cassação se mantenha de maneira definitiva pela justiça eleitoral, a vaga será assumida pelo suplente Adelson Rocha, que obteve quase 1.000 votos. Anderson foi o 7º vereador mais votado nas eleições de 2016, contendo 1.208 votos.

Comentários

Postagens mais visitadas