Estatística aponta redução de mais de 30% de infrações no trânsito de Santana

A Superintendência de Transporte e Trânsito de Santana (STTrans), realizou e concluiu no início desta semana a estatística de notificações de infrações de trânsito, foram 584 notificações de infrações cometidas nas vias de Santana por condutores de carros e motos no período de janeiro a agosto deste ano, uma diminuição de mais de 33%, comparado aos mesmos período do ano de 2015, que foram registradas 876 notificações. 

Isso é um reflexo de que nossos condutores estão mais atentos na sinalização, nas ruas e avenidas de Santana, esse reflexo é também positivo com relação na diminuição de acidente e morte no transito. 

O resultado positivo vem das ações preventivas e repressivas realizadas na cidade, essa redução tão grande e importante para a nossa população, só foi possível com as grandes ações realizadas em conjunto da Policia Militar, STTrans e Detran. 

As infrações cometidas com mais frequências são: A prática de desobedecer às autoridades de transito artigo 195 CTB, estacionamento proibido artigo 181 CTB, dirigir falando ao celular artigo 252 CTB, deixar de usar o cinto de segurança artigo 167 CTB, veículos sem condições de trafegabilidade artigo 230 CTB. 

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o condutor antes de ser notificado, tem o direito de defesa e pode entrar com recurso caso tenha certeza que não cometeu a infração, caso tenha cometido ainda poderá paga a multa antes do vencimento com 20% de desconto, (artigo 284 do CTB). 

A imprudência e a má condução são as principais responsáveis pelos acidentes de trânsito. O fato é que a maioria desses acidentes é causado por falta de atenção ou uma distração, na maioria das vezes causado pelo uso de um celular no transito. 

Todos os dias Agentes de Trânsito da STTRANS e Policiais Militares da CPTRAN circulam pelas principais ruas e avenidas da cidade, orientando e fiscalizando a conduta dos motoristas. 

Para o Coordenador da STTrans, Alexandro Soares, a presença dos Agentes de Trânsito e Policiais Militares nas principais ruas e avenidas na cidade é de extrema importância para que os motoristas se sintam inibidos a cometer delitos. 

De acordo o Superintendente Juraci Juca, o dinheiro arrecadado com as multas é revertido para o próprio trânsito da cidade. “Na fiscalização e na melhoria de sinalização das vias, em equipamentos para a fluidez do trânsito da cidade e ou em campanha educativa de trânsito (blitz educativas e palestra escolares)”.

Comentários

Postagens mais visitadas